Biologia

Unicelulares, o que são? Definição, principais características e exemplos

Unicelulares são seres formados por uma única célula. Apresentam estrutura simples e são classificados como autótrofos ou heterótrofos.

Atualizado em 15/07/2020

Todo organismos vivo, com exceção dos vírus, é formado por células. As células são responsáveis pela funcionalidade e estruturação dos seres vivos. Assim, dentro da classificação dos organismos vivos, temos os unicelulares e os pluricelulares.

Em síntese, os seres unicelulares, como o próprio nome sugere, são aqueles formados apenas por uma célula. Neste caso, uma única célula desempenha todas as funções vitais para a sobrevivência do ser vivo. Por serem formados por uma célula, os organismos unicelulares possuem estrutura muito simples.

Além disso, acredita-se que tenham sido os primeiros seres vivos a habitarem o planeta, por conta da simplicidade na estrutura. Dentre os exemplos mais comuns de organismos que possuem apenas uma célula temos as bactérias, os protozoários, algas e alguns tipos de vírus.

Então, vamos entender melhor a funcionalidade dos seres formados por uma célula?!

Características dos seres unicelulares

Os organismos que possuem apenas uma célula desenvolvem todas as atividades de sobrevivência sem precisar de mais células. Assim, atividades como respiração, alimentação e excreção são realizadas por uma única célula. Dessa forma, organismos como arqueobactérias, bactérias, algas, protozoários e alguns tipos de fungos são formados apenas por uma célula.

Unicelulares, o que são? Definição, principais características e exemplos
Espécie de alga marinha. olhos-de-marujo, maior organismo unicelular

Esses organismos podem ser divididos em dois grupos, os procariontes e os eucariontes. Ou seja, os seres procariontes – bactérias e cianobactérias – não possuem um núcleo celular totalmente formado. Sendo assim, o material genético é encontrado no citoplasma.

Já os seres eucariontes possuem um núcleo bem formado, onde grande parte do material genético é encontrado. Além disso, apresentam a formação da membrana plasmática. Protozoários e alguns tipos de algas e fungos são classificados como organismos eucariontes.

Locomoção unicelular

Os seres que possuem apenas uma célula podem ser móveis ou não. Como exemplo dos seres que não se movimentam, temos as algas verdes. Essa divisão de clorófitas faz parte de ambientes marinhos, sendo comum também em solos e lugares com água doce.

Unicelulares, o que são? Definição, principais características e exemplos
Bactéria com flagelo, utilizado na locomoção

Já os seres unicelulares que se locomovem utilizam flagelos e cílios ou se movem por meio de movimentos ameboides. Neste caso, os flagelos são estruturas longas, que se movimentam por meio de ondulações. Assim, organismos como os protozoários, algas e bactérias possuem flagelo para se locomoverem.

Agora, o movimento ameboide ocorre por meio dos pseudópodes, um tipo de extensão fluída, que se move a partir da projeção na direção do movimento. Esse tipo de locomoção é característico das amebas.

Alimentação e reprodução dos seres unicelulares

Em relação à alimentação, os seres unicelulares são classificados como heterotróficos ou autotróficos. Ou seja, os seres heterotróficos são aqueles que não conseguem produzir o próprio alimento e necessitam dos seres autotróficos para se alimentar.

Já os seres autotróficos, conseguem produzir o próprio alimento. A produção ocorre por meio de processos químicos naturais, como a fotossíntese e a quimiossíntese.

Unicelulares, o que são? Definição, principais características e exemplos
Exemplo de seres protozoários

No caso da reprodução, os seres unicelulares podem se reproduzir de forma sexuada (protozoários) ou assexuada (bactérias). Na reprodução sexuada, os seres trocam material genético e geram um novo indivíduo.

Porém, a forma mais comum de reprodução dos seres unicelulares é assexuada. Ou seja, na reprodução assexuada ocorre o processo de fissão binária, onde o material genético dá origem a outras células idênticas.

Organismos pluricelulares

Em síntese, os organismos pluricelulares são aqueles formados por várias células. Dessa forma, se diferenciam dos seres unicelulares por conta da complexidade na estrutura. São exemplos de seres pluricelulares: animais, plantas e algumas espécies de fungos e algas.

Portanto, os organismos pluricelulares apresentam células organizadas em tecidos. A partir dos tecidos, os órgãos são formados, que dão origem a vários sistemas, que trabalham juntos para a sobrevivência de um ser.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também qual a função do Cortisol no organismo e o que é Biodiversidade.

Fontes: Biologia Net, Info Escola e Planeta Biologia 

Imagens: Rede geek, Mega Curioso, Quero Bolsa e GPA

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.