Biologia

Algas, o que são? Características e importância ambiental

As algas são do grupo filo Protista e, além de serem confundidas com plantas, são responsáveis por 90% do oxigênio no planeta.

Atualizado em 10/06/2020
Por Maria Ritha Paixão

As algas são seres vivos pertencentes ao filo Protista. Os compositores deste reino são predominantemente eucariontes, ou seja, possuem um envoltório nuclear. Apesar de se parecerem muito com as plantas, elas não são do Reino Plantae.

As algas são, sobretudo, importantes para a cadeia alimentar debaixo d’água e sobrevivem através da fotossíntese. Podendo ser encontrada tanto em água doce quanto salgada, esses organismos são divididos em várias pigmentações e é por meio dessas características que as diferenciamos.

O que são as algas?

Algas - o que são e suas características
Fonte: Tic Beat

As algas são seres que se assemelham às plantas que vivem debaixo d’água, mas não pertencem ao Reino Plantae. Elas podem ser definidas como unicelulares, ou pluricelulares, ou seja, possuem uma ou mais células. Suas células são denominadas eucariontes por conterem a envoltura da membrana.

Esses organismos vivos têm a função importante de alimentar os outros seres que vivem nas águas. Além disso, sua outra responsabilidade é, sobretudo, oxigenar o ambiente.

Isso ocorre porque as algas se alimentam através da fotossíntese. Devido à capacidade de se manterem vivas através da luz, elas também são chamada de autotróficos.

Uma curiosidade sobre as algas é sua capacidade de liberar oxigênio não só na água mas, em toda atmosfera. O total de liberação pode chegar até 90% no planeta, dando a elas o 1º lugar no ranking.

Características das algas

Algas - o que são e suas características
Fonte: vecteezy

As cores definem as características de cada alga. Estas, portanto, são divididas, a princípio, do seguinte jeito: filo Chrysophyta , filo Dinophyta,  filo Euglenophyta,  filo Chlorophyta,  filo Phaeophyta e, por fim,  filo Rhodophyta.

 Filo Chrysophyta:

A primeira  é dourada e contém cerca de 500 espécies definições similares.

Filo Dinophyta:

Em, suma, é chamada de dinoflageladas. Ou seja, usa dos seus flagelos para se locomover. Ela é responsável por fazer um fenômeno na água doce chamado de maré vermelha.

Filo Euglenophyta:

O terceiro tipo de alga é riquíssima em matéria orgânica e possui apenas duas flagelas. Por conter essa característica, o ser vivo está predominante na água doce.

 Filo Chlorophyta:

Essa outra espécie, sobretudo, traz consigo a cor verde. Também de água doce, ela conta com mais de 17.000 subespécies.

Filo Rhodophyta:

O quinta tipo, aliás é bem peculiar, pois é parda e muito abundante em ambiente a água salgada. Ela é, sobretudo, multicelular e pode ser encontra no Brasil. Por fim, a última protista é vermelha, muito atraente, também multicelular, e está também nos oceanos.

Importância ambiental

Algas - o que são e suas características
Fonte: Ciências Bio

As algas são extremamente importantes para o mundo e toda a atmosfera do planeta. Ela é responsável por 90% do oxigênio liberado na Terra como já dissemos. Isso é bem maior do que toda a floresta Amazônica.

Entretanto, devemos nos controlar com a poluição, porque prejudica diretamente na proliferação das algas. Com o descarte de lixo nas águas, elas começam a se reproduzir descontroladamente e lançam toxinas no ar.

Esse fenômeno atinge, acima de tudo, os peixes, por estarem mais próximos, mas também as aves e os mamíferos. Estes animais dependem da água, portanto, são infectados da mesma forma.

Além do oxigênio, existem outra transformações que ocorrem nesse organismo. Dois exemplos disso são o carboidrato e o carbonato de cálcio. Essas duas vitaminas são importantes para as algas tanto quanto para os animas que se alimentam delas.

Por fim, veja a matéria Reino Protista – Definição, origem, classificação e protistas no ecossistema

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria, Só Biologia, Info Escola, Educa Mais Brasil, BiologiaNet.

Fonte das imagens: Estudo Práticovecteezy, Ciências Bio.

Próxima página »