Geografia

Petróleo, o que é? Definição, origem, composição e para que serve

Petróleo é um combustível fóssil formado por moléculas de hidrocarboneto e originado a partir da decomposição de matéria orgânica.

Atualizado em 15/09/2020

Petróleo, palavra que vem do latim petroleum, é um tipo de combustível fóssil. Apesar de, atualmente, novas fontes de energia estarem em alta, como as fontes renováveis, o petróleo ainda é a fonte mais utilizada no mundo.

O combustível fóssil, também conhecido como ouro negro, é uma fonte não renovável de energia, formado por hidrocarbonetos, ou seja, moléculas de carbono e hidrogênio.

Além disso, possui aspecto viscoso, menos denso que a água. Em sua composição também é possível encontrar compostos nitrogenados e oxigenados.

A extração do petróleo é feita através de três processos: prospecção, perfuração e extração. No geral, o combustível fóssil pode ser extraído do fundo dos oceanos, do solo e de rochas sedimentares.

Por ser uma fonte de energia não renovável, a presença do petróleo na natureza, um dia, vai se esgotar. Além do mais, o líquido viscoso é um dos motivos para grandes potências mundiais se envolverem em conflitos por conta da produção e refino do produto fóssil.

História do petróleo

O uso do petróleo já era comum entre as primeiras civilizações da antiguidade. Povos como egípcios, mesopotâmicos e os chineses, no Oriente Médio, utilizam o combustível fóssil nas formas de betume.

Petróleo, o que é? Definição, origem, composição e para que serve
Centro Brasileiro de Infraestrutura

Naquele tempo, principal destino do petróleo era para construção de estradas, fins bélicos, lubrificação e iluminação. Apesar de já utilizado na antiguidade, o petróleo só se tornou industrializado durante o século XIX.

Ou seja, após a Revolução Industrial, o mundo mudou a forma de produzir, mudou a matéria-prima utilizada nas fábricas e, posteriormente, nos meios de transporte. A primeira indústria de petróleo surgiu, então, por meio do processo de refinação do óleo, na Escócia.

Entretanto, o maior produtor do combustível, na época, era o Azerbaidjão, com cerca de 50% da produção de petróleo mundial.

Já no continente americano, o petróleo foi encontrado pela primeira vez no Canadá e, em 1859, começaram as produções do produto na Pensilvânia, Estados Unidos.

Petróleo, o que é? Definição, origem, composição e para que serve
Gazeta Brasil

Logo, após pouco mais de cem anos, foi criado, em 1960, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). Em síntese, a organização foi composta pelos países que possuam as maiores reservas de petróleo, representando 25% das reservas do mundo.

Dessa forma, o principal objetivo da criação da organização foi fortalecer os países responsáveis pela produção do combustível. Além disso, a OPEP auxilia a impulsionar os preços do petróleo no mercado internacional, além de restringir a oferta do produto no mercado.

Petróleo no Brasil

O petróleo foi encontrado no Brasil, em 1939, próximo ao Recôncavo Baiano, em Salvador, na Bahia. Entretanto, a tentativa de encontrar o líquido viçoso já havia sido feita, durante o século XIX, no estado de São Paulo.

Na época, a busca pelo petróleo foi na cidade paulista de Bofete. Apesar da tentativa, a única coisa que encontraram no local foi água sulfurosa, que jorrou do poço que haviam perfurado na região.

O Globo

Antes mesmo da descoberta do petróleo na Bahia, o Brasil já havia instalado uma refinaria do combustível fóssil no país, em 1932. A refinaria era conhecida como Refinaria Rio-grandense, instalada em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

Após a descoberta do petróleo, a Petrobras foi instalada na Bahia, em 1954, a fim de explorar o petróleo nacional. Anos mais tarde, em 2006, a Petrobras anunciou o pré-sal brasileiro.

Ou seja, uma área petrolífera encontrada abaixo da camada de sal no mar. Sendo assim, o petróleo começou a ser explorado de fato, em 2010.

Origem

A princípio, petróleo é formado a partir da mistura de moléculas de carbono e hidrogênio, ou seja, hidrocarbonetos.

Além disso, se origina da decomposição de matéria orgânica, como no caso dos plânctons, bem como da ação de bactérias localizadas em locais com pouca oxigenação.

Significados

Esses locais podem ser bacias sedimentares, o fundo dos mares ou lagos e no assoalho oceânico. Em todos os casos, a ação das bactérias é causada pela falta de oxigênio nos ambientes, ocasionando locais com baixa pressão atmosférica.

A composição química do petróleo, de acordo com a Agência do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é formada da seguinte maneira:

– Carbono: 82%

– Hidrogênio: 12%

– Nitrogênio: 4%

– Oxigênio: 1%

Sais: 0,5%

Metais: 0,5%

Classificação do petróleo

Após o refino, o petróleo é classificado de acordo com classes, especificadas pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Enciclopédia Global

Sendo assim, o órgão classifica o petróleo da seguinte maneira:

  • Classe parafínica – representa os óleos leves, de baixa viscosidade, com resina e asfalteno inferior a 10%;
  • Parafino-naftênica – a densidade dos óleos é moderada e o teor de resina e asfalteno fica entre 5 e 15%;
  • Naftênica – representam uma parte pequena em relação ao volume do petróleo. Tem origem da alteração bioquímica que ocorre entre os óleos parafínicos e parafino-naftênicos;
  • Classe aromática intermediária – representam os óleos pesados com teor de resina e asfalteno entre 10 a 30%. Geralmente, é encontrado na Venezuela e no Oriente Médio;
  • Aromático-naftênica – o teor de resina e asfalteno é superior a 35%, correspondendo aos óleos originados a partir da degradação de óleos parafínicos;
  • Aromático-asfáltica – encontrado no Canadá, França e Venezuela, com teor de resina e asfalteno superior a 35%. Sendo assim, corresponde aos óleos de originados do processo de biodegradação.

Utilização

Em síntese, a principal utilização do petróleo é como fonte de energia. Porém, o combustível é uma fonte não renovável e seus derivados causam efeitos prejudiciais ao meio ambiente, por conta da emissão de gases poluentes na atmosfera.

Além de fonte de energia, o petróleo também é utilizado como matéria-prima na fabricação de borrachas sintéticas, plásticos, tintas, solventes, produtos cosméticos, etc.

Betaeq

Os derivados do petróleo, neste caso, são obtidos a partir do refino do combustível fóssil. Isso significa que, após a extração dos reservatórios, o petróleo passa por um processo de melhoramento.

Dessa forma, para que o refino seja realizado, são utilizados diversos processos químicos, como alquilação, hidrotratamento, craqueamento, reforma, dentre outros.

A partir do petróleo, de acordo com a ANP, é possível obter produtos muito utilizados no aquecimento de indústrias, como o Gás de petróleo; o gás liquefeito, utilizado na cozinha; a gasolina, um dos principais tipos de combustíveis.

Além disso, os seguintes derivados também são obtidos a partir do petróleo:

  • Nafta: utilizada como matéria-prima na fabricação de plástico, solventes, borracha e combustível;
  • Querosene: utilizado, principalmente, como combustível doméstico na iluminação, por exemplo. Além disso, o uso é visto na aviação e em produtos de limpeza;
  • Óleo diesel: é empregado na produção de energia elétrica, além de ser utilizado como combustível em indústrias, veículos e embarcações marítimas;
  • Óleo combustível: a principal utilização é como fonte de calor em indústrias;
  • Resíduos: são produtos que dão origem a outros produtos, como asfalto, ceras, etc.

Exploração e extração do Petróleo

Basicamente, para que o petróleo seja extraído, são utilizados três processo: a prospecção, a perfuração e, por fim, a extração. Neste caso, a prospecção é a parte em que o combustível fóssil é localizado, por meio da denotação de explosivos.

Em seguida, após as áreas de petróleo serem localizadas, começa o processo de perfuração do local, onde são realizados estudos e demarcações para, então, realizar a última etapa, a extração.

Petróleo, o que é? Definição, origem, composição e para que serve
Veja

Por fim, a extração é feita por meio da sucção do petróleo, retirado das jazidas. Assim, são utilizados materiais como bombas em plataformas, além de navios. Quando o petróleo é encontrado em terra, as bombas são utilizadas para jorrar o combustível.

Os países que possuem as maiores reservas de petróleo do mundo, são:

  • Venezuela: 300,9 bilhões de barris;
  • Arábia Saudita: 266,5 bilhões de barris;
  • Canadá: 169,7 bilhões de barris;
  • Irã: 158,4 bilhões de barris;
  • Iraque: 142,5 bilhões de barris.

Além disso, o Brasil é o 15º país com maior número de reservas de petróleo, com 12,7 bilhões de barris.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que é Propagação da Luz e como o Vidro é formado.

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria e Ecycle 

Imagens: Diário de Cuiabá, Centro Brasileiro de Infraestrutura, Gazeta Brasil, O Globo, Significados, Enciclopédia Global, Betaeq e Veja

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.