Física & Química

Metano, o que é? Definição, características, formação e efeito estufa

O metano é classificado como um composto químico do grupo dos hidrocarbonetos, formado por átomos de carbono (C) e de hidrogênio (H).

Por Dayane Borges

-

O metano é um composto químico do grupo dos hidrocarbonetos, formado por átomos de carbono (C) e de hidrogênio (H). Possui forma molecular CH4 e faz parte, na Tabela Periódica, da família dos alcanos. Também é chamado de “gás natural” ou “gás dos pântanos”, pois uma de suas formações ocorre por meio do apodrecimento de vegetais nos pântanos.

Não é considerado um composto tóxico, porém, o processo de combustão parcial gera substâncias que contribuem para o agravamento do efeito estufa. O monóxido de carbono, por exemplo, é formado através da combustão parcial do metano. Além do mais, quando em contato com compostos oxidantes, interalogênios e halogênios, por exemplo, forma misturas explosivas.

O metano, quando inalado, pode causar alterações diversas no corpo humano. O composto químico causa desmaios e lesões no sistema nervoso central, além de asfixia, parada cardíaca, etc. Uma característica interessante é que, por ser produzido por meio de matéria orgânica, o metano também é chamado de biogás, sendo muito utilizado como fonte de energia.

Características do metano

De forma geral, o metano é o composto químico mais simples do grupo dos hidrocarbonetos. Além disso, apresenta altos índices de inflamabilidade e apresenta pouca, ou quase nada, solubilidade na água. Em contrapartida, quando em contato com solventes orgânicos – álcoois, benzenos, ésteres e gasolina – o metano é bastante solúvel.

Metano, o que é? Definição, características, formação e efeito estufa
Estrutura molecular do gás metano

O gás natural pode ser obtido por meio de diversas fontes. Uma das mais comuns é pela fermentação de resíduos orgânicos, como pela ação das bactérias na decomposição do lixo orgânico em aterros sanitários, por exemplo. Mas também, o gás pode ser formado através de erupções vulcânicas, digestão de algumas espécies de animais herbívoros, bem como pela extração de combustíveis minerais.

Quando ocorre combustão incompleta do gás natural, água e carbono dão origem ao chamado negro-de-fumo. O material é utilizado, principalmente, para fabricar graxa de sapatos. Já em contato com o ar, o metano pode ocasionar em explosões violentas. Na mineração, por exemplo, a emanação do metano recebe o nome de grisu.

Efeitos do metano

Apesar de ser utilizado como fonte de energia por meio do biogás, o gás metano também possui efeitos negativos na atmosfera. Isso porque, junto a outros gases, como o dióxido de enxofre, é um dos compostos que mais contribuem para o agravamento do efeito estufa e, consequentemente, do aquecimento global.

Metano, o que é? Definição, características, formação e efeito estufa
Principais fontes dos gases do efeito estufa

Nesse sentido, o gás natural está no grupo dos poluentes climáticos, impactando até 20 vezes mais que o dióxido de carbono (CO2). Em relação à qualidade do ar, o composto não possui alterações. Assim, uma das causas que mais agravam o efeito estufa é a criação de bovinos.

Controle do gás metano

Controlar a emissão do gás metano é uma tarefa difícil, porém, algumas medidas podem ser tomadas para aliviar as consequências. Uma delas está relacionada à pecuária. Ou seja, é possível reduzir a formação do composto químico por meio da melhoria da dieta do gado, a melhora nos pastos e técnicas que auxiliam na digestão desses animais.

Metano, o que é? Definição, características, formação e efeito estufa
GreenMe

Já em relação à formação do composto por meio do lixo orgânico, um meio viável é a queima do material. Isso porque, ao queimar o lixo orgânico, dióxido de carbono é produzido e liberado na atmosfera. O CO2 é mais fácil de ser capturado na atmosfera por meio das plantas, por exemplo. Outra forma de amenizar as causas do gás natural é utilizá-lo como fonte de energia elétrica.

O que achou da matéria? Aproveita que já está aqui e leia também o que são Partículas Subatômicas e qual a definição de Polimerização.

Fontes: Info Escola, Toda Matéria e Ecycle 

Imagens: Site sustentável, Clinica Grunkraut, Master Ambiental e GreenMe

Próxima página »