Física & Química

Concentração de soluções – O que é, tipos e conceitos

A concentração das soluções é a quantidade de soluto presente em uma determinada quantidade de solvente, sendo gasoso,líquido ou sólido.

Atualizado em 06/05/2020

Sabe quando misturamos algo e depois não conseguimos distinguir os ingredientes que usamos, como em um bolo? Então, concentração de soluções é exatamente isso, uma mistura homogenia de um determinado solvente. Essas soluções são encontradas em três estados: sólido, líquido e gasoso. Só para exemplificar, o ar é o mais conhecido dos solventes gasosos, os metais são solventes sólidos, já a água e o álcool são solventes líquidos.

É fácil entender esse processo: imagine que para compor é necessário que haja algo que se dissolva – chamado de solvente – e algo que será dissolvido – chamada de soluto. Cada qual nas suas devidas definições . Agora podemos partir para uma segunda etapa de compreensão sobre as soluções.

Concentração de soluções

Concentração de soluções - O que é? tipos e conceitos
Fonte: Beduka

As concentrações são medidas a partir da divisão do soluto pelo solvente. A partir desse cálculo podemos saber qual será a quantidade exata de soluto existente em uma solução. Essa concentração pode ser medida de várias maneiras, por conseguinte, listamos essas variações a seguir.

Concentração comum, ou concentração em massa, é a relação entre a massa do soluto e a o volume da solução. Dessa maneira temos outra fórmula para calcular essa medida. Concentração é igual a massa dividida pelo volume. Vamos ilustrar melhor o que acontece no processo.

Vejamos, se colamos 1 colher de chá de sal em um copo de água o resultado será que o produto final não estará tão salgado assim. Mas, se colocarmos um colher de sopa cheia no mesmo copo d’água, com certeza teremos um uma concentração maior de soluto.

Outro tipo de medida é a concentração molar, ou molaridade. Este cálculo será para descobrir a molaridade (mols). Mas, antes de continuar, é importante saber o que é mol. Mol é a unidade de medida para grandezas quantitativas de substância mais usada na Química. Pronto, já sabemos o que é. Nossa fórmula basicamente será molaridade igual ao número de mols do soluto dividido pelo volume.

Esta é relacionada as Massas, ou Título do soluto e da solução. Portanto, desta forma estaremos calculando a porcentagem do peso para termos a solução em gramas, se notar essa relação está sendo medida através de suas massas. Logo, fica na seguinte maneira, Título é igual a massa do soluto dividido pela massa da solução.

O que é uma solução química?

 

 

Concentração de soluções - O que é? tipos e conceitos
Fonte: Química curso

Além dos cálculos das concentrações podemos, então, definir o coeficiente de solubilidade. Aqui o que rege é o soluto, a quantidade de solvente e a temperatura. São 3 os tipos de soluções. A insaturada quer dizer que a quantidade de soluto colocada abaixo no do seu coeficiente de solubilidade temos um caso não saturado.

A saturada é, basicamente, o soluto em sua quantidade máxima dentro de um solvente. Ou seja, se colocarmos 50g de sal em 2g de solvente, o sal no dissolverá, portanto, não teremos uma saturação.

Por fim, para supersaturar essa solução o fator aquecimento será incluso. Se pegarmos o caso anterior e submetermos a uma temperatura elevada no corpo de fundo a solubilidade aumenta. Se deixarmos que volte para uma temperatura mais baixa ocorrerá a supersaturação. Esse modo é reconhecido com instável, devido a maior quantidade de soluto.

Por fim, gostou de ler sobre concentração de soluções? Então leia sobre Hipertônico e hipotônico – O que são, diferenças e exemplos

Fonte: Toda matériaEducação globo, Brasil escola, Mundo Vestibular, Globo Educação, Educação Uol, Educa+Brasil,

Imagem de destaque: Aulas de química