Geografia

Alterações climáticas – Definição, aquecimento global e consequências

Alterações climáticas são mudanças que ocorrem no clima, provocadas por ações humanas, decorrente da alta emissão de gases do efeito estufa.

Atualizado em 01/07/2020

Não é de hoje que, grande parte dos países do mundo estão observando as mudanças no clima. Essas mudanças estão refletidas na reprodução de espécies de animais e plantas, além de outros elementos. Cada ponto destacado está relacionado aos efeitos das alterações climáticas que prejudica, de forma drástica, o funcionamento do ecossistema e das formas de vida.

As mudanças no clima são causadas, principalmente, pelas ações humanas. Em países desenvolvidos, por exemplo, a produção industrial, bem como a agropecuária e os altos níveis de emissão de carbono são algumas das causas que agravam o aumento da temperatura global. Nos últimos anos, a temperatura do Planeta subiu 0,74 ºC.

Com o aumento anormal da temperatura várias mudanças já podem ser observadas em diversas partes do mundo. Ou seja, é possível constatar a extinção de espécies de animais, o aumento do nível do mar provocado pelo derretimento das geleiras, dentre outras consequências.

Mas afinal, quais são as ações que desencadeiam o aumento da temperatura global? Vamos te contar!

Alterações climáticas e o aquecimento global

Uma das principais causas das mudanças climáticas está relacionada ao aquecimento global. O aquecimento é causado, principalmente, pela intensificação do efeito estufa. A princípio, o efeito estufa é um fenômeno natural responsável por deixar o Planeta aquecido.

Alterações climáticas - Definição, aquecimento global e consequências
A emissão exagerada de gases do efeito estufa ocasionam no aquecimento global.

Entretanto, quando ocorre a emissão dos gases atmosféricos em alta escala, consequentemente, o efeito estufa é intensificado. Os efeitos da intensificação desse fenômeno podem ser catastróficos. Isso porque, a atmosfera não suporta o aumento da retenção de calor.

Assim, o aquecimento global acarreta no aumento anormal da temperatura atmosférica. Nos últimos 100 anos, por exemplo, os pesquisadores constataram que a temperatura média global aumentou, aproximadamente, 0,74 ºC. O índice parece pequeno, mas os efeitos desse aumento já são percebidos em várias partes do mundo.

Grande parte do efeito estufa prejudicial é causado por ações humanas nas altas emissões de carbono. De acordo com o Greenpeace – organização não governamental – os gases do efeito estufa aumentaram consideravelmente nos últimos anos. A partir disso, governos e instituições de proteção ao meio ambiente estão, constantemente, traçando caminhos para amenizar os efeitos do aquecimento global.

Efeitos das alterações climáticas

De forma geral, o clima de uma região depende de um conjunto de características. Dentre elas está a quantidade de chuvas, as temperaturas médias, a umidade do ar, dentre vários outros aspectos. Assim, para mensurar os efeitos das mudanças no clima, existe o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, IPCC na sigla em inglês.

O IPCC, então, é um órgão veiculado às Nações Unidas. Tem como objetivo avaliar as informações sobre as alterações do clima. Com isso, periodicamente, o órgão publica informações importantes sobre o que está ocorrendo com o clima em todo o Planeta.

Alterações climáticas - Definição, aquecimento global e consequências
Mapa do aquecimento global no mundo.

No Quinto Relatório de Avaliação das mudanças climáticas, o IPCC avaliou que, caso o aumento da emissão dos gases do efeito estufa não diminuir, o aumento da temperatura global subirá 2 ºC até 2100. Com isso, os países mais afetados pelas consequências do aumento das temperaturas serão os países tropicais.

As consequências serão catastróficas, como o aumento da ocorrência de inundações e períodos longos de estiagem. Além disso, a agricultura e a pecuária serão drasticamente prejudicadas ocasionando na diminuição da produção de alimentos, por exemplo. Regiões que possuem grande incidência de índices pluviométricos vão sofrer com períodos longos e interruptos de chuva.

Alterações climáticas - Definição, aquecimento global e consequências
Inundação em Veneza, na Itália.

Por outro lado, regiões em que a incidência de chuva é escassa, sofrerão ainda mais com a seca. Com a falta de chuva, as queimadas aumentam. Consequentemente, a fauna e flora de determinada regiões começarão a entrar em extinção. Além disso, a água potável se tornará um recurso de disputas e interesses políticos.

Saúde humana

Outro fator agravante resultado do aumento das temperaturas será a saúde humana. Isso porque, nós humanos não conseguimos suportar altas temperaturas. Ou seja, serão frequentes problemas de saúde, como alergias, insolação, além de doenças transmitidas por mosquitos (dengue e malária, por exemplo).

Nesse sentido, de acordo com o IPCC, mesmo que o aumento da temperatura global diminua, o Planeta ainda vai sofrer com as consequências das ações humanas. Assim, por mais que alguns dos problemas ocasionados pelas alterações climáticas sejam inevitáveis, a emissão dos gases do efeito estufa precisa ser controlada.

Acordo de Paris

As ações de diminuição do efeito parte de todos os indivíduos do mundo. Seja empresa, indústrias, pessoas, grupos ecológicos, etc. Assim, como forma de elaborar medidas de prevenção contra as alterações climáticas, foi assinado por 195 países, em 2015, o Acordo de Paris.

Alterações climáticas - Definição, aquecimento global e consequências
195 países assinaram o Acordo de Paris.

O acordo tem como principal medida elaborar meios para que a temperatura média do Planeta permaneça abaixo de 2 ºC em relação aos níveis pré-industriais. Dessa forma, para que o acordo funcione, cada país assumiu a responsabilidade de cuidar das próprias emissões de gases na atmosfera.

No caso do Brasil, por exemplo, o país se comprometeu a reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 37%. O nível de redução vai ser observado até 2025. A principal medida é aumentar a produção de bioenergia sustentável. Além disso, restaurar hectares de florestas em todo o país.

Portanto, para que os índices da temperatura média global não aumentem ainda mais, medidas como os sistemas de energia, produção de alimentos, transportes, agricultura e silvicultura precisam ser repensados. Com isso, de acordo com a ONU, a temperatura global poderá ficar abaixo de 2 °C.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que é Lençol Freático e quais são os tipos de Erupção Vulcânica.

Fontes: Dicionário do Desenvolvimento, Mundo Educação, WWF e Ec Europa 

Imagens: Revista Amar, Oráculo Meteorologia, Ubrabio, Opinião e Notícia e Cebds

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.