Biologia

Fauna, o que é? Definição, características, principais tipos e preservação

Fauna é o termo que representa a diversidade de espécies que vivem e compartilham de um mesmo ambiente ou região, seres vivos do Reino Animal.

Atualizado em 05/06/2020

O conjunto de animais que vive e compartilha de um mesmo ambiente ou espaço geográfico é chamado de fauna. O termo está ligado, também à flora, conjunto de vegetais e plantas de determinada região. Assim, por constituírem as características de lugar, possuem variedades dependendo do ambiente em que se encontram.

Por exemplo, a fauna da Floresta Amazônica é diferente das faunas do Cerrado ou do Pantanal. Representam, portanto, grupos de animais diferentes, característicos do lugar ou região. Além disso, grupos de animais estão estritamente ligados à biodiversidade. Ou seja, formam a diversidade de vida responsável pelo equilíbrio do Planeta.

Todos os tipos de faunas, além da flora, compõem uma das camadas do Planeta, chamada biosfera. Nesse sentido, é possível perceber que existem diferenças que dependem de características como o clima, por exemplo.

Os vários tipos de faunas podem ser agrupados em duas grandes categorias, a fauna silvestre e a doméstica. No caso, as subdivisões, incluem a fauna marítima, a sinantrópica, ictiológica, dentre outras.

Mas, afinal, você qual a importância do termo para a manutenção da vida na Terra?

Definição de fauna

Os diversos tipos de faunas podem ser encontrados em um bioma, no ecossistema ou em determinada região. A utilização do termo para se referir ao conjunto de animais que sobrevive em uma região começou a ser empregado em 1746, por Lineu. Porém, era usado para designar livros que continham classificação de espécies de animais.

Fauna, o que é? Definição, características, principais tipos e preservação
A arara-azul é uma espécie de animal que vive nos biomas da Floresta Amazônica.

Com isso, o termo “fauna” passou a ser utilizado para classificar os animais, ou seja, seres vivos do Reino Animal. Atualmente, os seres vivos que fazem parte de outros Reinos, como os Fungos, Protozoários e Bactérias, recebem o nome de Biota ou Microbiota. Dessa forma, o conjunto de animais de uma região garante o equilíbrio do bioma das variadas regiões do mundo.

Existem diversos tipos de faunas. Porém, todas as variedades se enquadram em dois grandes grupos, a fauna silvestre e a doméstica. A fauna silvestre agrupa os animais que não necessitam da ação humana para sobreviver, como os animais das florestas, etc. Já os animais da fauna doméstica são aqueles que precisam dos seres humanos para se alimentar, como os gatos, cachorros, etc.

Fauna, o que é? Definição, características, principais tipos e preservação
A Ariranha é um mamífero que vivem próximo de rios, córregos, característico do Pantanal.

Dentre os vários tipos de faunas, algumas categorias se destacam. São elas:

  • Fauna Marítima – os animais que vivem nos mares e oceanos, como baleias, tubarões, etc;
  • Fauna Sinantrópica – representa os animais que, geralmente, vivem perto dos seres humanos, mas que independem de suas ações. Normalmente, esses animais são conhecidos por transmitirem doenças que podem prejudicar a saúde humana. São exemplo, os ratos, morcegos, pombos, mosquitos, etc;
  • Fauna Ictiologia – formada apenas pelos peixes. A ictiologia estuda a diversidade desses animais no mundo.

Políticas de preservação

Alguns países são conhecidos por abrigarem a maior variedade de fauna do mundo, sendo o Brasil o primeiro da lista. A Floresta Amazônica, por exemplo, é responsável por compreender 20% de toda a fauna do mundo, com variedade surpreendente de espécies de animais. Além disso, a descoberta de novas espécies muda todos os anos, o que faz o país a maior biodiversidade do Planeta, com 103.870 espécies de animais registrados atualmente.

A diversidade das espécies de animais no Brasil, por exemplo, é resultado da grande extensão territorial do país. Ou seja, dependendo da região, as espécies de animais mudam e algumas são mais características em determinado local.

As faunas podem variar da Floreta Amazônica para o Cerrado, por exemplo. Por conta da tamanha diversidade, práticas de preservação são cada vez mais importantes.

Fauna, o que é? Definição, características, principais tipos e preservação
Projeto Tamar, por exemplo, atua na conservação de espécies de tartaruga marinha na costa brasileira.

Isso porque, ações como o desmatamento e poluição dos habitats naturais provoca a extinção ou a perda gradual da biodiversidade. Além do desmatamento, a invasão de espaços silvestres, poluição do solo, das águas, da atmosfera e queimadas podem ser agravantes para as várias espécies de animais. Dentre os locais que mais sofrem com ações humanas está o Norte e o Centro-Oeste do país.

A fim de controlar os impactos provocados pelas ações humanas e impedir a perda da biodiversidade existe, o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natural (SNUC) foi criado. Dentre suas principais normais e procedimentos, está a criação e administração de unidades de conservação. Essas unidades são chamadas de Áreas Protegidas e são, inclusive, conhecidas no âmbito internacional.

Você sabia?

Como forma de punir crimes contra a fauna e a biodiversidade, chamado de Biopirataria, a Legislação brasileira definiu leis que atuam contra atos ilícitos no país. Ou seja, exploração, exportação, comercialização, manipulação ou transporte indevido de animais silvestres é enquadrado como crime.

Dessa forma, qualquer ação que prejudique ou altere os recursos biológicos da fauna brasileira é classificada como Biopirataria. O crime ambiental também engloba as ações cometidas contra a flora, como no caso da exportação e comercialização do açaí de maneira indevida. Nesse sentido, as leis servem para contribuir com as ações de preservação da fauna e manter o equilíbrio da biodiversidade.

O que achou da matéria? Se gostou, não deixe de conferir mais temas aqui no site como, por exemplo, o que são os ProtostomadosDeuterostômios.

Fontes: Biologia Net, Mundo Educação, Significados e Quero Bolsa

Imagens: Estudo Prático, Aurora Eco, Arora ECO e TN Petróleo

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.