Geografia

Cordilheira dos Andes – O que é, formação, características e curiosidades

A Cordilheira dos Andes é o maior conjunto de montanhas do mundo, presente em sete países sul-americanos, com mais de 7000 km de extensão.

Atualizado em 28/09/2020

Quando se fala em cadeias montanhosas, é impossível não mencionar a Cordilheira dos Andes. Isso porque, os Andes são considerados o maior conjunto contínuo de montanhas do globo terrestre.

Ao todo, a extensão da Cordilheira dos Andes ocupa, praticamente, toda a costa ocidental da América do Sul. Em números, isso significa que o conjunto de montanhas possui mais de 7000 km de extensão, com largura entre 200 e 700 km.

Por conta da gigantesca extensão, os Andes ocupam o territórios de sete países sul-americanos, como Argentina, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, Chile e Bolívia. Inclusive, o ponto mais elevado da Cordilheira, o Aconcágua, se encontra na Argentina, com 6962 m de altitude.

De forma geral, as condições climáticas dos Andes são ríspidas e rigorosas. Os habitantes que ocupam a região, conhecidos como quechuas, são descentes dos Incas e possuem, por exemplo, o coração maior que a maioria dos seres humanos. A característica possibilita a maior oxigenação do organismo.

Características da Cordilheira dos Andes

Como as condições de vida nos Andes são extremas, tanto para os nativos da região como para os animais, estes enfrentam obstáculos diversos para manter a sobrevivência.

Cordilheira dos Andes - O que é, formação, características e curiosidades
Portal de Inverno

Sendo assim, as plantas e animais, por exemplo, possuem mecanismos de adaptação próprios para se desenvolver nas montanhas. Um tipo de vegetação muito comum da Cordilheira é o “ichu“, tipo de capim que possui raízes profundas e fortes, que absorvem quantidades mínimas da água do solo.

Além disso, as raízes profundas da vegetação andina protege as plantas dos ventos fortes, comuns na região montanhosa. Dentre os animais, é usual encontrar mamíferos como a lhama, vicunha, alpaca e o guanaco, todos pertencentes à família do camelo.

Durante a existência do Império Inca, por exemplo, a lhama e a alpaca eram animais utilizados para alimentação dos povos. Além disso, serviam como animais de carga. Os Incas também aproveitavam a pele dos animais, no caso, a lã, como forma de se aquecer do frio.

Cordilheira dos Andes - O que é, formação, características e curiosidades
Lugares Lindos

Atualmente, é possível encontrar na Cordilheira dos Andes grandes rebanhos de lhamas e alpacas, animais que suportam altitudes elevadas, que chegam a ser superiores a 4.000 metros. Em geral, são animais de fácil domesticação.

Já a vicunha, classificada com o menor entre os camelídeos andinos, é um animal que sofre o risco de entrar em extinção. Isso porque, por conta da qualidade de sua lã, a vicunha é constantemente perseguida por caçadores.

Localização e clima

A Cordilheira dos Andes fica localizada na América do Sul, mais especificamente na costa oeste do continente. Possui extensão de mais de 7000 km, com largura entre 200 e 700 km e abrange os territórios da Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela e Equador.

A formação dos Andes é advinda de um acidente geográfico. Ou seja, há 65 milhões de anos, mais ou menos, duas placas tectônicasPlaca de Nazca e a Placa Sul-Americana – se encontraram, formando o extenso conjunto de montanhas.

Cordilheira dos Andes - O que é, formação, características e curiosidades
Dallatur

Normalmente, processos geológicos, como o encontro de placas tectônicas, levam milhares e milhares de anos para serem completados. Entretanto, pesquisadores acreditam que, no caso dos Andes, o processo tenha ocorrido de forma repentina e, com o passar dos anos, o tamanho das montanhas tenha aumentado.

Em relação ao clima, o que predomina nos Andes é o frio, além do ar extremamente rarefeito. De forma geral, as temperaturas variam conforme o relevo e a altitude da região. Sendo assim, nos locais onde a altitude é elevada, é comum a presença de neve e temperaturas negativas.

Por conta do frio extremo em determinadas partes da Cordilheira dos Andes, os habitantes da região mascam folha de coca para auxiliar na absorção de oxigênio no organismo. Além disso, possuem o coração maior que a maioria dos seres humanos.

Fauna e Flora

Em síntese, a fauna da Cordilheira dos Andes é considerada diversificada, com animais diversos pertencentes à família dos camelos. Em geral, os animais são utilizados como meio de transporte e alimentação dos habitantes da região.

Flickr

Além dos mamíferos andinos, é comum encontrar na localidade pássaros, macacos, ursos, pumas, dentre outros. Além de utilizados como transporte, os mamíferos andinos também fornecem a lã, utilizada na confecção de acessórios e roupas.

Já a flora é caracterizada pela presença de estepes – tipo de vegetação rasteira, além das plantas com raízes profundas e resistentes aos fortes ventos andinos.

Curiosidades das Cordilheiras dos Andes

A princípio, antes da chegada dos colonizadores, a Cordilheira dos Andes era ocupada por civilizações como Chavin e Chimu, consideradas extremamente avançadas para a época. Inclusive, o conhecimento destes povos era mais elevado que o conhecimento dos colonizadores europeus.

Além do conhecimento, estas civilizações deixaram um vasto legado por meio da construção de cidades misteriosas, como Tiwanaku, bem como pirâmides, templos e palácios.

Discovery Brasil

Um fato interessante é a influência dos Andes no clima da América do Sul. Isso porque, por conta da Cordilheira, a umidade que é produzida na Amazônia consegue ser distribuída para outras regiões do Brasil, por exemplo.

Além disso, é na Cordilheira dos Andes onde se localizam os rios que dão origem ao rio Amazonas. Grande parte dos rios que vem dos Andes são de origem nival, ou seja, se formam a partir do derretimento da neve presente nas montanhas.

O que achou da matéria? Se gostou, aproveita que já está aqui e leia também sobre quais são as Partes de um rio e o que são Queimadas.

Fontes: Info Escola, Toda Matéria e Mundo Educação 

Imagens: Diário do Poder, Portal de Inverno, Lugares Lindos, Dallatur, Flickr e Discovery Brasil

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.