Geografia

Relevo – o que é, tipos, características e agentes de modificações

O relevo são as paisagens do planeta, como planícies, planaltos, montanhas e depressões, que são moldados pela ação de agentes internos ou externos.

Atualizado em 19/08/2019

O relevo são os tipos de paisagens físicas do planeta, moldados na natureza no correr do tempo por agentes internos e externos. Os internos podem ser exemplificados nos terremos, enquanto que os externos, nos ventos.

Há quatro formas diferente de relevo que são: planícies, planaltos, montanhas e depressões. Mas há outros, como serras, chapadas, vales, escarpas e cordilheiras.

O Brasil tem um relevo bem antigo, motivo pelo qual suas montanhas são baixas e arredondadas. E por se encontrar no centro de uma única placa tectônica, está livre de abalos sísmicos de relevância.

Quais são os Agentes do Relevo?

Às paisagens da Terra denominamos relevo. Com o tempo, modificações se deram por ação de agentes endógenos (internos), assim como exógenos (externos).

Dessa forma, o relevo é composto pelo conjunto de depressões, assim como elevações do solo da Crosta Terrestre. Tal se dá conforme sua composição, estrutura e processos geológicos.

Conheça o relevo – tipos, características e agentes de modificações

Os agentes do relevo internos ou endógenos atuam de dentro para fora da Crosta Terrestre. Podemos exemplificá-los com os terremotos, vulcões em atividade e movimentação das placas tectônicas.

Já os agentes externos ou exógenos, atuam de fora para dentre da Crosta Terrestre, ocasião em que modificam a superfície do planeta.

Isso pode se dar pela ação do ser humano, quando, por exemplo, desmonta uma montanha com fins de mineração. Ou pela ação natural, os intemperismos como o vento e as avalanches, assim como pelos animais.

Quais são os Tipos de Relevo?

Conheça o relevo – tipos, características e agentes de modificações

Temos quatro formas de relevo que se destacam, a saber: planícies, planaltos, montanhas, assim como depressões.

As planícies são superfícies planas que ocorrem em baixas altitudes, inclusive formadas por rochas sedimentares. O tipo de agentes formadores interferem na classificação das planícies. Denomina-se costeira se o agente é o mar, fluvial se é o rio, além de lacustre, se lago.

Os planaltos ou platôs são superfícies planas só que localizadas com altitudes elevadas. A altura em relação ao nível do mar, inclusive, é o que os diferenciam das planícies.

Os planaltos são sedimentares quando formados por rochas sedimentares e cristalinos, se por rochas cristalinas. Já os planaltos basálticos são aqueles formados por rochas vulcânicas.

As montanhas são enormes elevações que se formaram por vulcões, movimento das placas tectônicas etc.

São assim chamadas “vulcânicas” se se originaram de um vulcão, já as “dobradas” se formaram dos dobramentos da terra (tectonismo). As montanhas “falhadas” proveem de falhas da Crosta Terrestre, e de “erosão”, se vêm de erosão.

As depressões são planos rebaixados que quase sempre se formam do fenômeno da erosão. Os geólogos as classificam como as altitudes mais baixas da Terra, posto que estão entre 100 a 500 metros.

Podem ser: “depressão absoluta”, se se localizam abaixo do nível do mar, assim como “relativa”, se acima desse nível.

Há também serras, que são conjunto de montanhas, ou cordilheiras, que são conjuntos de serras. Os morros são elevação de terra menor, as chapadas, terreno plano sobre a serra. As escarpas são os abismos que aparecem nas bordas dos planaltos.

As Particularidades do Relevo Brasileiro

O relevo brasileiro pode ser classificado em planaltos, planícies e depressões. Uma particularidade interessante é constatar que no Brasil não ocorrem terremotos e maremotos de relevância.

É que o país está localizado no centro de uma única placa tectônica, não sofrendo assim com o choque entre placas. É que os abalos sísmicos se dão nas bordas das feridas placas. Por fim, vale ressaltar que o relevo brasileiro tem baixas altitudes, por se tratar de uma região muito antiga.

Leia também sobre o Passivo Ambiental, o que é? – conceito, exemplos e leis.

Fonte: Brasil Escola, Escola Kids, Mundo Educação, Toda Matéria, Significados, Wikipédia, Estudo Prático.

Fonte das imagens: Exposição Cerrado, Fatos Desconhecidos, Ensina Filhos, Livrozilla.