História

Olga Benário Prestes – Quem foi, história, vida na política e como terminou

Olga Benário Prestes foi militante comunista alemã responsável por lutar, desde os 15 anos, contra a expansão do nazismo na Alemanha.

Atualizado em 18/02/2020

Olga Gutmann Benário, mais conhecida como Olga Benário Prestes, foi uma revolucionária alemã reconhecida pela luta contra a extrema direita. Integrou o Partido Comunista na Alemanha e, posteriormente, o da União Soviética após ser expulsa do país pelos alemães. Olga era acusada de traição junto de seu companheiro na época, Otto Braun.

No momento em que estava em Moscou, Olga foi designada a acompanhar Luiz Carlos Prestes de volta ao Brasil. A viagem deveria ser feita de forma sigilosa para não despertar suspeitas. Assim, Olga e Luiz forjaram estarem casados e a viagem seria em lua de mel. Entretanto, os dois acabaram se apaixonando.

Olga Benário Prestes, além de acompanhar Luiz Prestes ao Brasil, participou da Intentona Comunista no país. O movimento liderado por Prestes visava a retirada de Getúlio Vargas do poder. Porém, Olga foi presa durante o movimento e acabou sendo deportada de volta para a Alemanha.

Olga Benário Prestes

Olga nasceu no dia 12 de fevereiro de 1908 em Munique, Alemanha. Veio de família privilegiada. Seu pai, Leo Benário, era advogado e político, membro do Partido Social-Democrata da Alemanha. Assim, por influência do pai, Olga ingressou na política ainda nova, aos 15 anos. Ela fazia parte do Grupo Schwabing destinado à jovens comunistas menores de 18 anos. Em seguida, aos 16 anos, a jovem se muda para Berlim acompanhada de seu namorado, o professor Otto Braun.

Olga Benário Prestes, quem foi? História, vida na política e como terminou
Retrato de Olga Benário Prestes feito por Candido Portinari. Fonte: Pinterest

As ações de Olga logo foram reconhecidas pelo Partido Comunista na Alemanha. Isso porque, a jovem era responsável por organizar movimentos em combate ao crescimento da extrema direita no país. Assim, Olga lutava veemente contra o crescimento do Partido Nazista. Logo, ficou conhecida como uma das figuras mais relevantes do Partido Comunista alemão.

Em um dos movimentos organizados por Olga, ela acabou presa pelos soldados nazistas, em 1926. No momento da prisão, a jovem revolucionária foi acusada de comandar atos contra a República de Weimar (1919-1933). Assim, Olga permaneceu detida de outubro a dezembro de 1926. Além disso, ela era frequentemente pressionada para dar informações sobre seu namorado, Otto Braun.

A luta

Após comandar o ataque à prisão de Moabit, onde Otto Braun estava preso, Olga foi entrou para a lista das mais procuradas pelo Partido Nazista. Dessa forma, era acusada de traição à pátria e os nazistas ofereciam recompensa em dinheiro para quem a capturasse.

Dessa forma, ameaçada pelos alemães, Olga foge para a União Soviética com o auxílio de documentação falsa. Como a jovem já havia realizado diversos movimentos de luta na Alemanha, ao chegar em Moscou, ela recebeu prestígio político. Assim, não demorou muito até que atingisse um nível hierárquico dentro do Partido Comunista da URSS.  Por esta razão, Olga recebeu treinamento dentro do Partido, além de estudar ideais que Marx defendia.

Olga Benário Prestes, quem foi? História, vida na política e como terminou
Olga Benário presta depoimento à polícia brasileira. Fonte: Aventuras na História

Enquanto estava no Partido Comunista da URSS, Olga ficou encarregada de acompanhar Luiz Carlos Prestes de volta ao Brasil de forma segura. A ordem veio da Internacional Comunista, grupo responsável por difundir os ideais comunistas pelo mundo. Vale lembrar que Luiz Prestes ficou conhecido no Brasil por conta da do movimento revolucionário da Coluna Prestes. O movimento visava a retira do presidente Getúlio Vargas do poder.

Olga Benário Prestes no Brasil

O treinamento que Olga recebeu dentro da URSS foi de grande ajuda para a missão que havia recebido. Isso porque, Olga planejou a viagem que levaria Luiz Prestes ao Brasil sem que deixasse rastros. Assim, conseguiu documentos falsos e fingiu ser esposa de Prestes para que pudessem sair do país em segurança.

Em síntese, a URSS só recrutou Olga para a missão de proteger Prestes porque o país possuía o interesse em revolucionar a política brasileira para a esquerda. Assim, teriam Prestes como o principal aliado na revolução por meio da Aliança Nacional Libertadora (ANL), além do Partido Comunista do Brasil (PCB).

Olga Benário Prestes, quem foi? História, vida na política e como terminou
Carta que Olga Benario escreveu para Luiz Carlos Prestes em 4 de abril de 1936. Fonte: The intercept

A faxada da lua de mel entre Olga e Prestes acabou se tornando real. Isso porque, os dois que fingiam estarem casados acabaram se apaixonando durante a viagem para o Brasil. Assim, já em terras brasileiras, Prestes organizou a Intentona Comunista, em 1935, com o intuito de tirar Getúlio Varas do poder. O movimento foi responsável por mobilizar diversas pessoas nas cidades de Natal, Recife e Rio de Janeiro.

Olga Benário Prestes, quem foi? História, vida na política e como terminou
Documento utilizado por Olga e Luiz Prestes. Fonte: Twitter

Por consequência, durante o movimento, Olga foi presa e questionada insistentemente sobre os atos comunistas do Brasil. Entretanto, no momento da prisão a jovem alemã anunciou que estava esperando um filho de Luiz Carlos Prestes. Como Olga não entregaria informações sobre o comunismo no Brasil, Getúlio Vargas acabou a mandando de volta para a Alemanha.

Os campos de concentração e a morte de Olga Benário

Olga chegou na Alemanha no dia 23 de setembro de 1936. A situação naquele momento não era das melhores. Isso porque, naquele ano, os campos de concentração já estavam funcionando com o intuito de exterminar todos os judeus. Por consequência, além de comunista, Olga também era judia. Assim, recebida pela polícia secreta alemã, a Gestapo, Olga logo foi para a prisão.

Olga Benário Prestes, quem foi? História, vida na política e como terminou
Campo de concentração de Bernburg, onde Olga foi presa. Fonte: memoires croisees

Como estava grávida, Olga pediu para que sua filha, Anita Leocádia Prestes, fosse entregue à familiares após o nascimento. Dessa forma, após forte pressão contra o governo alemão, os nazistas cederam ao pedido. Em seguida, a filha de Olga foi entregue à mão de Luiz Carlos Prestes, Leocádia Prestes.

Por fim, após passar por diversos campos de concentração e ter sido obrigada a trabalhar contra a própria vontade, Olga foi mandada para Bernburg. Assim, no dia 23 de abril de 1942, Olga Benário Prestes foi morta na câmara de gás do campo de concentração. Sua família, por outro lado, apenas soube de sua morte quando a Segunda Guerra Mundial chegou ao fim, em 1945.

O que achou da matéria? Se gostou, corre e confere quem foi Maria BonitaCleópatra

Fontes: História do Mundo, Brasil Escola e Nexo Jornal

Fonte imagem destaque: YouTube

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.