Primeira Revolução Industrial: resumo, o que foi e características

A Primeira Revolução Industrial foi o início do processo de comercio mecanizado. Descubra sua origem, efeitos e características.

Primeira Revolução Industrial: resumo, o que foi e características

A Primeira Revolução Industrial foi um dos principais marcos revolucionários da história da humanidade. Caracterizada pela evolução comercial e tecnológica da Europa, durou entre 1760 e meados de 1850.

Sendo assim, com o aumento das exporta√ß√Ķes,¬†o financiamento do progresso t√©cnico e a instala√ß√£o de ind√ļstrias foi poss√≠vel e originou o in√≠cio do processo industrial.

Resumo sobre a Primeira Revolução Industrial

  • A Primeira Revolu√ß√£o Industrial ocorreu na Inglaterra no s√©culo XVIII.
  • Foi caracterizada pela transi√ß√£o da manufatura para a produ√ß√£o em larga escala por meio de m√°quinas.
  • As principais inven√ß√Ķes desse per√≠odo foram a m√°quina a vapor, a fiandeira mec√Ęnica, a m√°quina de tear mec√Ęnico e a m√°quina de beneficiamento de algod√£o.
  • A produ√ß√£o em larga escala permitiu a redu√ß√£o de custos e o aumento da produtividade, resultando em um aumento da produ√ß√£o e do com√©rcio.
  • Houve um aumento significativo da urbaniza√ß√£o, com pessoas migrando do campo para as cidades em busca de emprego nas f√°bricas.
  • As condi√ß√Ķes de trabalho eram ruins e muitas vezes perigosas, com longas horas de trabalho e baixos sal√°rios.
  • A Primeira Revolu√ß√£o Industrial transformou a economia global, levando a um aumento significativo da produ√ß√£o e da riqueza em muitos pa√≠ses.

Leia tamb√©m: Capitalismo Industrial ‚Äď o que √©, hist√≥ria, conceitos b√°sicos e caracter√≠stica

Quais foram as características da Primeira Revolução Industrial?

Dessa forma, ela¬†foi um per√≠odo de transforma√ß√£o econ√īmica e social com diversas caracter√≠sticas, como:

Mecanização da produção

A Primeira Revolu√ß√£o Industrial foi marcada sobretudo pela substitui√ß√£o do trabalho manual pela utiliza√ß√£o de m√°quinas nas f√°bricas. Inven√ß√Ķes como a m√°quina a vapor, a fiandeira mec√Ęnica e o tear mec√Ęnico, por exemplo, permitiram uma produ√ß√£o em larga escala e com maior efici√™ncia.

Aumento da produtividade

Com a utilização de máquinas, foi possível aumentar significativamente a produtividade das fábricas e reduzir os custos de produção.

Urbanização

Do mesmo modo, a necessidade de trabalhadores para as fábricas levou ao aumento da urbanização. As pessoas migraram das áreas rurais para as cidades em busca de trabalho.

Novas formas de organização do trabalho

As fábricas exigiam uma nova forma de organização do trabalho. Assim, surgiu o trabalho em turnos, com uma divisão mais rígida de tarefas e o controle do tempo de produção.

Expansão do comércio

A produção em larga escala permitiu a exportação de produtos para outros países e, sobretudo, a criação de novos mercados.

Condi√ß√Ķes de trabalho ruins

Apesar dos avan√ßos na produ√ß√£o, as condi√ß√Ķes de trabalho nas f√°bricas eram ruins, com longas horas de trabalho, baixos sal√°rios e riscos √† sa√ļde.

Como foi o início da Revolução Industrial?

Assim, o início da Revolução Industrial foi um processo gradual. Isso, por sua vez, só foi possível devido a diversos fatores que contribuíram para o aumento da velocidade de produção.

Revolução Agrícola

Um aumento na produtividade agrícola levou a uma maior disponibilidade de alimentos e reduziu a dependência do trabalho no campo. Isso, portanto, liberou mão de obra para outras atividades.

Investimentos em infraestrutura

A Inglaterra investiu em infraestrutura, como estradas, canais e portos, que facilitaram o transporte de mercadorias e matérias-primas.

Disponibilidade de recursos naturais

A Inglaterra tinha uma abund√Ęncia de carv√£o mineral e min√©rio de ferro, que eram essenciais para a produ√ß√£o de ferro e a√ßo, e tamb√©m tinha acesso a mat√©rias-primas vindas de suas col√īnias.

Inova√ß√Ķes tecnol√≥gicas

Surgiram inven√ß√Ķes importantes, como a m√°quina a vapor de James Watt, que permitiu a mecaniza√ß√£o da produ√ß√£o e a cria√ß√£o de novas ind√ļstrias.

Consequentemente, isso acarretou na aumenta da demanda dos produtos.

Assim, com a mecanização da produção, a eficiência aumentou, os custos caíram e a produtividade cresceu, levando a um aumento na produção, no comércio e na urbanização.

Principais consequências e efeitos sociais

Embora a Revolu√ß√£o Industrial tenha trazido muitos avan√ßos tecnol√≥gicos e econ√īmicos, ela tamb√©m teve efeitos negativos na sociedade e na economia, especialmente nas condi√ß√Ķes de trabalho e na desigualdade social.

Suas consequências Рpositivas e negativas Рforam:

Urbanização

A Revolução Industrial levou ao crescimento das cidades, à medida que as pessoas migraram das áreas rurais para as áreas urbanas em busca de trabalho nas fábricas. As cidades se expandiram rapidamente e enfrentaram desafios como o aumento da pobreza, doenças e moradia precária.

Crescimento da classe média

O progresso criou novas oportunidades de trabalho e riqueza, levando ao surgimento de uma nova classe m√©dia. Essa classe, formada principalmente por empres√°rios, comerciantes e profissionais liberais, desempenhou um papel importante no desenvolvimento econ√īmico e pol√≠tico da √©poca.

Condi√ß√Ķes de trabalho prec√°rias

Apesar dos avan√ßos na produ√ß√£o, as condi√ß√Ķes de trabalho nas f√°bricas eram frequentemente ruins, com longas horas de trabalho, baixos sal√°rios e falta de seguran√ßa no trabalho.

Movimentos oper√°rios

como resultado das m√°s condi√ß√Ķes de trabalho, surgiram movimentos oper√°rios para lutar pelos direitos dos trabalhadores. O movimento oper√°rio pressionou por melhorias nas condi√ß√Ķes de trabalho e sal√°rios mais justos.

Mudanças na família

A Revolu√ß√£o Industrial mudou a din√Ęmica familiar, j√° que muitos trabalhadores migraram para as cidades em busca de emprego, deixando suas fam√≠lias para tr√°s. As mulheres e as crian√ßas tamb√©m passaram a trabalhar nas f√°bricas, o que afetou as rela√ß√Ķes familiares e a din√Ęmica social.

Expansão do comércio internacional:

O processo permitiu a produ√ß√£o em larga escala e a cria√ß√£o de novas ind√ļstrias, levando ao aumento do com√©rcio internacional e ao surgimento de novos mercados.

Fonte: Toda Matéria

Escolhidas para você

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado.