Geografia

Litosfera, o que é? Definição, principais características e placas tectônicas

A litosfera é classificada como a camada mais externa da Terra, formada principalmente por rochas sedimentares, além de variados minerais.

Atualizado em 15/05/2020

Você sabia que a Terra é dividida em camadas e que cada camada possui características específicas? Pois bem, as divisões da Terra servem para classificar as atividades que cada parte desenvolve. Com isso, as camadas possuem temperaturas e estruturas físicas diferenciadas. Uma dessas camadas é a litosfera.

Classificada como a camada mais superficial, a litosfera é sólida e se localiza na parte mais externa da Terna. Além disso, sua formação é baseada em solo e rochas que se dividem em placas tectônicas. Por com disso, a camada da Terra é conhecida como uma casca que envolve o Planeta.

Por apresentar divisões, como as placas tectônicas, a litosfera não é uma camada estável. Ou seja, por conta de diversos fatores externos – classificados como exógenos – e internos – denominados de endógenos – a camada mais externa da Terra passa, constantemente, por transformações.

Características da Litosfera

Em síntese, o termo litosfera é uma palavra de origem grega. Neste caso, lithos significa pedra, rocha; e sphaira representa a esfera. A denominação faz referência às demais camadas da Terra, sendo a hidrosfera, a atmosfera e a biosfera. Por conta das outras camadas que formam a estrutura do Planeta, a litosfera sofre algumas alterações.

Com isso, a camada mais sólida da Terra é classificada, também, como a mais fina. Assim, é como se fosse uma “casca” que envolve o mundo. Pra se ter uma ideia da espessura, a profundidade pode variar entre 5 e 100 km. Em porcentagem, esse valor corresponde à, aproximadamente, 2,4% do raio de toda a esfera terrestre.

Litosfera, o que é? Definição, principais características e placas tectônicas
Estrutura interna da Terra

As camadas da Terra são divididas com base no estado físico. A astenosfera, por exemplo, é uma camada localizada abaixo da litosfera que apresenta temperaturas elevadas. No caso da litosfera, as temperaturas são moderadas, já que a superfície se encontra mais distante do núcleo terrestre.

Dessa maneira, a formação da casca terrestre é composta por rochas e minerais. Por conta das temperaturas menos elevadas, a camada consegue se manter sólida e rígida. Com isso, quando nos referimos à formação do solo, vale ressaltar que a composição é feita em decorrência da decomposição das rochas e do processo de sedimentação desses materiais.

Elementos internos e externos

A camada mais sólida da Terra está em constante transformação. Assim, apesar de não apresentar grande profundidade, diversos fatores contribuem para que essa camada mude sempre de aspecto. Esses fatores são denominados de exógenos e endógenos.

Litosfera, o que é? Definição, principais características e placas tectônicas
Rio Colorado (EUA) – exemplo da atuação dos agentes exógenos modificadores do relevo

Os elementos exógenos, ou externos, são classificados como as transformações causadas pelos ventos, águas, Sol e os serves vivos. Os elementos externos, dessa forma, proporcionam a ocorrência de fenômenos como a sedimentação, erosão e o intemperismo. Já os elementos endógenos, ou internos, são as transformações causadas pelas atividades vulcânicas e o tectonismo.

Litosfera e as placas tectônicas

A estrutura da litosfera, como já citado, é composta por rochas e minerais. Dessa forma, os minerais mais comuns na camada sólida da Terra são o silício, alumínio e magnésio. Mas isso não é tudo! As pedras preciosas, por exemplo, também são encontradas entre os minerais da litosfera.

Agora, as rochas que fazem parte da estrutura da litosfera são divididas em três tipos: ígneas, metamórficas e sedimentares. As rochas ígneas, também chamadas de magnéticas, são formadas a partir do esfriamento do magma. Já as rochas metamórficas e sedimentares são formadas por meio de ações físicas e químicas.

Litosfera, o que é? Definição, principais características e placas tectônicas
As placas tectônicas formam os oceanos e montanhas, vulcões e terremotos.

Por conta da formação rochosa, a litosfera passa por constantes transformações. Isso porque, as rochas não estão postas de forma contínua devido à pressões e fenômenos que ocorrem no interior do Planeta. Assim, a estrutura rochosa dessa camada é formada por rupturas e rachaduras denominadas de placas tectônicas.

É por meio da movimentação das placas tectônicas que o relevo se constitui. Além disso, os agentes internos de transformação (elementos endógenos), como terremotos e vulcanismo, influenciam na modificação dessas placas que se movimentam. O ciclo das rochas, por exemplo, é possível devido às transformações rochosas da litosfera.

Litosfera x Crosta terrestre

De forma geral, a litosfera é responsável por envolver a crosta terrestre. Além disso, compreende também a camada classificada como a mais superficial e resfriada. Porém, existe uma denominação que diferencia a crosta da litosfera. Neste caso, estamos falando da classificação estrutural do Planeta.

Ou seja, o termo crosta terrestre entra na divisão conceitual da Terra que apresenta três níveis: a crosta, o manto e o núcleo. Agora, a denominação litosfera se refere à divisão terrestre que classifica o Planeta em: litosfera – ou seja, a crosta, astenosfera – representa o manto superior; mesosfera – referente ao manto inferior; e a endosfera – núcleo interno.

Litosfera, o que é? Definição, principais características e placas tectônicas
Beduka

Com isso, a diferença entre as camadas representa, apenas, nomeação distinta referente aos conceitos aplicados nas divisões da Terra. Por fim, é importante entender as características que compõem a litosfera, já que é nessa camada que as atividades humanas são exercidas.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também como ocorre o Ciclo do Oxigênio e o que é Fissão Nuclear.

Fontes: Brasil Escola, Brasil Escola, Toda Matéria e Educação Globo 

Imagens: Estudo Prático, Menosais, Professor Marciano Dantas, Mdig e Beduka

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.