Biografia

Homero, quem foi? História de vida e obras do mais antigo poeta grego

Homero é considerado o primeiro poeta grego da antiguidade. Escreveu obras importantes e reconhecidas, como Ilíada e Odisseia.

Atualizado em 05/10/2020

Provavelmente, você já deve ter visto, ou até mesmo lido, algo sobre as obras Ilíada e Odisseia. Essas obras, consideradas como os primeiros poemas gregos, foram escritas por Homero, poeta grego considerado o fundador da poesia épica. Suas obras, inclusive, mascaram a história da poesia.

Apesar de Homero ter escrito as duas obras que dão início ao poema épico, pouco se sabe sobre sua vida. Alguns historiadores acreditam que o poeta nunca tenha existido e que, na verdade, sua figura teria sido criada para explicar as obras escritas naquele tempo.

Entretanto, também acredita-se que Homero tenha sido um viajante curioso, que estava sempre contando poemas épicos e histórias. As histórias que mais contava estavam relacionadas à Guerra de Troia. As obras escritas pelo poeta grego, inclusive, narram a Guerra e as aventuras do herói Ulisses após os conflitos.

História de vida

Apesar dos gregos da antiguidade não saberem quase nada a respeito de Homero, alguns testemunhos possibilitam deduzir como foi a história de vida do primeiro poeta grego.

Acredita-se que Homero tenha nascido, em 850 a.C., em algum lugar da Jônia, antiga cidade-Estado da Grécia Antiga, atual Turquia. Ou seja, o poeta viveu, mais ou menos, entre os séculos IX e VIII a.C.

Ainda muito novo, teria ficado órfão de pai e mãe. A partir disso, teria vivido momentos extremamente difíceis e de muita pobreza.

Porém, as dificuldades da vida não o desanimaram. Ainda jovem, aprendeu música e história e começou a lecionar na escola em que estudou quando criança. Em seguida, Homero teria deixado a vida de mestre para se tornar viajante.

Homero, quem foi? História de vida e escrita do mais antigo poeta grego
Primeiro poeta grego, Homero.

Nesse sentido, o viajante poeta teria ido à ilha de Ítaca, cenário que compõe uma de suas obras, Odisseia. Na ilha, o poeta grego reuniu informações e características para escrever, mais tarde, a obra de grande sucesso. Acredita-se, ainda que, quando estava na ilha, uma doença acometeu seus olhos e Homero acabou cego.

Grande parte das teorias sobre a vida do poeta afirmam que as obras Ilíada e Odisseia só foram escritas após 400 anos do fim da Guerra de Troia. Ou seja, por volta do século IX a.C. Assim, para escrever de forma tão vívida cada detalhe, o poeta grego viajou e conversou com diversas pessoas daquela época, que ainda mantinham a Guerra viva por meio das palavras.

Dessa forma, de acordo com estudiosos, as obras escritas pelo poeta grego foram elaboradas em dois momentos. Primeiro, Homero teria escrito Ilíada durante a juventude. Em seguida, já na velhice, o poeta teria escrito Odisseia, como forma de complementar a primeira obra e ampliar a perspectiva que tinha sobre a Guerra.

As obras do poeta grego

Como o primeiro poeta grego, Homero escreveu diversas obras. Porém, as que mais se destacaram foram Ilíada e Odisseia como já dissemos. Isso se explica porque, em ambas as obras, o poeta desenvolveu o estilo literário conhecido como poema épico. Além disso, os escritos possuem personagens complexos e muito completos, além de vários aspectos da mitologia grega.

Em Ilíada, o poeta grego narra a história de Aquiles durante a Guerra de Troia. A obra é composta por 24 contos, formados por mais de 15 mil versos que contam, de forma minuciosa, as ações dos heróis gregos e troianos durante a Guerra. No poema épico, Aquiles se envolve em desavença com seu comandante, Agamêmnon.

Homero, quem foi? História de vida e escrita do mais antigo poeta grego
Placa com partes da obra de Homero, Odisseia, encontrada na Grécia.

Em síntese, o motivo do conflito teria sido Briseida, escrava troiana. O jovem Aquiles, então, decide não lutar contra os troianos. Porém, tudo muda quando seu melhor amigo, Pátroclo, é morto por um general troiano, conhecido como Heitor. A obra descreve de forma detalhada os conflitos, além de mostrar como eram os valores sociais daquela época.

Já, Odisseia, narra as aventuras de Ulisses antes de voltar a Ítaca, ilha grega. A história é composta por 24 cantos, sendo divididos em três partes. De forma geral, Ulisses enfrentou, por dez anos, diversos desafios, como lutar contra gigantes e monstros. Sua esposa, Penélope, passava por problemas enquanto pensava que seu marido estava morto. Por fim, Ulisses volta à ilha Ítaca e consegue recuperar o trono que havia perdido e sua esposa.

Colhendo frutos

Após a publicação das obras, Homero ficou conhecido na Grécia Antiga e no Ocidente como um todo. Naquela época, por volta do século VII a.C, trechos das obras do primeiro poeta grego já eram recitados e conhecidos como poemas homéricos.

Homero, quem foi? História de vida e escrita do mais antigo poeta grego
Odisseia de Homero

Após vários séculos, Luís Vaz de Camões escreveu uma obra chamada Os Lusíadas, nos moldes literários do poema épico. Em seguida, outro escritor, John Milton, já no século XIII, escreveu Paraíso Perdido. Ainda hoje, é possível ver a expressão “façanhas homéricas” sendo utilizada para se referir a grandes aventuras ou grandes feitos.

Enfim, o que achou da matéria? Se gostou, leia também o que significa Caipira e qual a História do Teatro no Brasil.

Fontes: Só História, Toda Matéria e Ebiografia

Imagens: Super Abril, LivrófagosVeja Abril e Brasil Escola

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.