História

Escrita – origem, história e desenvolvimento da escrita

A história da escrita está intimamente ligada à própria história da humanidade, tendo surgido nesse contexto diversas formas de grafar a fala.

Atualizado em 15/04/2019
Por Adriano Curado

A história da escrita começou com a forma de grafar denominada de cuneiforme, surgida na Mesopotâmia por volta de 3000 anos a.C.. Posteriormente, os egípcios desenvolveram tais símbolos e criaram os hieroglíficos, que utilizaram nos textos religiosos.

Também na China os hieroglíficos passaram a ser empregados, só que esse escrita é até hoje utilizada, com algumas alterações.

E foram os fenícios que chegaram à representação fonética, criando as consoantes. Depois os gregos acrescentaram as vogais e os símbolos chegaram à quantia de 22 sinais. Esse é o nosso atual alfabeto.

Pré-história, o período anterior

Você conhece a história da escrita? Saiba onde ela começou e evoluiu

O marco divisório entre a Pré-História e a História é justamente o surgimento da escrita. Sua definição é uma codificação de sinais gráficos que propicia registrar a linguagem falada.

Desde o tempo das cavernas o ser humano procura se expressar graficamente, embora ainda não fosse uma escrita propriamente dita. Não se seguia uma padronização dos desenhos, posto que cada um rabiscava o que desejava. Tais transcrições eram chamadas de pictogramas.

As pinturas rupestres eram representadas por símbolos, só que nem todos compreendiam seu significado. Provavelmente por essa razão, no transcorrer do tempo, eles foram abandonados pelos grupos.

A rudimentar escrita cuneiforme

Você conhece a história da escrita? Saiba onde ela começou e evoluiu

Não adiantava o registro feito na Pré-História, posto que poucos o compreendiam, ou quem sabe apenas seu autor. Só que a mensagem tinha que ser entendida por todos da comunidade, já que só assim a finalidade seria alcançada.

E foi nesse contexto que, aproximadamente no ano 3000 a.C., surgiu a primeira forma de se escrever: a cuneiforme. Seu aparecimento se deu entre os sumérios, na região da antiga Mesopotâmia, dando início à história da escrita.

Esse estilo se dá através de desenhos, por isso também chamada de pictográfica. É como os desenhos da Pré-História, só que aqui havia símbolos fixos, e não aleatório como antes. Era por volta de 2000 símbolos, grafados da direita para a esquerda.

Por 3000 anos a escrita cuneiforme foi usada por muitas tribos de diferentes línguas. Há representação sua na Síria, na Suméria, na Pérsia, entre tantas outras.

Só que paralelamente à disseminação escrita cuneiforme, uma outra forma de expressão gráfica surgia. Era chamada hieroglífica, como ocorreu no Egito e na China, iniciando outro capítulo da história da escrita.

Hieroglífica dos egípcios

Você conhece a história da escrita? Saiba onde ela começou e evoluiu

Não há consenso sobre o local e o tempo de surgimento da escrita egípcia. Mas se sabe que sua base está justamente na escrita cuneiforme.

Na escrita hieroglífica, entretanto, certos sinais passaram a ter uma representação fonográfica. Podia ser tão só uma letra, ou então palavras inteiras. Era uma escrita bem difícil, posto que utilizada nos templos para descrever cenas religiosas.

Embora a escrita hieroglífica seja a mais conhecida, o Egito teve outras. Houve a Hierática, empregada em texto literário ou jurídico. Ocorreu igualmente a Demótica, da mesma forma empregada no registro dos textos jurídicos.

A bela e complicada escrita chinesa

Você conhece a história da escrita? Saiba onde ela começou e evoluiu

Nessa história merece especial destaque também a escrita produzida na China. Ela surgiu por volta de 1200 a.C. e até hoje é utilizada com poucas alterações.

Não é uma língua fácil para um acidental aprender, posto que tem por volta de 50 mil caracteres. E há caracteres que representam apenas palavra, num contexto, ou um conceito inteiro em outro.

A representação fonética do alfabeto

Você conhece a história da escrita? Saiba onde ela começou e evoluiu

Foi na Fenícia que se percebe um salto na história do registro escrito da humanidade. Foi lá que surgiu a representação fonética. Eles sintetizaram tudo em 22 sinais, sendo que os gregos posteriormente acrescentaram vogais.

Com a evolução linguística, as letras se estabilizaram em número de 24 sinais. O português surgirá bem mais tarde, originando no sistema greco-romano.

Lei também sobre a arte rupestre: o que é, quando, onde e por quem foi feita.

Fonte: Sua Pesquisa, Toda Matéria, Sua Pesquisa, Wikipédia, Educação, Web Educação, Todo Estudo, Mundo Educação, E.B.C., Info Escola, Passei Web, Mini Web Educação.

Fonte das imagens: Publis History, Wikipédia, Estudo Prático, Nossa Gelaria de Artes, Estudo Prático, Wikipédia.

Próxima página »