Biologia

Partenogênese – O que é, conceito, tipos e características

A partenogênese, diz respeito ao crescimento e desenvolvimento de um embrião sem que ocorra a fertilização por reprodução assexuada.

Atualizado em 13/05/2020

Partenogênese é um tipo de reprodução assexuada que ocorre entre seres vivos específicos.  Neste caso, ocorre a troca de gametas, ou seja, células sexuais que não precisam de contato entre si. Não há fecundação quando acontece esse tipo de fecundação, portanto, o óvulo se desenvolve sozinho.

Parece menos incomum, mas não é, porque muito seres vivos se reproduzem dessa maneira. Animais como por exemplo abelhas, vespas, algumas espécie de peixeis, anfíbios ou até mesmo os répteis nascem assim. Em resumo, toda fecundação ocorre sem a necessidade de um macho.

Tipos de partogênese

Partenogênese - Conceito e tipos
Escorpião amarelo – Fonte: Gramho

Existem, portanto, três tipos de partenogêneses que são definidas da seguinte maneira: arrenótoca, isto é, os óvulos desenvolvem somente machos; telítoca, quando geram somente fêmeas; e, por fim, deuterótoca quando  se desenvolvem os dois gêneros, macho e fêmea.

Este fenômeno acontece em plantas, seres invertebrados, alguns vertebrados e é quase um instinto de sobrevivência. A reprodução assexuada é uma forma de alguns seres isolados manterem suas espécies. Encontrados normalmente em oceanos, a forma reprodutiva é uma contrapartida ao ambiente que se vive.

Partenogênese em abelhas

Partenogênese - Conceito e tipos
Fonte: Cola da web

O animal mais próximo que podemos ter de exemplo são as abelhas. É bem interessante esse processo, pois as fêmeas podem, ou não serem fecundadas pelos machos. Caso a fecundação não aconteça, esse óvulo gerado sobre a partenogênese dando origem a um macho.

Essa opção só é característico das abelhas rainhas, elas criam os ovos. É durante esse tempo que se sabe quando haverá uma fêmea, ou não. Os macho adultos são haploides, ou seja, que possui o conjunto completo de cromossomos, já as fêmeas são diploides, isto é, possui um conjunto duplo de cromossomos.

Curiosidade

A partenogênese pode ser manipulada, ou seja, a reprodução se dá de forma artificial. Feito em laboratório, há uma clivagem do gameta feminino, a clivagem é o desenvolvimento de um organismo multicelular. O mais legal é que isso pode ser feito a partir de outros seres vivos que não se reproduzem assexuadamente.

Partenogênese banana

Partenogênese - Conceito e tipos
Fonte: Escola educação

Curiosamente, a banana também sofre partenogênese por meio de suas raízes. Cada bananeira te a capacidade de criar ramos a partir de seus caules. Essa reprodução é feita na horizontal, ou seja, no subterrâneo e tem a velocidade muito maior do que se fosse feito por meio de sementes.

Sabe aqueles pontinho pretos que se encontra dentro da banana quando comemos? Então, esses pontos são óvulos não fecundados. Ai, portanto, tiramos uma base do quanto essa planta consegue se proliferar de forma independente, porque são muitas as possibilidades.

Além da reprodução, o fruto pode amadurecer muito rapidamente, diferente de outras frutas que levam bastante tempo no processo. Isso ocorre, porque há uma quantidade grande de hormônios liberados em formas de gás. O interessante é que se colocarmos um cacho de banana verde junto a um amadurecido, o verde irá acelerar o seu processo e ficar maduro mais rapidamente.

 

Por fim, leia também sobre a Meiose – O que é, fases, características e sub-divisões

Fonte: Mundo educaçãoToda matéria, Infoescola, Escola educação. Brasil Escola, Alunos Online.

Imagem de destaque: Grupo escolar