Geografia

Núcleo da Terra, o que é? Definição, formação e camadas terrestres

Núcleo da Terra é uma das três camadas terrestres, sendo a parte mais quente do Planta, com 6000 ° C e 2.900 quilômetros de profundidade.

Atualizado em 06/06/2020

A composição estrutural da Terra é formada por três camadas distintas, a crosta terrestre, o manto e o núcleo. Cada camada apresenta características específicas, sendo a temperatura o principal diferencial, além de compostos químicos. Isso porque, quanto mais próximo do núcleo da Terra, maior é a temperatura.

Por conta disso, os seres humanos nunca chegaram até o núcleo terrestre. Porém, todos os estudos registrados sobre essa camada da Terra são possíveis por meio da sismologia. Neste caso, os geofísicos são responsáveis por analisar e estudar a estrutura interna do Planeta.

Nesse sentido, as camadas são estudas através de ondas sísmicas que a estrutura terrestre emite. O núcleo terrestre, por exemplo, é divido em duas partes, o núcleo externo e  interno. Além disso, sabe-se que as temperaturas externas podem chegar a 5.000 ºC.

Mas afinal, como funcionam as divisões da Terra? Vamos entender!

Núcleo da Terra

A Terra é formada por três camadas diferentes: crosta, manto e núcleo. O núcleo terrestre apresenta a maior das temperaturas e está a 6.370 quilômetros de profundidade. Por conta da alta temperatura e da extrema profundidade, os seres humanos não conseguem chegar até o centro para promover estudos.

Núcleo da Terra, o que é? Definição, formação e camadas terrestres
Camadas que compõe a estrutura do Planeta Terra.

Entretanto, o conhecimento que se tem em relação as camadas terrestres é proporcionado pela sismologia. Assim, os geofísicos usam as ondas sísmicas para estudar e avaliar os movimentos e ações nas camadas terrestres. De acordo com esses estudos, é possível saber que o núcleo terrestre está dividido em duas partes: o núcleo externo e o núcleo interno.

Visto isso, o núcleo externo é formado por um líquido mais fluído do que o presente no manto, por exemplo. Possui temperaturas elevadas, que chegam a 3000 ºC. Além disso, possui extensão entre 2900 km e 5150 km. No geral, o líquido que compõe essa camada terrestre é o níquel e o ferro líquido.

Núcleo da Terra, o que é? Definição, formação e camadas terrestres
A temperatura do núcleo interno é equivalente à superfície do Sol.

Por outro lado, o núcleo interno apresenta temperaturas bem mais elevadas, chegando a 5000 °C. É, também, formado níquel, mas possui o ferro solidificado. Neste caso, o núcleo interno é sólido por conta da alta pressão no interior terrestre, estando a 6.370 quilômetros de profundidade.

Além do núcleo, as camadas terrestres são:

  • Crosta terrestre: é a camada mais externa da Terra, sendo formada por material rochoso e fino;
  • Manto: localiza-se logo abaixo da crosta, apresenta temperatura mais elevada, além de algumas propriedades sólidas.

O estudo da sismologia

Um dos estudos compreendidos pela sismologia está as ondas sísmicas propagadas pela crosta terrestre. Por meio desse estudo, os cientistas conseguiram, por exemplo, descobrir que o núcleo interno da Terra gira de maneira mais rápida em relação à rotação terrestre.

Isso ocorre porque o núcleo se encontra mecanicamente isolado. Dessa forma, por meio do princípio da inércia, o resto do Planeta apresenta movimentação diferente em relação ao núcleo. Para que os estudos sejam realizados, os geofísicos analisam as ondas sísmicas e a planetologia comparada.

Núcleo da Terra, o que é? Definição, formação e camadas terrestres
Representação de ondas sísmicas.

Assim, as ondas sísmicas são medidas por meio de sismógrafos, enquanto a planetologia comparada é o estudo relacionado a outros planetas. De acordo com novos estudos, descobriu-se que o núcleo terrestre está liberando um material físico para o manto. O manto, neste caso, está recebendo o material físico do núcleo há milhões, mais especificamente, 2,5 bilhões de anos.

Você sabia?

O núcleo representa uma região composta por metal líquido, contendo corrente de materiais elétricos. O campo magnético da Terra, por exemplo, é formado por meio do núcleo externo. Neste caso, o campo magnético garante a vida no Planeta, já que barra atividades, como partículas solares, de atingirem a Terra.

Núcleo da Terra, o que é? Definição, formação e camadas terrestres
Pólos magnéticos da Terra.

O núcleo interno, por sua vez, é a parte mais quente e interna do Planeta. Assim, é formado por uma parte sólida e bastante densa de ferro e níquel. Seu tamanho se aproxima ao tamanho da Lua e, de acordo com pesquisas recentes, descobriu-se que a temperatura é a mesma da superfície do Sol.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que a Físcia Nuclear estuda e como se calcula Massa Atômica.

Fontes: Mundo Educação, Terra, Canal Tech e Toda Matéria 

Imagens: Gizmodo, Info Escola, Notícias UOL, Rusoares e Info Escola

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.