História

Cristianismo – Origem, história, crenças, símbolos, correntes e propagação

Com aproximadamente 2,1 bilhões de fiéis pelo mundo, o cristianismo é uma das maiores religiões desde o Império Romano, onde tudo começou

Atualizado em 07/11/2019

Há cerca de 2 mil anos nasceu o cristianismo, gerado do judaísmo, no Oriente Médio. Sendo uma religião monoteísta, tem como protagonista Jesus Cristo de Nazaré, em que acredita-se ser filho de Deus, em encarnação humana.

Mas do que se trata o cristianismo? De onde veio? Quem foi Jesus Cristo?

A princípio, precisamos ter em mente que o cristianismo se deu na mesma linguagem da religião judaica e helenista. Para completar, aliás, Jesus Cristo foi muito esperado pelos antigos cristãos, era uma promessa divina aguardada pelos hebreus. Além disso, ele possibilitaria a concretização da predestinação do povo de Israel, a de ser o povo que conectaria as pessoas com Deus.

O nascimento de Jesus Cristo, em Belém na Palestina, portanto, foi um marco que transformou os rumos da humanidade. Certamente, durante sua vida realizou inúmeros feitos e milagres, deixando ensinamentos por onde passava. Após se titular como o salvador do mundo, Jesus Cristo passou a ser uma ameaça para o Império Romano, sendo perseguido e morto crucificado.

Origem

Embora tenha sido crucificado, ao terceiro dia ressuscitou e fez sua história e ideias se propagarem por todo Oriente e Ocidente. Por meio, de apóstolos que foram ensinados e ficaram responsáveis por difundir a fé. Aqui nasce o cristianismo.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Jesus Cristo e seus apóstolos. Fonte: Reação Adventista

Entretanto, um dos principais apóstolos de Jesus Cristo, Pedro, foi castigado em Roma. Ademais, Pedro ficou responsável de cuidar da igreja cristã. Logo, com o passar do tempo, Roma se tornou referência para os cristãos, até ser sede da igreja católica, tendo o Vaticano.

No primeiro momento, os fiéis de Jesus realizavam as orações e rituais as escondidas, devido a proibição do Império Romano. Todavia, apenas em 313 d. C. que o imperador Édito de Milão declarou o fim das perseguições aos cristãos. Logo, no ano 392 o cristianismo se torna religião oficial de Roma.

Confira os principais ramos do Cristianismo:

1. Catolicismo Romano

Basicamente, é o ramo do catolicismo sediado em Roma, no Vaticano. Além disso, é dito apostólico, pois há os bispos que seguem as tradições dos antigos apóstolos de Jesus Cristo. Por isso, há a figura do papa, que é o líder máximo da igreja.

Aliás, foi o catolicismo apostólico romano que se disseminou por todo lado ocidental do mundo. Ele conta, inclusive, com inúmeros rituais diariamente.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Padres apostólicos. Fonte: Medium

2. Catolicismo Ortodoxo

Por outro lado, o cristianismo ortodoxo se difere do romano apenas em alguns rituais. Além disso, foi desenvolvido no Império Bizantino, tendo Constantinopla como uma espécie de sede.

Ademais, o catolicismo ortodoxo possui ideais ligados à piedade e uma postura menos intelectual, voltado para a vida autônoma dos fiéis.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Fonte: Youtube

3. Protestantismo

Basicamente, o cristianismo protestante foi gerado a partir da Reforma, no século 16. Foi a partir daqui que começaram a contestar os dogmas e rituais católicos. Alguns cristãos passaram a questionar as escrituras e as leis, criando outra vertente ao cristianismo.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Lutero contestando os dogmas cristãos. Fonte: André Assi

Principais crenças

Bíblia é o livro sagrado, dividido em duas grandes partes: Novo e Velho Testamento, que marcava antes da vinda de Jesus e depois de seu nascimento, respectivamente. Além disso, há a Santíssima Trindade, que formam um só Deus (pai, filho e espírito santo).

Ademais, os cristãos acreditam que após a morte há uma vida eterna, que será dividida de acordo com seu comportamento em terra. E por fim, se Jesus Cristo voltar marcará uma nova era para a humanidade.

Principais símbolos

1. Cruz

Encontra-se pendurada no pescoço de muitos fiéis, a cruz é um dos maiores símbolos cristãos. Pois, marca o onde aconteceu o evento mais marcante da história do cristianismo.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Fonte: Missão Atenas

2. Peixe

Utilizado com os cristãos primitivos, era uma espécie de código de identificação. Com isso, se você desenhasse uma meia lua na porta de sua casa e outra pessoa completasse, formando um peixe, era uma forma de reconhecer um cristão, na época em que eram perseguidos.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Fonte: Pinterest

3. Pão e Vinho

O pão e o vinho, basicamente, são consumidos durante os rituais cristãos. Assim como todo ser vivo precisa de alimento para sobreviver, o espírito também precisa ser nutrido. Ademais, o pão representa o corpo de Cristo e o vinho o sangue, alimentos da alma para os fiéis.

Cristianismo - história, crenças, símbolos e propogação
Fonte: Canção Nova

Gostou dessa matéria? Venha conhecer essa: Religiões – O que são, diferenças e quais as mais populares do mundo

Fontes: É realizações, Toda Matéria e Brasil Escola

Fonte da imagem: Estudo Prático