História

Tempo histórico – O que é, divisão da história e linha do tempo

O tempo histórico são os acontecimentos que marcam um povo, uma nação, ou as vezes a humanidade, fazendo parte do desenvolvimento humano.

Atualizado em 03/06/2020

O tempo histórico foi criado para datar os acontecimentos ocorridos na sociedade. O tempo em si é de suma importância para a humanidade e, não é de hoje, que os homens começaram a fazer essa contagem. As primeiras referências, portanto, para estabelece-lo surgiram da observação do natureza.

Em cada época, houve uma forma de marcar o tempo. Esta, sobretudo, é a matéria fundamental da história como, por exemplo, a sua importância para saber o período que se planta, ou que se colhe. São esses os fenômenos que nos levaram a usar o ano, a década, o século e o milênio.

Definição tempo histórico

A concepção de tempo histórico está relacionada, a princípio, com o inicio do mundo, porque ambos passaram a existir simultaneamente. Este termo foi definido por historiadores para dividir gerações e registrar melhor os acontecimentos e seus contextos.

Esse tempo, portanto, é bem diferente do que se diz respeito ao tempo cronológico. O referencial dos calendários é exato, diferente do tempo histórico que, apesar de efetuar a mesma função, registra de uma outra forma o tempo. Para os estudiosos é mais fácil contar a partir de acontecimentos de longo a curto prazo.

Por exemplo, tivemos uma divisão histórica importante datada a partir de várias pesquisas desenvolvidas por anos. O Período paleolítico, onde a humanidade começou a se desenvolver e viver em grupo, é um tempo história muito relevante para a memória do planeta.

 

Tempo histórico - O que é e a divisão da história
Fonte: Que conceito

O desenvolvimento político, cultural, a economia e tudo que é feito pelos homens geram um impacto e marcam a história do povo. Mesmo que a transição de um período histórico para outro aconteça muitas características do passado permanecem nos costumes das pessoas.

Tempo cronológico

O tempo cronológico é, basicamente, o nosso dia a dia. Aquele horário e dia que marcamos aquela reunião, a ida para a escola. Ou, ainda, o nascimento de alguma criança, a morte de uma parente querido. Algumas vezes esse tempo diário pode vir a chocar com um tempo histórico.

Divisão dos séculos

Para compreender as divisões na história é preciso ter em mente que há os séculos. Este, portanto, reuni uma quantidade de anos para sua formação. Por exemplo, o século I consiste na junção de acontecimentos ocorridos entre o ano 1 ao 100, o século II do 101 ao 200 e assim sucessivamente.

 

Divisão da história

Tempo histórico - O que é e a divisão da história
Fonte: Estudo prático

Pré-história

A pré-história, sobretudo, marca o período de fundação da escrita e é segmentada em dois tempos que são: a Idade da Pedra e a Idade dos Metais. Em ambos, aconteceram o surgimento do modo de viver em sociedade. A cultura nasce também junto a construção social.

A idade dos Metais, acima de tudo, compreende o domínio dos artesões na fabricação de objetos de metais, principalmente os instrumentos de guerra. Foi nesse tempo que as guerras por território começaram a surgir. Esses períodos são datados a 10000 anos a.C.

Idade antiga

A idade antiga é, no entanto, contata após o período anterior e o marco histórico de sua separação é o surgimento da escrita. Seu fim acontece, sobretudo, com a queda do Império Romano. O fator territorial e a distribuição dos povos é outro item que ajuda a registrar o tempo histórico.

A princípio, os orientais compreendiam os povos egípcios, fenícios, mesopotâmicos, hebreus e persas. O povo ocidental eram, basicamente, os gregos e os romanos. Como podemos notar, após a escrita, as regiões se agruparam de acordo com suas identidades culturais.

Idade média

Como o fim da Antiguidade parte da queda do Império Romano, o início da idade média, em contrapartida, nasce daí. Os reinos feudais com um soberano donos de grandes terras e vários trabalhadores súditos do sistemas dos feudos é o principal marco do tempo histórico que denomina a Alta Idade Média.

Esse tempo em específico só acaba com o surgimento de um sistema que vivemos até hoje, o capitalismo. A Baixa Idade Média é o fim do período feudal e ressalta o êxodo rural, a criação das cidades e do novo modo de produção.

Idade moderna

Com o capitalismo em alta, o comércio mercantil data, sobretudo, o período da idade moderna. Novas tecnologias, a expansão marítima, a descoberta de outros mundos, no entanto, são feitos importantes para essa época de grande avanços científicos.

Idade contemporânea

Por fim, a contemporaneidade parte da Revolução Industrial e pelas 1º e 2º Guerras Mundias. Várias reivindicações e lutas por independência trouxeram a caracterização desse tempo histórico. A America Latina se destaca na Idade Contemporânea.

Linha do tempo

Tempo histórico - O que é e a divisão da história
Fonte: Toda matéria

Outro fator importante que nos permite dividir a história em dois grandes períodos é o nascimento de Jesus Cristo. A Religião traz para nós um início, um meio e um fim. Esse modo de pensar o tempo é ocidental onde parte do nascimento do filho de Deus, o meio é o tempo que vivemos após duas morte e o fim data o seu retorno a terra.

Por fim, o a.C (antes de Cristo) e d.C (depois de Cristo) é recorrente nos livros históricos. Essa concepção de fim traz a humanidade a sensação de finitude, o que faz da existência humana mais dolorosa. Diferente dos animas que não tem essa consciência.

Gostou? Então venha conhecer 8 calendários diferentes usados pelo mundo.

Fontes: Toda Matéria, Brasil Escola, História do Mundo. Só História, Stoodi. Cola da Web.

Fontes imagens: Que conceito, Toda matériaMáquina de escritores, Estudo prático.