Biologia

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia

O sistema sensorial é composto pelos cinco sentidos do corpo: tato, visão, audição, paladar e olfato, sendo composto por células receptoras.

Atualizado em 24/04/2020

O corpo humano é formado por diversos sistemas compostos de células especializadas. Dessa forma, cada parte do corpo funciona de acordo estímulos provenientes do meio externo e interno. Dentre esses sistemas está o sistema sensorial, formado por células ou terminações nervosas espalhadas pelo corpo.

Ou seja, o sistema sensorial, além das terminações nervosas, é composto pelos órgãos dos sentidos. Neste caso, apesar de serem estruturados por tipos diferentes de células, possuem semelhanças quanto a funcionalidade. Assim, os órgãos dos sentidos são compostos pelos sentidos do olfato, paladar, tato, visão e audição.

Visto isso, para que o corpo receba os estímulos externos é necessário a presença de células sensoriais. Por conta disso, recebem o nome de exteroceptores. Além disso, são encontradas em diferentes partes da superfície externa do corpo. São, também, encontradas nos órgãos responsáveis pelos sentidos.

Sistema sensorial

O sistema sensorial, como já vimos, é formado por um conjunto de células que recebem estímulos do meio externos e interno. Quando o estímulo é interno ao corpo, as células específicas responsáveis pela captação são denominadas de propioceptores e interoceptores.

Neste caso, as células propioceptoras são encontradas nos músculos, tendões, juntas, cápsulas articulares e órgãos internos. Logo, quando recebem estímulos, são responsáveis por transmitir uma mensagem ao sistema nervoso sobre a posição dos membros do corpo.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
Partes do sistema sensorial. Fonte: Docsity

Enquanto isso, as células interoceptoras possuem como função perceber as condições internas apresentadas pelo organismo. Assim, estão localizadas nas vísceras e vasos. Dessa forma, o organismo recebe a informação do meio interno e, com isso, conseguimos sentir sede, fome, náuseas, prazer sexual, etc. Além disso, as células interoceptoras também informam sobre as pressões CO2 e O2 e pressão arterial.

Visto isso, o sistema sensorial é formado pelos órgãos dos sentidos responsáveis pelas sensações do corpo. Assim, é divido em tato, paladar, olfato, audição e visão. Cada parte é constituída por células sensoriais específicas, mas que se assemelham na funcionalidade.

Função do sistema sensorial

De forma simplificada, a principal função do sistema sensorial é captar as mensagens do meio externo – células exteroceptoras – e interno – células propioceptores e interoceptores, e transmitir as informações ao sistema nervoso central. A partir disso, o cérebro decodifica a mensagem traduzindo para os órgãos dos sentidos as sensações do corpo.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
Órgãos dos sentidos. Fonte: Sites Google

Assim, o sistema sensorial é importante em situações de perigo, por exemplo. Quando o corpo sente algum tipo de ameaça, instantaneamente ocorre a liberação de adrenalina. A substância, por sua vez, torna as ações do corpo mais rápidas, aumenta a pupila e deixa o corpo em alerta.

Além disso, é por conta da visão, do paladar e do olfato que conseguimos, por exemplo, distinguir substâncias perigosas e, assim, não ingerir. Sensações como felicidade, prazer, tristeza também são funções estabelecidas pelo sistema sensorial.

Fisiologia dos sistema sensorial

Como já vimos, o sistema sensorial é formado por diferentes órgãos dos sentidos. Apesar disso, desempenham função semelhante: perceber os estímulos internos e externos e levá-los ao sistema nervoso.

Vamos conhecer agora, especificamente, cada um dos sentidos que compõem esse sistema.

Audição

Conseguimos ouvir algo do meio externo por conta da captação de ondas sonoras. Assim, as ondas necessitam de um meio para se propagarem sendo, assim, denominadas de mecânicas. Em seguida, após a decodificação dos estímulos recebidos pelas células, podemos escutar ruídos e sons.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
A audição se relaciona à capacidade de percepção e compreensão dos sons. Fonte: Medel

Dessa forma, os ouvidos são os órgãos responsáveis pela audição. Além disso, possuem grande influência na questão do equilíbrio do corpo. As células presentes no ouvido são denominadas de mecanoceptores, responsáveis por captarem os estímulos mecânicos e transmiti-los aos sistema nervoso.

Logo, para que a audição ocorra, são necessários estruturas como:

  • ouvido (dividido em interno e externo);
  • pavilhão e labirinto;
  • canal auditivo;
  • nervo auditivo;
  • tímpano;
  • ossos como o martelo, estribo e a bigorna.

Visão

O órgão responsável pelo sentido da visão é o olho. Ou seja, nos olhos são encontradas células sensoriais que recebem estímulo por meio da luminosidade. Essas células são denominadas de fotoceptores e é por meio delas que a visão ocorre.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
A visão funciona através do processamento de dados recebidos pelo encéfalo. Fonte: Info Escola

Visto isso, as células fotoceptoras são encontradas na retina e podem ser classificadas como cone ou bastonete. Dessa forma, os cones são responsáveis pela distinção que fazemos entre as cores e os bastonetes são sensíveis a variações na luminosidade. Além da retina, a visão depende de estruturas como a pupila, o cristalino e o nervo óptico.

Tato

O órgão responsável pelo tato é a pele, maior órgão do corpo humano. Dessa forma, a pele é formada por diversos receptores e terminações nervosas que estão em constante diálogo com o sistema nervoso. Além disso, possuem corpúsculos de Pacini, caracterizado como mecanoceptor  responsável pela captação de estímulos mecânicos.

Visto isso, é por meio do tato que pessoas com algum tipo de deficiência, como a auditiva e a visual, conseguem perceber o meio externo. Além disso, é por meio do tato que percebemos sensações como o frio, calor, dor e outros tipos de sensações que mantêm o corpo vivo.

Paladar

O paladar é um sentido resultado das papilas gustativas. Ou seja, nas papilas estão presentes quimioceptoresque responsáveis por detectar a presença de substâncias químicas ingeridas ou do próprio organismo.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
O paladar é percebido de maneira diferente por cada indivíduo. Fonte: Diário do sudoeste

Dessa forma, as papilas gustativas possuem funções específicas para identificar os sabores azedo, salgado, doce e amargo. Além disso, a percepção dos sabores também é auxiliado pelo olfato.

Olfato

O sentido do olfato é proporcionado pelas narinas. Ou seja, é a região onde se localiza o epitélio olfativo caracterizado pela presença de milhares de células olfativas. Dessa forma, as células olfativas são responsáveis por captar moléculas que estão dissolvidas no ar.

Sistema Sensorial, o que é? Definição, principais funções e fisiologia
O olfato é responsável por decodificar os estímulos físicos e os estímulos químicos do ambiente externo. Fonte: Info Escola

Visto isso, assim como ocorre no paladar, o olfato consegue identificar tipos de odores diferentes. Assim, são sete tipos principais, sendo: podre, azedo, menta, flores, cânfora, almíscar e éter.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que é Genoma e qual a função das Enzimas.

Fontes: Brasil Escola, Monografias Brasil Escola e Stoodi 

Fonte imagem destaque: Múltipla Escolha

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.