Tecnologia

IoT – O que é a Internet das Coisas e suas aplicações

Ao se tratar do assunto revolução tecnológica, é impossível deixar de lado o assunto Internet das Coisas, ou Internet of Things (IoT). Esse é um fenômeno bastante atual, e que continua a se desenvolver.

Atualizado em 08/02/2020

Ao se tratar do assunto revolução tecnológica, é impossível deixar de lado o assunto Internet das Coisas, ou Internet of Things (IoT). Esse é um fenômeno bastante atual, e que continua a se desenvolver.

Primordialmente, as possibilidades que o IoT oferece são inúmeras. Afinal, ele está mudando a forma como todos interagem com o mundo, e além disso, mudando também o modo como o próprio mundo interage com as pessoas.

Por isso, é mais que importante que todos estejam por dentro dessa grande revolução chamada, Internet das Coisas.

O que é IoT?

Basicamente, a Internet das Coisa é a maneira como os objetos físicos estão conectados. Sendo que, essa conexão permite a comunicação entre o objeto e o usuário, o que acontece através de sensores inteligentes e softwares que transmitem dados para uma rede.

Uma das analogias mais utilizadas é a do sistema nervoso. Pois, a conexão dos objetos funcionam como se fossem um grande sistema nervoso que possibilitasse a troca de informações entre dois ou mais pontos.

Entre as dúvidas mais recorrentes, a mais comum é: “Mas que coisas?”. A resposta é qualquer coisa. Pode ir de um relógio de pulso até uma geladeira. O objetivo da Internet das Coisas é que os objetos possa estabelecer uma conversa entre eles mesmo para nos proporcionar mais produtividade, informação, praticidade em geral e mais conforto.

Ademais, o principal objetivo é fazer com que coisas do cotidiano se tornem inteligentes, através de funções ampliadas por cruzamento de dados. Claro que, essa “conversa”, não acontecerá através de magia, mas sim através de interconectividade. Sendo que ela acontecerá com todos os dispositivos inteligentes que tiverem ao seu lado, ou próximo a você.

Segundo a revista Gartner, desde de 2017, existem mais objetos na internet do que as 7 bilhões de pessoas no mundo. E é estimado que agora em 2020, 12 bilhões de dispositivos estejam conectados à Iot, o que demonstra seu grande impacto e importância.

iot-internet-das-coisa
IOT Internet of Things – Fonte: Brasilminingsite

História do Iot

O surgimento do Iot se deu como consequência dos avanços de várias áreas. O seu conceito, foi fruto do trabalho desenvolvido pelo Laboratório de Auto-ID do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Sendo esse o uso da identificação por rádiofrequência (RFID) além de rede de sensores sem fio (RSSF). Inicialmente o objetivo do trabalho, era criar um sistema global responsável por registrar bes através do sistema de numeração único, o código eletrônico de produto.

O termo Iot foi criado em setembro de 1999. E seu nomeador foi Kevin Ashton. Ele é um pioneiro britânico que concebeu um sistema de sensores omnipresentes conectando o mundo físico à Internet.

Ademais, o primeiro dispositivo Iot foi desenvolvido por John Romkey e Simon Hackett. Isso aconteceu logo depois de um desafio lançado por Dan Lynch, até então presidente do INTEROP (Feira anual de tecnologia da informação). O desafio era, se ele conseguissem desenvolver uma torradeira que pudesse ser ligada através da internet, o aparelho seria colocado em uma exposição durante a INTEROP 1990.

Foi dito e certo, animados com o desafio, Romkey e Hackett desenvolveram uma torradeira conectada a um computador com rede TCP/IP. E como resultado disso, foi um sucesso no evento. Porém, ainda faltava desenvolver um dispositivo que pudesse colocar o pão na torradeira. Logo, essa dificuldade conseguiu ser superada um ano depois, adicionando um mini guindaste robótico ao protótipo. Esse guindaste, controlado pela Internet, pegava na fatia de pão, que metia dentro da torradeira, tornando o sistema totalmente automático.

iot-internet
IoT – Fonte: gpadrao

Aplicações de Iot

Limpeza do ar e da água

Existem várias cidade que sofrem com a poluição que estão buscando maneiras de melhorar a qualidade do ar e da água. A Drayson Tecnhnologies está distribuindo para os cidadão de Londres- cidade onde morrem 9 mil pessoas anualmente em função de problemas respiratórios, pequenos aparelhos que conseguem medir o nível de poluição do ar. Além disso, eles podem ser plugados em carros e bicicletas, podendo então circular junto com os veículos pela cidade.

Aliás, sua aplicação se dá pelo fato de que existem transmissores que transferem as informações para o aplicativo da empresa. Sendo então utilizado para mapear digitalmente a qualidade do ar em cada ponto da cidade.

iot-ar
O ar e Iot – Fonte: nhs

Agricultura mais eficaz

Ademais, um exemplo de Iot na agricultura acontece na Califórnia. Pois lá foi onde houve uma seca histórica onde vários agricultores foram prejudicados. Depois disso foram aplicados sensores de qualidade do solo. A fim de ajudar os produtores a identificar os melhores locais para plantar as novas safras.

iot-agricultura
Iot na agricultura – Fonte: voit

Menos desperdício de comida

Primeiramente, é de conhecimento de todos que a fome é uma realidade no mundo inteiro. Além disso, o desperdício também é um fato. Foi pensando nisso que empresas rurais começaram a implantar sensores que monitoram processos como irrigação, polinização e fertilização do solo. E depois disso, ainda fornecem ao fazendeiros relatórios que especificam como está cada uma das etapas.

Como resultado disso, a aplicação auxilia pequenos produtores a canalizar seus produtos rapidamente a distribuidores. Além de evitar também a perda ou o desperdício.

iot-alimentacao
Iot na alimentação – Fonte: Hubi40

Auxiliam na medicina

Ademais, em alguns países, os dispositivos vestíveis já estão sendo utilizados. Como consequência disso, eles conseguem medir os batimentos, o pulso e a pressão sanguínea dos pacientes. E durante todo o processo os médicos são informados. Além disso, esses dispositivos vão além dos hospitais, e podem ser utilizados também em casa.

iot-na-medicina
Iot na medicina – Fonte: telemedicinamorsch

 

Você curtiu conhecer mais sobre IoT? Pois então leia sobre a Nova tecnologia pode mudar completamente a vida dos tetraplégicos.

Fontes: Proof, Totvs

Fonte da imagem destaque: Abinc