História

Galileu Galilei, quem foi? Principais inventos e obras que o consagraram

Galileu Galilei é considerado o fundador da Ciência Moderna e o pai da Física e da Matemática. O relógio de pêndulo e o telescópio estão entre seus inventos

Atualizado em 06/08/2019

Galileu Galilei foi um astrônomo, físico e matemático italiano. Contudo, seu trabalho lhe permitiu ser considerado um marco da revolução científica nas áreas da física e da astronomia. Nascido em 15 de fevereiro de 1564, na cidade de Pisa, Itália, passou a maior parte de sua vida em sua cidade natal.

Galileo Galilei, nome em Italiano, foi estudar ainda com 10 anos de idade no Monastério de Santa Maria de Vallombrosa. Assim, suas atitudes enquanto estudante o tornou um aluno exemplar. Galileu Galilei então com seus 18 anos, e com o apoio do pai Vincenzo Galilei, iniciou o curso de medicina na Universidade de Pisa.

No entanto, de exemplar Galileu Galilei abandonou seu curso em 1585, para a frustração da família. Porém, esse foi o pontapé para os estudos em matemática clássica. Filho de Giulia Ammannati, Galileu teve cinco irmãos.

Interesse nato de Galileu Galilei pela revolução científica

Apesar de ter abandonado a medicina, o caráter estudioso de Galilei Galileu sempre existiu em sua vida. Desde cedo, o homem que ficou conhecido como o Fundador da Ciência Moderna e Pai da Física Matemática, esteve interessado nos fenômenos astronômicos e nos cálculos matemáticos.

Estudar valeu tão a pena, que além de se tornar um dos mais importantes cientistas do século XVI. Sendo assim, Galilei Galileu teve papel fundamental no desenvolvimento da mecânica (movimento dos corpos). Logo contribuiu também, com a descoberta dos planetas e os satélites.

Quem foi Galileu Galilei? Conheça as suas maravilhosas obras
Galileu Galilei

Entenda as descobertas de Galileu Galilei

Os estudos de Galilei Galileu o levaram a defensor do Heliocentrismo de Nicolau Copérnico. Dessa maneira, Galileu refutou as ideias antigas de Aristóteles, defensor do Geocentrismo, uma vez que acreditava que a terra não estava no centro do universo.

Apesar de ter tentado medir a velocidade da luz, seu equipamento falhou quando não foram capazes de fazer tal medição. Entretanto, Galilei teve uma importante publicação em 1589.

Seu texto discorda do teoria proposta por Aristóteles referente ao peso dos corpos em queda livre. Mesmo sem medir a luz, Galilei Galileu conseguiu demonstrar que a velocidade da queda independe do peso dos corpos.

O telescópio de Galilei Galileu

Para provar as suas escritas, Galilei Galileu precisou adquirir conhecimento de um instrumento que permite ver objetos à longas distâncias. Sendo assim, o Pai da Física Matemática construiu seu próprio telescópio o qual chamou de perspicillum.

Ao aperfeiçoar o equipamento, Galileu conseguiu ver um aumento de 30 vezes, nas suas imagens. Igualmente, o perspicillum permitiu fazer várias observações dos corpos celestes.

Quem foi Galileu Galilei? Conheça as suas maravilhosas obras
Telescópio de Galileu

Entre os primeiros feitos, Galilei Galileu identificou em suas descobertas astronômicas o relevo da Lua, se marcando como cientista moderno. Da mesma maneira, ele também descobriu a composição estelar da Via Láctea, os Satélites de Júpiter e as fases de Vênus.

Juntamente com o aparelho em mãos, o cientista descobriu quatro dos 69 satélites de Júpiter, os quais ganharam o nome de Luas de Galileu.

  • Io,
  • Calixto,
  • Ganímedes
  • Europa.

Em suma, Fundador da Ciência Moderna suas relevantes contribuições fizeram a criação do método científico. Sendo assim, até os dias de hoje suas teorias servem de apoio e inspiração às ideias dos novos cientistas.

Para se ter uma ideia, posteriores de Galilei Galileu, como Isaac Newton usaram os estudos de do pai da Física Matemática para iniciar as suas teorias.

Conheça as obras e invenções de Galileu Galilei

Além de tudo que já citamos, Galileu Galilei foi o responsável pela invenção de vários instrumentos, entre os quais:

  • o relógio de pêndulo,
  • o binóculo,
  • o telescópio astronômico,
  • a balança hidrostática,
  • o compasso geométrico,
  • e, uma régua calculadora.

Todas as suas invenções, auxiliam no aprofundamento de teorias sobre o movimento dos corpos, a inércia e os astros.

Já as principais obras de Galileu Galilei são:

  • De motu (1590)
  • As operações da bússola geométrica e militar (1604)
  • Sidereus Nuncius (1610)
  • O mensageiro das estrelas (1610)
  • Discurso sobre corpos na água (1612)
  • Diálogo sobre os dois principais sistemas mundiais (1632)
  • Duas novas ciências (1638)
  • La bilancetta (1644)

Durante os anos de 1500 e 1700, no auge da transição entre a crença religiosa e a razão científica, Galilei inventou um termômetro de água e uma espécie de relógio para medir a pulsação das pessoas denominado pulsillogium.

Morte de Galileu Galilei

No ano de 1588, Galileu Galilei foi indicado para ocupar a Cátedra de Matemática na Universidade de Pisa. Em seguida, foi nomeado professor na Universidade de Pádua, onde permaneceu por 18 anos.

Antes de chegar ao final de sua vida, o físico matemático viajou para Veneza, Roma e Florença buscando aprofundar seus estudos e divulgar suas ideias.

Até que o Tribunal da Santa Inquisição da Igreja Católica o considerou herege, o acusou e perseguiu, fazendo-o negar todas as suas teorias.

Ao ser condenado a passar o resto da sua vida em prisão domiciliar, Galileu Galilei morreu cego em 1642. Naquele mesmo ano, nasceu Isaac Newton.

Enfim, para efeito histórico, em 1992 a Igreja Católica por meio do Papa João Paulo II absolveu Galileu e reconheceu o erro grave da igreja ao condená-lo.

Fontes: Toda Materia, Brasil Escola, Infoescola.

Fontes de Imagens: Sabedoria e Cia, Ciência Nautas, Todo Estudo.

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/jornalistawiltonmatheusgmail-com/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Wilton Morais</a>
Por Wilton Morais
Jornalista, formado pela UFG. Atualmente está se especializando em Marketing e Inteligência Digital pelo IPOG. Já atuou em jornalismo impresso e radiofônico. Atualmente trabalha com Marketing de Conteúdo, com a produção de redação utilizando técnicas de SEO.