Geografia

Equinócio, o que é? Quando e onde acontece o fenômeno

O equinócio pode ser de primavera e outono, portanto, ocorre duas vezes no ano. Esse fenômeno está relacionado com o equilíbrio do dia e da noite.

Atualizado em 13/06/2020

O equinócio é um período do ano que marca a passagem do outono para a primavera. Em suma, neste período, é mantido um certo equilíbrio, porque ambos os hemisférios (norte e sul) recebem a mesma quantidade de luz solar. Outro importante fato, vinculado à etimologia da palavra, é que a noite e o dia tem durações iguais.

A Terra, durante este período, está posicionada perpendicular ao sol, em sua região intertropical. Este fenômeno, aliás, ocorre duas vezes por ano, nas próximo às datas de 21 de março e 23 de setembro. Portanto, temos o equinócio da primavera e o equinócio de outono.

O que é o equinócio

Equinócio - o que é, quando acontece
Calendarr

Equinócio é um fenômeno que ocorre na Terra, onde existe o equilíbrio da noite e do dia. Portanto, a incidência da luz solar é a mesma, devido à perpendicularidade do sol sobre o planeta. Com isso, a iluminação alcança, igualmente, os dois lados do hemisfério.

O equilíbrio acontece duas vezes ao ano, como dito acima, nos dias 21 de março e 23 de setembro. Essas datas marcam, sobretudo, a existência de duas formas de se acontecer, ou seja: equinócio de primavera e de outono.

Tipos de equinócio

Equinócio - o que é, quando acontece
Jornal do Tempo

Dentre as duas possibilidades de ocorrência do fenômeno, veja como são cada uma:

Equinócio de primavera

Esse tempo pode ser conhecido também pelo termo Ponto Vernal. Seu acontecimento é registrado no mês de setembro para o hemisfério sul, entre os dias 21 e 23 – podendo variar -, e no mês de maio, no hemisfério norte. Ambos os períodos datam o fim do inverno.

Equinócio de outono

Equinócio - o que é, quando acontece
Rádio Barriga Verde

No outono, ocorre o contrário da primavera, ou seja, nos dias 21 ou 23. Nesse período,  acontece o equinócio de outono no hemisfério norte. No dia 21 de março, enquanto é primavera do hemisfério sul, será equinócio de outono no hemisfério norte.

Durante esse períodos, por exemplo, nas regiões reladas do polo norte acontecem as auroras boreais. Muitas pessoas já se aventuraram nesse ambiente extremamente frio para presenciar o surgimento das variadas cores no céu.

Isso acontece porque é no equinócio de outono que, além das luzes solares, o sol também consegue emitir ventos, agitando as partículas existentes na atmosfera. Isso ocorre, sobretudo, quando há o contato entre o fenômeno e as ondas magnéticas presente nos polos.

Solstício de verão e inverno

Equinócio - o que é, quando acontece
Horta do Zorate

Já que o fenômeno anterior ao equinócio, ocorre o solstício, que está relacionado ao inverno e ao verão. Assim como o anterior, esse fenômeno também ocorre duas vezes ao ano. A inclinação da Terra, nesse período, é de 23,5 em relação ao seu eixo.

Isso significa, sobretudo, que há mais incidência solar na linha do Equador. No grua de inclinação, a região mais atingida é o Trópico de Capricórnio.

Os polos, por sua vez, não possuem o dia e a noite equilibrados. Portanto, o solstício faz com que nos extremos da Terra ocorra 24h de noite e 24h de dia.

Por fim, leia mais sobre Linha do Equador – O que é, origem, função, localização e relevância

Fontes: Significados 1, Significados 2, Toda Matéria 1, Toda Matéria 2, Toda Matéria 3, Educa Mais Brasil, Brasil Escola.

Fontes de imagens: Último Segundo, Calendarr, Rádio Barriga Verde, Jornal do Tempo, Horta do Zorate