Geografia

Inverno – O que é, características e funcionalidade em cada Hemisfério

O inverno é uma das quatros estações do ano e representa o período em que as temperaturas caem e ocorre noites mais longas e dias mais curtos.

Atualizado em 17/07/2020

O inverno é aquela estação do ano que tiramos dos armários as roupas mais quentinhas. Com início no fim do outono, o tempo frio traz baixas temperatura, chuvas e, em alguns lugares do mundo, nevadas.

Mas, você quer mesmo sentir os efeitos do inverno? É só se distanciar da linha do Equador, lá para os extremos do planeta. Nesses lugares, portanto, o clima pode atingir um patamar mortal, difícil de aguentar.

Então, quando se atinge maiores latitudes, o frio é mais intenso e o ar, bem mais complicado de respirar.

Significado de “inverno”

Inverno - Datas e características
Fonte: Brasileiras pelo mundo

O inverno surgiu devido à diferença de tempo de duração entre dia e noite em determinadas épocas do ano. Esse fenômeno, portanto, é chamado de solstício.

A palavra “inverno” veio do latim hibernum, que significa neutro, frio. Ela também pode ser associada ao comportamento de alguns animais que costumam “hibernar”.

Contudo, o solstício de inverno acontece em datas diferentes em cada hemisfério. No Sul, inicia no dia 21 de junho e vai até o dia 23 de setembro. Já no norte, se dá por volta do dia 22 dezembro, com duração até 21 de março. Cada lugar do globo se manifesta de forma diferente nesses períodos.

Características

Inverno - Datas e características
Fonte: Universo racionalista

Das 4 estações do ano, o inverno apresenta características bem específicas, como céu cinzento, ventos forte e frios e noites mais longas que os dias. Alguns países apresentam geadas, outros nevadas fortes.

Um curiosidade interessante sobre o clima é que pessoas que estão acostumadas a temperaturas mais altas, ou tropicais; que se deslocam para lugares muito frios e com menos incidência de sol, podem desenvolver depressão. Mas, não se engane, a depressão invernal não está relacionada ao frio, por assim dizer.

As pessoas submetidas as essas condições climáticas sofrem, na verdade, com a ausência do sol. Isso porque o calor dos raios solares geram substâncias que regulam as nossas rotinas do sono. Ou seja, com a falta da luminosidade, o sistema biológico fica confuso. Assim, a produtividade de hormônios que trazem a felicidade e o bem-estar, por exemplo, sofre uma queda considerável.

Inverno no Brasil

Se preparem, Brasil pode ter o inverno mais frio dos últimos anos

No Brasil, a manifestação da estação fria é bem mais sutil, dependendo da região. Mais acima na posição geográfica, no sul, as temperaturas costumam cair mais do que ao norte, pois estão mais próximas dos hemisférios. No centro-oeste, o inverno é perceptível, mas temos, além da friagem, um clima mais seco.

As regiões sul, sobretudo, já tiveram alguns recordes de temperaturas baixas, considerando a condição climática tropical do país. Em 2019, São Joaquim, em Santa Catarina, chegou a registrar -1,4ºC. As folhas, carros, casas ficaram cobertos de gelo.

Em conclusão, para quem está acostumado com o calor do Brasil, registrar momentos frios como estes é um ponto fora da curva. Por isso, o inverno também é um bom motivo para turistar e descobrir como é o frio de verdade.

A menor temperatura já vista em território nacional, aliás, foi em 1945, também em Santa Catarina. O recorde de -11ºC foi registrado na cidade de  Xanxerê.

Por fim, leia sobre as Nevascas – O que são, como se forma, onde acontecem e consequências.

Fonte: Brasil escola, Toda matéria, Infoescola, Mundo educação. G1, Terra, Educa Mais Brasil, Alunos Online,

Imagem de destaque: Estudo prático