Geografia

Diversidade cultural – o que é, por que acontece e influências no Brasil

A diversidade cultural nasceu das diferenças regionais entre as culturas de cada povo, só que atualmente está em perigo por conta da Globalização.

Atualizado em 18/06/2019

A diversidade cultural é a variedade das diferentes culturas que se desenvolveram pelo planeta no correr da história. Já a cultura é o aglomerado de tradições e costumes de um grupo, que passam de uma geração a outra.

Os elementos culturais que se destacam em um agrupamento de pessoas podem ser a linguagem, as crendices, além da arte. Mas podem abranger inclusive as manifestações folclóricas, os costumes enraizados e a culinária.

Infelizmente, a globalização trabalha incessantemente contra a diversidade cultural, posto que quer nivelar as culturas. Assim como a massificação de bens de consumo, também se procura extinguir as manifestações regionais.

A diversidade cultural como conceito

A diversidade cultural é o que diferencia um povo de outro, já que é indicador de sua identidade no contexto mundial. Ela sinaliza os aspectos diferenciadores de um agrupamento social específico. São variantes que se formam no transcorrer de muitos anos, posto que se entranham na natureza coletiva.

Compreenda a diversidade cultural e saiba o seu valor

As particularidades da diversidade cultural podem se manifestar de deferentes formas, cada qual de suma importância. Podem ser nuances da linguagem, aspectos da culinária, pontos singulares da religião, assim como características de expressão.

Mas há muito mais, como a culinária, os hábitos sociais, a organização da família, a linguagem corporal, além da política. O importante é saber destacar um determinado agrupamento de pessoas que moram num dado território.

Diversidade cultural x globalização

Compreenda a diversidade cultural e saiba o seu valor

Não faz muito o Brasil era um país interiorano, onde a maioria da população estava longe dos grandes centros urbanos. Naquela época, se espalhavam cadeiras nas calçadas e havia a troca de conceitos e experiências. Isso mantinha viva a tradição presente num dado local.

Com o êxodo para as metrópoles, entretanto, as pessoas se voltaram para si mesmas, perdendo essa afinidade social. É aí que entra a globalização, com seus produtos de massa, sua cultura planificada e seus conceitos pré-fabricados.

A televisão é, sem dúvida alguma, o principal propagador da cultura massificada, posto que está dentro do lar. Mas há outros veículos que igualmente espalham para os grandes grupos econômicos, a exemplo do cinema.

O Brasil é o país da diversidade

Por ser um país muito grande, o Brasil apresenta aspectos regionais bem delimitados, posto que rotula uma região. São detalhes na culinária, nos costumes, além de crendices e manifestações artísticas e culturais que intensificam a diversidade cultural.

Compreenda a diversidade cultural e saiba o seu valor

Na Região Norte merecem destaque, dentre tantos outras, a Festival de Parintins e a Festa do Círio de Nazaré. O primeiro é uma grande Festa Boi-bumbá, instituída em 1965 no Estado do Amazonas. Já a Festa do Círio de Nazaré é tida como uma simbólica manifestação religiosa brasileira, e ocorre em Belém, Pará. Já na alimentação é salutar citar o tucupi, além do tacacá.

Na Região Nordeste, não há como dissociar a imagem da lavagem da escadaria do Bonfim, em Salvador, na Bahia. Mas há também a Festa de Iemanjá, o Maracatu, a Ciranda, o Frevo, além do Terno de Zabumba. Na alimentação, acarajé, vatapá e tapioca.

O Centro-Oeste é a região das Cavalhadas, Congos, Congadas, Reinados e Juizados. Destaque para a Procissão do Fogaréu, na Cidade de Goiás. Na culinária tem destaque o arroz com pequi, a pamonha, o empadão goiano, além de angu e curau.

Na Região Sudeste há diversas festividades de cunho religioso, além da famosa Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. É necessário falar dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo. Na culinária temos o feijão-tropeiro, o arroz de carreteiro, o tutu de feijão e o pirão.

Compreenda a diversidade cultural e saiba o seu valor

Por fim, a Região Sul apresenta manifestações folclóricas ligadas aos imigrantes europeus que povoaram a região. Há a Festa da Cerveja chamada de Oktoberfest, além da bienal Festa da Uva que se dá em Caxias do Sul-RS. E também o fandango, dança de origem portuguesa, assim como a tirana e o anuo, de origem espanhola.

Leia também sobre o trabalho informal – suas causas, vantagens e desvantagens.

Fonte: Significados, Stoodi, Wikipédia, Só Geografia, Mundo Educação, Toda Matéria, Educação, Brasil Escola, Portal Educação.

Fonte das imagens: Nova Escola, Professor Claudinei, Poesias Preferidas, Agência Brasil, Guia de Caxias do Sul.