História

Cultura africana – o que é, como se manifesta e qual sua influência?

A cultura africana se espalhou pelo mundo com a prática da escravidão e mudou os conceitos e crenças de muitos povos, como ocorreu no Brasil Colonial.

Atualizado em 16/06/2019
Por Adriano Curado

A cultura africana é uma pluralidade de manifestações folclóricas e culturais envolvendo toda a África. O velho continente é uma mescla de crenças, ritmos, temperos e cores que o fazem peculiar.

Espalhada pelo mundo através do tráfico de escravos, acabou influenciando a cultura de muitas nações. Ela se mesclou, por exemplo, na dança, culinária e religião.

Grandes festas brasileiras, como o Carnaval e o Maracatu, têm suas bases em ritos africanos. Sua religião se misturou às crenças católicas e daí surgiram o Candomblé e a Umbanda.

Contexto Histórico

As evidências arqueológicas mostram ser a África o primeiro território que o ser humano habitou na Terra. Tantos milhares de anos de história, por óbvio, resultaram numa mistura formidável de povos. Surgiu daí uma combinação de muitos idiomas, religiões, organizações sociais, políticas e econômicas.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

Entre os séculos XV e XVI, iniciou-se o tráfico de escravos da África, posto que o território foi conquistado por europeus. Com isso houve a disseminação da cultura africana pelos tantos países mundo afora onde esses escravos foram utilizados.

De colonização portuguesa, o Brasil foi uma colônia de exploração para onde foram enviados milhares de africanos. E eles acabaram influenciando o idioma português, a culinária, festas tradicionais etc.

No século XIX, através da Conferência de Berlim (1884-1885), a África foi partilhada entre as nações mais industrializadas. Essa divisão durou até o final da Segunda Guerra Mundial, quando os países obtiveram sua independência.

Após muitas guerras, golpes e genocídios, a África vai se estabilizando politicamente. Soma hoje mais de cinquenta países, com a população de aproximadamente um bilhão de habitantes.

A dança é uma expressão corporal

A dança africana se caracteriza pelos movimentos corporais enérgicos dos quadris, pernas e ombros. E com o tráfico de escravos, esse meneio de corpo se espalhou pelas regiões para onde foram enviados.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

Cuba mesclou a intensa música do colonizador espanhol, com o movimento sensual dos corpos africanos. E foi assim que surgiram a salsa e a rumba, duas danças bem ativas e peculiares.

No Brasil, uma mistura do batuque com a polca, assim como o maxixe, deu origem ao samba. Da África também vieram várias danças dos Estados Unidos, qual o sapateado, charleston, funk, como também o moderno hip hop.

A história numa roda de capoeira

A capoeira é uma grande expressão da cultura afro-brasileira, posto que mistura ginga, dança e música. Ela veio dos escravos africanos que por aqui aportaram e que, para disfarçar as lutas, acrescentaram a dança. Hoje é equivocado dizer que se luta capoeira, já que o correto é jogar.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

Famosa no mundo todo, a capoeira é uma cultura africana que só cresce e atrai pessoas de diferentes nações. O jogo transcorre ao ritmo de tambor, berimbau e palmas, enquanto se canta as músicas tradicionais das apresentações.

Embora hoje seja uma manifestação disputada, principalmente na Bahia e no Rio de Janeiro, nem sempre foi assim. Tal qual o samba, a capoeira foi perseguida pela polícia, e jogá-la era sinônimo de bandidagem e vagabundagem. Somente mais recentemente esse estigma foi superado.

A miscigenação religiosa

A África sempre foi um continente de muitos credos, rituais, deuses, sacerdotes e magos. Com a tráfico negreiro, essas crendices se fundiram a elementos de outras religiões.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

No Brasil, há o Candomblé, que tem suas bases no culto aos Orixás, além da Umbanda, um misto de elementos africanos, Espiritismo e Catolicismo.

O Vodu é uma religião da qual participam pessoas de Cuba, Haiti, República Dominicana, além do Estado americano da Louisiana. Na Jamaica se praticam: Obeah, em que se cultuam os ancestrais africanos, bem como Kumina, uma mistura de religião, música e dança do Congo.

A culinária africana

A culinária também pode ser inserida dentro da cultura africana, principalmente no que se refere a temperos. De lá vieram, por exemplo, o hábito de temperar comida com pimenta, azeite de dendê e leite de coco.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

O feijão-preto, tão apreciado nas senzalas, foi servido nos banquetes da casa grande em saborosas feijoadas. As baianas atualmente são famosas mundialmente por servirem acarajé, vatapá e caruru.

Os Estados Unidos também sofreram forte influência gastronômica africana, posto que ali se criou a expressão sool foods. Os alimentos da alma, na tradução, são comidas influenciadas pela culinária africana.

A cultura africana celebrada em muitas festas

O Carnaval é uma festa que no Brasil se baseia nas tradições africanas, posto que recheado o samba e a marcha. O Maracatu de Pernambuco mescla as culturas dos africanos, indígenas e europeias, que originaram uma apresentação colorida.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

Tem igualmente o Bumba-meu-boi, encenação que lembra uma lenda da África a respeito da morte e ressurreição de um boi. A Festa de Iemanjá, de caráter religioso, deposita nas águas oferendas para a Rainha do Mar.

Também na América do Norte há diversos festivais sobre a cultura negra, além de manifestações que vão da dança ao cinema. E podemos citar como exemplos: o Black Dance, em Saint Louis, assim como o Afro Punk Fest, em Nova York.

Leia também sobre os Jesuítas – quem eram, o que faziam e sua atuação no Brasil e no mundo.

Fonte: Wikipédia, Culinária, Culinária no Mundo, Cidadania e Cultura, Afreaka, Cultura Afro-brasileira, Educação, Geledés.

Fonte das imagens: Catraca Live, Guasca, História Afro Brasileira, Wanderlust, Candomblés, Printerest, Informativo.

Próxima página »