Língua Portuguesa

Viagem ou viajem – Significados, diferenças de uso e exemplos

Viagem e viajem fazem parte do grupos das palavras homófonas. Ou seja, palavras que possuem a mesma pronúncia, mas se diferem na escrita.

Atualizado em 19/03/2020

A língua portuguesa engloba diversas palavras que são idênticas na pronúncia. Porém, na escrita, são diferentes. Além disso, são utilizadas em momentos específicos. Nesse sentido, essas palavras recebem a denominação de homófonas, ou seja, possuem a mesma pronúncia, mas com significado diferente como no caso de viagem e viajem.

Em síntese, as duas palavras existem e estão corretas. Entretanto, são utilizadas em situações diferentes. Isso porque, viagem é um substantivo, enquanto viajem é o verbo viajar na forma conjugada. Dessa maneira, as duas formas de escrita podem causar confusão.

Visto isso, ee você tem dúvida de como e quando utilizar essas duas palavras homófonas, não se preocupe. Vamos explicar tudinho sobre elas.

Diferença entre viagem e viajem

Bom, viagem com é um substantivo que se remete à deslocamento, jornada, movimentação, transporte e etc. Assim, caso você queira se referir à algum desses sinônimos o correto é utilizar a palavra viagem. Dessa forma, veja alguns exemplos:

  • Espero que você faça uma viagem muito tranquila.
  • Eu queria uma viagem para a Europa.
  • Boa viagem!
Viagem ou viajem - Significados, diferenças de uso e exemplos
Exemplo prático. Fonte: Abacusliquid

Agora, se o intuito é se referir ao deslocamento de um lugar para o outro, visitar países, cidades ou outros lugares, o correto é utilizar a palavra viajem. Nesse sentido, é a forma conjugada do verbo viajar na 3ª pessoa do plural. Além disso, a conjugação se remete ao presente do subjuntivo. Logo, pode ocorrer também a conjugação na 3ª pessoa do plural no tempo imperativo. Logo, observe os exemplo:

  • O dia está nublado, então, acho melhor que viajem amanhã.
  • Foi determinado que eles viajem muito depois do carnaval.
  • Espero que vocês viajem rápido!

Sem confusão

Em síntese, viagem e viajem existem na língua portuguesa por serem classificadas em diferentes grupos. Ou seja, viagem é um substantivo terminado em -gem. Assim, todo substantivo que possui terminação -gem, – igem, -ugem devem, obrigatoriamente, ser escritos com g. Sendo assim, observe outros exemplos de substantivos com essas terminações:

  • viagem;
  • passagem;
  • imagem;
  • origem;

Enquanto isso, viajem é a forma conjugada do verbo viajar. Dessa forma, os verbos terminados em -jar são escritos com j. Assim, no caso de viajar, temos uma junção do substantivo viagem com o sufixo verbal -ar. Portanto, viajar pode ser conjugado tanto no presente do subjuntivo quanto no imperativo. Dessa forma, observe a conjugação do verbo viajar:

Presente do subjuntivo:

  • (Que eu) viaje
  • (Que tu) viajes
  • (Que ele) viaje
  • (Que nós) viajemos
  • (Que vós) viajeis
  • (Que eles) viajem

Imperativo:

  • (Eu) —
  • (Tu) viaja
  • (Ele) viaje
  • (Nós) viajemos
  • (Vós) viajai
  • (Eles) viajem

O que achou da matéria? Com exemplos ficou bem fácil de entender, não é? Se gosta do tema, corre pra conferir a diferença entre Haver e a ver e Onde e aonde.

Fontes: Dúvidas de Português, Brasil Escola, Português e Toda Matéria

Fonte imagem destaque: Esse mundo é nosso

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.