Física & Química

Sódio, o que é? Características, malefícios, compostos e derivados

O sódio é um elemento químico de símbolo Na, de número atômico 11, massa atômica 23 u. É um metal alcalino, sólido na temperatura ambiente, macio, untuoso, de coloração branca.

Atualizado em 04/05/2020

Sódio! Vamos desvendar o que é esse elemento químico e quais características encontramos nessa composição?

Todos, em algum momento da vida, com certeza, já ouviram falar de Sódio. Esse componente é um mineral presente em quase todas as refeições diárias. Localizado no 3º período da tabela periódica, cerca de 90% desse componente circula em nossa corrente sanguínea.

Seu símbolo na tabela é representado pela sigla Na e pode ser encontrado em 3 formatos. Cloreto de Sódio, o famoso sal de cozinha; Iodeto de sódio, e Nitrato de sódio.

O sódio, aliás, pode ser encontrado na maioria dos alimentos industrializados, principalmente nos temperos prontos e comidas desidratadas, como Sazon, caldo Knor e o bom e velho macarrão instantâneo.

Sobretudo, o composto é também conhecido como um metal alcalino do grupo 1, o que o torna extremamente fácil de ser dissolvido em água. Além disso, ele possui um nível elevado de combustão. Ou seja, é bom guarda-lo em locais com temperatura ambiente.

Outra curiosidade é que este elemento é encontrado na natureza em locais que nem imaginávamos. Por exemplo, no sol e nas estrelas.

Características

Sódio - características, malefícios, compostos e derivados
Carbonato de sódio – Fonte: Mercado livre

Mas, como chegaram à essa estrutura branquinha que conhecemos? Aos 28 anos de idade, em 1807, Humphry Davy se dedicou a isolar a o metal e provar que este mineral está presente em quase toda a natureza. Depois da descoberta, portanto, o químico nomeou o elemento como Sódio, palavra vinda do latim, natrium, muito usada no Egito.

Outra curiosidade referente a este mineral está na fabricação de objetos em que ele é usado como ingrediente. O vidro, o detergente, a lâmpada dos postes na porta da sua casa, por exemplo, têm o Na em sua composição. Além disso, o extintor de incêndio dentro do seu carro, os medicamentos contra azias e má digestão possuem sódio, mas nada supera a abundância do elemento em alimentos processados.

Malefícios do sódio

Sódio - características, malefícios, compostos e derivados
Fonte: Revista Glamour

Como tudo em excesso é prejudicial, o sódio também tem suas prescrições básicas no uso. A hipertensão atinge 24,7% da população e o consumo fora do normal do sal pode piorar bastante seu quadro. Ou seja, 1 a cada 3 pessoas, geralmente adultas, conta com essa doença.

Para evitar esse tipo de problema, afinal, o mais indicado é ingerir alimentos naturais e menos alimentos processados. E, sobretudo, reduzir a quantidade de sal nos alimentos preparados em casa.

Por isso se diz tanto para evitar aquela comidinha rápida, pronta em 3 minutos. Esse tipo de comida e o excesso do uso do sal de cozinha são os maiores vilões contra sua saúde.

O alto teor de sódio nos alimentos também pode provocar inúmeras outras complicações, como problemas cardíacos, renais e retenção de líquido (inchaço).

Mas, no geral, seu uso adequado é um aliado poderoso para o corpo humano. Ele evita, sobretudo, o cansaço, faz bem para a musculatura, e normaliza o seus batimentos cardíacos. Vômitos e diarreias também são tratadas com a reposição do sódio no tão usado soro.

Aliás, a quantidade indicada no uso diário é de 2 a 5 gramas ao dia, sendo 3 de sal e 2 de alimentos naturais.

Por fim, leia também sobre a Luz – O que é, conceito, características, fontes e natureza

Fonte: Infoescola, Brasil escola, TVCH, Tabela Periódica.org, Ministério da Saúde, Minha VidaNutrienda

Imagem de destaque: Depositphotos