História

Platão, quem foi? Vida, ideias, obras de um dos principais filósofos gregos

Filósofo e pensador ateniense, Platão foi autor de textos que discutiam política, justiça, razão e busca pelo conhecimento verdadeiro.

Atualizado em 16/12/2019

Platão um foi filósofo da Grécia Antiga e um dos principais pensadores de sua época. Discípulo de Sócrates e professor de Aristóteles. Também foi autor de diversas obras que transmitiam busca pela razão e verdade. Além disso deixou textos sobre seu mestre, e outros filósofos como Heráclito, Parmenides e Pitágoras.

Sua posição filosófica poderia ser descrita como racionalista. Pois seu discurso partia do raciocínio pautado pela lógica, de onde se obtém conclusões. Dessa forma, Platão também carregava uma dualidade. O realismo relacionado à existência universal e o idealismo que busca a verdadeira realidade acessada pela razão.

Essas ideias não foram completamente desenvolvidas por ele. Contudo, serviram de base para apresentar o “Realismo Platônico”, que consiste em diferenciar o conhecimento sensível (baseado nos sentidos humanos) do conhecimento inteligível (racionalidade).

Anúncio

Esse conceito, inclusive, é ilustrado no Mito da Caverna. Este, basicamente, fala sobre a opção de buscar conhecimento ou viver acorrentado ao senso comum.

Platão - biografia, ideias e obras de um dos principais filósofos gregos
Fonte: Quinquilharia.

Seus textos, portanto, tratam de diversos assuntos da vida cotidiana, seja ela privada ou pública. Platão trazia temas como política, religião, justiça e ao mesmo tempo natureza humana, amor e até sexualidade. Por ter sido bastante consciente de como a filosofia deveria ser concebida, ele tinha a filosofia como um sistema rigoroso de análise para tudo.

Biografia

Nascido em Atenas no ano 428 a.C., o nome do filósofo, na verdade, era Arístocles. Filho de família que tinha muitos bens e influência na Grécia, ele podia dedicar seu tempo aos estudos de Filosofia.

Mas, não era só na arte de pensar que ele era bom. Certamente, foi excelente atleta, tanto que participou dos Jogos Olímpicos como lutador. Inclusive, foi graças a seu corpo forte que, na juventude, que ganhou o apelido de Platão, que significa “costas largas”.

Platão - biografia, ideias e obras de um dos principais filósofos gregos
Fonte: Twitter.

Sua preparação física o permitiu lutar na Guerra do Peloponeso entre 409 a.C. e 404 a.C.. Com a vitória de Esparta, a democracia ateniense caiu e foi imposta uma tirania oligárquica conhecida como a Tirania dos 30. E o que ele queria mesmo era entrar para política.

Então, bem cedo começou a ser ensinado por Sócrates. Dessa forma, aprendeu a discutir problemas da sociedade, de conhecimento do mundo e das características humanas. Mas a morte de seu mestre culminou em uma desilusão com a política. Sendo assim, Platão começou a se dedicar à filosofia e escrita, desenvolvendo várias obras com diálogos que teve com Sócrates.

Platão - biografia, ideias e obras de um dos principais filósofos gregos
Fonte: Liceu Filosofia.

Contudo, se opunha à democracia ateniense e, por isso, foi embora da Grécia. Visitando outros países, Platão se dedicou à matemática e astronomia, teve contato com os discípulos de Pitágoras e passou a desenvolver suas próprias teorias. Posteriormente, em 388 a.C., retornou para casa e fundou sua escola filosófica: Academia de Atenas.

Ele fez desse espaço um lugar tranquilo, com templos e uma extensa área verde, mas que também efervescessem discussões políticas, bem como filosofia, ciências, matemática e geometria. Mesmo após sua morte, em 348 a.C., a Academia continuou funcionando e espalhando o Platonismo.

Platão - biografia, ideias e obras de um dos principais filósofos gregos
Fonte: Wikipédia.

Principais ideias

  • A Dialética é uma técnica de síntese de um pensamento baseada em duas ideias opostas.
  • O Idealismo Platônico diz que o que conhecemos pelos nossos órgãos de sentido são apenas ilusões. Enquanto o conhecimento da verdade está no Mundo das Ideias. Ou seja, só pode ser alcançado por meio do intelecto e da razão, muitas vezes sendo inatingível. Daí a ideia de “amor platônico” que não se concretiza e é sempre ideal.
  • A Política de Platão está baseada em três tipos de caráter que moldam as pessoas. O caráter concupiscível é das pessoas mais ligadas a trabalhos artesanais e manuais. O caráter irascível existe nas pessoas com impulsos de raiva e aptas a serviços militares. Enquanto o caráter racional dá às pessoas que o possuem a capacidade de governar e liderar. Dessa forma, cada um deles estabelece o lugar e cargo dentro da sociedade.
Platão - biografia, ideias e obras de um dos principais filósofos gregos
Fonte: Acervo Filosófico.

Obras de Platão

  • Apologia de Sócrates: narração dos últimos momentos da vida de Sócrates, quando foi acusado de corromper a juventude ateniense e condenado à morte.
  • A República: coletânea de 10 livros que mostram teses sobre a política e justiça, enquanto conceito puro, eterno e imutável.
  • Láques, ou Da coragem: este livro muda a concepção de heroísmo e passa a utilizar uma conotação de ação moral e justa.
  • Hípias menor: diálogo em que são tratadas as noções de verdade, mentira e justiça.
  • Hípias maior: exposição das concepções de Platão sobre o belo e as artes.
  • Górgias: livro que fala sobre a Retórica, tomando como interlocutores principais Sócrates e o sofista Górgias.
  • Fédon: diálogo que expõe as noções de alma, reencarnação e à constituição metafísica do homem.
  • O Banquete: nesse livro, Platão fala sobre o bem e o amor ideal.

Bem legal conhecer mais sobre esse filósofo, não é? Se você curtiu, aproveita e vem conferir também sobre René Descartes – quem foi, ideias, obras e como impactou a Filosofia.

Fontes: Mundo Educação, Toda Matéria e Info Escola.

Imagem de destaque: Namu.