Física & Química

Ondulatória – O que é, características, principais tipos e classificação

Ondulatória é a parte da Física destinada a compreender as características e propriedades das ondas, eletromagnéticas ou mecânicas.

Atualizado em 22/05/2020

Você já ouviu falar sobre o termo ondulatória? A denominação está presente na Física e representa a área responsável pelo estudo das características e propriedades das ondas. Neste caso, as ondas podem ser classificadas levando em consideração a natureza, o tipo de vibração e a direção da propagação.

A onda é produzida por meio de uma fonte. Ou seja, fonte é a denominação de qualquer meio que produza a movimentação para ondulatória. Com isso, são formadas por meio de perturbações que oscilam denominadas de pulso. As perturbações, neste caso, precisam de um espaço para que possam se propagar.

Além disso, para que haja a oscilação, os pulsos recebem estímulos das fontes e, assim, as ondas são originadas. Ou seja, as ondas podem transportar energia, mas não transportar a matéria em si. Exemplo disso são as ondas sonoras do trovão. Isso porque, conseguimos ouvir o barulho do trovão, mas a matéria produzida não chega até os ouvidos.

Características da ondulatória

A ondulatória estuda as perturbações que se propagam em um meio, ou seja, as ondas. Neste sentido, são classificadas de acordo com algumas especificações, como o comprimento, a frequência, amplitude e velocidade. Para entender as classificações, é necessário levar em consideração dois conceitos: crista e vale.

Ondulatória - O que é, características, principais tipos e classificação
Exemplo de movimentação de uma onda eletromagnética.

A crista representa o ponto mais alto da onda, enquanto o vale é a parte mais baixa. Com isso, o comprimento de onda se refere ao tamanho, ou seja, a distância entre duas cristas da onda.

Além disso, o tamanho também pode ser medido comparando a distância entre os vales. Para que a equação seja feita, utiliza-se a letra grega lambda (Λ).

Já a amplitude é a relação entre a crista e o vale. Ou seja, para se calcular a amplitude de uma onda, é necessário medir a distância da parte mais alta em relação à parte mais baixa. Enquanto isso, a velocidade está relacionada ao tempo que a onda leva para se propagar no meio.

Ondulatória - O que é, características, principais tipos e classificação
Equação referente a frequência e o período de tempo de uma onda.

Outra característica da onda, é a frequência e o período. Neste caso, o período representa o tempo (T) que uma onda leva para completar um ciclo. Já a frequência (f), representa um período da onda divido pela unidade de tempo presente na propagação. A frequência e o período são representados pela seguinte fórmula: f = 1/t. 

Tipos de ondas

As ondas são divididas em dois grupos: as ondas mecânicas e as eletromagnéticas. As primeiras, são aquelas que necessitam de algo, ou algum material, para se propagar.

Já as ondas eletromagnéticas não necessitam de um meio para se propagar. Ou seja, não necessitam de um material.

Neste caso, as ondas eletromagnéticas podem se propagar com o auxílio de outros meios, como raio-x, sinais de rádio, etc. As ondas do mar, ondas sonoras, etc, são exemplos de ondas mecânicas.

Além disso, existem as ondas de matéria. Neste sentido, são ondas que apresentam elétrons, prótons e demais partículas na propagação. Geralmente, são utilizadas em laboratórios.

Ondulatória - O que é, características, principais tipos e classificação
Tipos de onda e seus respectivos comprimentos.

Em relação à vibração, as ondas podem ser classificadas como transversais e longitudinais. As transversais são aquelas que se propagam com vibração referente ao ângulo de 90º, como ocorre com as ondas do eletromagnetismo  e as ondas das cordas.

Já as ondas longitudinais possuem as vibrações de direção no mesmo sentido do movimento. Esse tipo de acontecimento é frequente com as ondas sonoras. Além disso, as ondas podem se propagar em diferentes meios, como os lineares, limitados, uniformes e isotrópicos.

Direção das ondas

Além da classificação em relação à vibração, as ondas também podem ser divididas de acordo com a propagação. Ou seja, quando as ondas seguem uma mesma direção são denominadas de ondas unidimensionais.

Ondulatória - O que é, características, principais tipos e classificação
Tipo de onda bidimensional.

Agora, quando a onda se propaga em duas direções de um mesmo plano é denominada de onda bidimensional. Exemplo disso são as ondas formadas na superfície de um lago, ou quando um objeto cai sobre a água causando movimentação.

Há ainda um terceiro tipo, quando as ondas conseguem se propagar em diversas direções diferentes. Neste caso, são denominadas de ondas tridimensionais. Exemplo disso são as ondas sonoras presentes em metais ou na atmosfera.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também é o que é Partícula e como se caracteriza a Fusão Nuclear.

Fontes: Guia do Estudante, Educa Mais Brasil, Mundo Educação e Info Escola 

Imagens: Educacional Plenus, Guerra Eletrônica e Descomplica

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.