Física & Química

Funções Inorgânicas, quais são? Definição, classificação e nomenclatura

As funções inorgânicas são classificadas como aquelas que possuem compostos inorgânicos formados por elementos químicos, exceto o carbono.

Atualizado em 08/04/2020

Na química orgânica existem diversas substâncias que são classificadas de acordo com os compostos químicos que possuem. Assim, os grupos são divididos em funções inorgânicas e funções orgânicas. Logo, as funções inorgânicas são classificadas como aquelas que possuem compostos inorgânicos. Além disso, apresentam características semelhantes em sua composição.

Em síntese, as funções inorgânicas são formadas por quase todos os elementos químicos, exceto o átomo de carbono. Isso porque, o carbono é característica das funções orgânicas. Assim, dentre as principais funções que são inorgânicas temos os ácidos, as bases, sais e os óxidos.

Dessa forma, os compostos inorgânicos apresentam dois ou mais elementos químicos em sua estrutura. Além disso, a composição desses elementos é feita por meio de ligações iônicas ou covalentes. Ou seja, são funções que conseguem formam íons.

Funções Inorgânicas

As principais funções inorgânicas são divididas no grupos dos ácidos, bases, sais e óxidos. Os grupos foram divididos de acordo com a composição química que apresentam, além da interação que possuem com a água.

Funções Inorgânicas, quais são? Definição, classificação e nomenclatura
Mapa mental do que são as funções inorgânicas. Fonte: Pinterest

Visto isso, confira as características de cada grupo:

Ácidos

Nas ligações de um ácido existe covalência, ou seja, quando elétrons podem ser compartilhados. Além disso, os ácidos possuem a capacidade de perder ou ganhar elétrons para que íons sejam formados. Ou seja, possuem a capacidade de ionizar em água, além de formar cargas. Visto isso, conseguem liberar o  H+, sendo o único cátion da ligação.

Nesse sentido, os ácidos são classificados levando em consideração a quantidade de hidrogênio ionizado, ou seja, os hidrogênios que são liberados na água. Além disso, observa-se também como o composto reage em solução aquosa formando o íon hidrônio.

A partir do número de hidrogênios ionizáveis temos:

  • Monoácidos – possuem apenas um hidrogênio ionizável. Exemplos: HNO3, HCl e HCN;
  • Diácidos – possuem dois hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H2SO4, H2S e H2MnO4;
  • Triácidos – possuem três hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H3POe H3BO3;
  • Tetrácidos – possuem quatro hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H4P7O7
Funções Inorgânicas, quais são? Definição, classificação e nomenclatura
Os ácidos possuem o sabor azedo como característica. Fonte: Descomplica

Nomenclatura e característica dos ácidos

Em relação à nomenclatura, os ácidos são descritos pela fórmula geral HxA, em que A se refere ao ânion que compõe o ácido. A partir disso, a nomenclatura é definida a partir da terminação do ânion (eto, ato, ito) e da terminação do ácido (ídrico, ico, oso). Nesse sentido, os principais ácidos são: acido clorídrico (HCl), ácido sulfúrico (H2SO4), ácido acético (CH3COOH), ácido carbônico (H2CO3) e ácido nítrico (HNO3).

Além dos elétrons que que são compartilhados nas ligações dos ácidos, essa função possui algumas características que se assemelham. Logo, as funções inorgânicas do grupo dos ácidos possuem o sabor azedo, podem conduzir correntes elétricas, quando reagem com metais conseguem formar o gás hidrogênio. Além disso, podem mudar a cor específica dos indicadores ácido-base.

Bases

Em resumo, a principal classificação das bases é em decorrência do número de hidroxilas que são liberadas em solução. Além disso, o grupo das bases são formados por substâncias iônicas. A partir disso, são classificadas como:

  • Monobases – possuem apenas uma hidroxila. Exemplos: NaOH, KOH e NH4OH;
  • Dibases – possuem duas hidroxilas. Exemplos: Ca(OH)2, Fe(OH)e Mg(OH)2;
  • Tribases: possuem três hidroxilas. Exemplos: Al(OH)3 e Fe(OH)3;
  • Tetrabases – possuem quatro hidroxilas. Exemplos: Sn(OH)4 e Pb(OH)4.

Nesse sentido, a nomenclatura das bases são descritas levando em consideração o radical positivo presente na base, além da carga que corresponde ao número de hidroxilas. Visto isso, a carga da base pode ser definida como carga fixa ou variável. Ou seja, quando a carga for fiz a nomenclatura será o hidróxido de (lítio, magnésio, prata, zinco, alumínio) + nome do cátion.

Funções Inorgânicas, quais são? Definição, classificação e nomenclatura
Hidróxido de sódio (NaOH). Fonte: Descomplica

Dessa forma, os exemplos de bases mais comuns são: hidróxido de sódio (NaOH), hidróxido de magnésio (Mg(OH)2), hidróxido de amônio (NH4OH), hidróxido de alumínio (Al(OH)3) e hidróxido de cálcio (Ca(OH)2). São compostos bastante utilizados na produção de produtos de limpeza e em processos de indústrias químicas. Além disso, as principais características que definem as bases são:

  • Insolubilidade quando postas em água;
  • Bons condutores de corrente elétrica quando em solução aquosa;
  • São escorregadias;
  • Formam sal e água após a reagem com ácido;
  • Mudam a cor específica dos indicadores ácido-base.

Sais

Em síntese, os sais são resultados da reação de neutralização que ocorre entre um ácido e uma base. Nesse sentido, são compostos formados por íons que apresentam um cátion diferente de H+, além de um ânion deferente de OH. Dessa forma, os sais são classificados a partir da solubilidade que apresentam na água. A partir disso, ocorre alteração do pH. Visto isso, temos dois grupos:

  • Solúveis – nitratos, cloratos, acetados, cloretos, brometos, iodetos, sulfatos.
  • Insolúveis – sulfetos, carbonatos, fosfatos.

Portanto, em relação ao pH, são classificados como:

  • Sais neutros – não há alteração do pH quando dissolvidos em água. Exemplo:  NaCl.
  • Sais ácidos – o pH da solução, quando dissolvido em água, é alterado tendo como resultado valor menor que 7. Exemplo: NH4Cl.
  • Sais básicos – o pH da solução, quando dissolvido em água, é alterado tendo como resultado valor maior que 7. Exemplo:  CH3COONa.

Visto isso, os sais possuem características que se assemelham como a presença de íons em sua composição. Além disso, são sólidos, cristalinos, sofrem ebulição quando postos em altas temperaturas, são bons condutores de energia elétrica e tem sabor salgado. Logo, os principais sais são: nitrato de potássio (KNO3), hipoclorito de sódio (NaClO), fluoreto de sódio (NaF), carbonato de sódio (Na2CO3) e sulfato de cálcio (CaSO4).

Óxidos

Os óxidos são formados por dois elementos, além de serem compostos binários. Ou seja, podem ser iônicos ou moleculares. Dessa forma, em seus compostos há presença do átomo de oxigênio, considerado o elemento mais eletronegativo.

Em síntese, os principais óxidos são: óxido de cálcio (CaO), óxido de manganês (MnO2), óxido de estanho (SnO2), óxido de ferro III (Fe2O3) e óxido de alumínio (Al2CO3). Visto isso, a classificação dos óxidos ocorre de acordo com as ligações químicas ou em decorrência das propriedades.

Funções Inorgânicas, quais são? Definição, classificação e nomenclatura
Óxido de ferro. Fonte: Estudo Prático

Ou seja, de acordo com as ligações químicas os óxidos podem ser:

  • Iônicos – quando há combinação do átomo de oxigênio com metais. Exemplo: ZnO.
  • Moleculares – quando há combinação do oxigênio com elementos que são classificados como não metálicos. Exemplo: SO2.

Por fim, em relação às propriedades, os óxidos são classificados como:

  • Básicos – possuem o pH maior que 7 quando dissolvidos em água. Exemplo:  Li2O.
  • Ácidos – quando dissolvidos em água formam ácidos. Exemplo: CO2, SO3 e NO2.
  • Neutros – alguns óxidos que não reagem com água. Exemplo: CO.
  • Peróxidos – formam água oxigenada H2O2  em reação com água ou ácidos diluídos. Visto isso, um exemplo é: Na2O2.
  • Anfóteros – são classificados como ácidos e bases. Assim, possuem características dos dois grupos. Exemplo: ZnO.

Assim, dentre as características dos óxidos vale ressaltar que são substâncias binárias, além da ligação do oxigênio com de mais elementos químicos. Além disso, os óxidos podem ser metálicos ou não metálicos.

O que achou da matéria? Se gostou, corre pra conferir o que são Reações Químicas e como ocorre a Oxidação.

Fontes: Info Escola, Toda Matéria, Brasil Escola e Mundo Educação 

Fonte imagem destaque: Manual da Química

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.