História

Círio de Nazaré – História e características da maior festa religiosa do país

Círio de Nazaré é uma manifestação religiosa cristã em devoção à Nossa Senhora de Nazaré, que ocorre na capital Belém e em Macapá.

Atualizado em 23/01/2020

Celebrado no mês de outubro em Belém, capital do Pará, o Círio de Nazaré é uma das maiores festas religiosas do Brasil. Assim, é festejada por católicos devotos da Nossa Senhora de Nazaré que se espalham pelas ruas em procissão. A festa é comemorada todos os anos no país e, também, em Portugal, porém, no dia 8 de setembro.

Em síntese, a história de como as comemorações em devoção à Nossa Senhora de Nazaré começaram é interessante. Assim, de acordo com relatos, em 1700 havia um homem chamado Plácido. O tal homem encontrou a imagem da Virgem próximo a um igarapé – significa “caminho da canoa”. A imagem estava coberta por lama e lodo.

Em seguida, Plácido levou a imagem para casa e, no dia seguinte, ela havia sumido. Quando o homem retornou ao igarapé a imagem estava lá, como ele a encontrou. Por incrível que pareça, a cena se repetiu diversas vezes. Logo a notícia de que existia uma Virgem milagrosa se espalhou pelo vilarejo, chamando atenção de devotos.

Círio de Nazaré, tradição

As comemorações em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré começaram em 1793. No início, as celebrações ocorriam durante a noite. Por esta razão, era necessário o uso dos círios, que vem do latim e significa “vela grande”. No local onde Plácido encontrou a Virgem, foi construído a Basílica de Nazaré, em 1909.

Círio de Nazaré - História e características da maior festa religiosa do país
Berlinda, espécie de pequeno santuário onde é transportada a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Fonte: Portal Amazônia

Com diversas formas de celebrações e eventos, o Círio de Nazaré tem seu auge no segundo domingo de outubro. Isso porque, os fiéis começam com uma missa, às 6 horas da manhã. Em seguida, partindo da Catedral Metropolitana, os devotos seguem um caminho de cinco quilômetros até a Basílica de Nazaré. Um ponto interessante é que o evento costuma durar a manhã toda. Assim, o maior registro da comemoração foi de nove horas e quinze minutos, em 2004.

Durante a procissão até a Basílica de Nazaré, vários símbolos e representações religiosas são carregadas. Assim, é possível ver o manto que cobre a imagem da Virgem, além de um altar que a sustenta. Além disso, crianças fazem parte da procissão vestidas de anjo. Velas também são comuns durante as comemorações. Elas simbolizam as promessas pagas pelos fiéis, além de serem uma forma de agradecimento à Nossa Senhora.

Círio de Nazaré - História e características da maior festa religiosa do país
Todos os anos, a organização da festividade de Nazaré recebe uma corda nova que vai ser usada na procissão pelos promesseiros no Círio de Nazaré. Fonte: Rede Pará

Por fim, além da procissão que ocorre no segundo domingo de outubro, a Nossa Senhora fica exposta na Praça Santuário de Nazaré. Assim, a exposição é conhecida como quadra de Nazaré e tem duração de quinze dias. Além disso, os fiéis continuam com as celebrações produzindo eventos artísticos como cantos, danças e pagamento de promessas.

Celebrações

Além da procissão que ocorre no domingo, o Círio de Nazaré apresenta várias outras manifestações de devoção. Dentre elas estão a trasladação, a romaria fluvial e diversas outras peregrinações e romarias que ocorrem na quadra Nazarena.

Além disso, durante as comemorações, os fiéis enfeitam suas casas e ruas em homenagem à Santa. É importante ressaltar que o número de devotos da Virgem cresce à cada ano. Assim, o Círio de Nazaré se tornou uma das maiores festas religiosas do país, reunindo fiéis de todo o Brasil.

Círio de Nazaré - História e características da maior festa religiosa do país
Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Fonte: Agência Brasil

Durante as celebrações a culinária do Pará se fortalece e pratos típicos são bastantes requisitados. Assim, é comum ver pelas ruas de Belém a famosa maniçoba, prato típico da região, feito à base de folha de mandioca. Além disso, o pato no tucupi também agrega os sabores durante a festa religiosa.

Conquistas

o Círio de Nazaré se tornou uma celebração tão grandiosa que, em 2004, foi registrado como patrimônio cultural de natureza imaterial. A homenagem veio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Além disso, foi o Círio recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, em 2013, pela UNESCO.

Símbolos

Durante a procissão vários são os símbolos presentes como forma de adoração e devoção. Dentre eles, podemos destacar.

  • Corda do Círio – disputada pelos fiéis que fizeram promessas e participam da procissão;
  • Berlinda – pequeno santuário onde é transportada a imagem de Nossa Senhora de Nazaré;
  • Manto – cobre a Nossa Senhora de Nazaré que, todos os anos, é envolvida por um manto diferente;
  • Carros de promessas – levam objetos de cera, miniaturas de casas ou de barcos representando a gratidão pela conquista dos bens;

O que achou de conhecer sobre uma das maiores festas religiosas do Brasil? Legal, não é? Então, corre pra conferir outros textos aqui no site, como por exemplo, quando é comemorado o Dia do Pi.

Fontes: Turismo, Escola Britannica, Toda Matéria

Fonte imagem destaque: Arquidiocese de Belém

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.