História

Meca – O que é, história e importância para o islamismo

Meca é uma cidade sagrada de suma importância para os muçulmanos pois é onde nasceu e está enterrado o Maomé, fundador do Islamismo.

Atualizado em 31/05/2020

Meca é uma cidade do oeste da Arábia Saudita, considerada uma das terras sagradas, uma vez que os registros históricos relatam o nascimento de Maomé em suas terras. O local é conhecido por suas fortes influencias econômicas e religiosas se tornando, portanto, um importante ponto turístico.

Curiosamente, até hoje, os muçulmanos dirigem suas orações para a Meca pelo menos 5 vezes ao dia. Essa tradição ocorre independente de onde estejam e são feitas rigidamente todas às vezes necessárias. Lá está o templo Caaba, feito por Abraão e seu filho Ismael.

Importância de Meca para o Islã

Meca e sua importância para o islamismo
Mesquita de Meca – Fonte: G1

A princípio, chamada de “Meca, a Honrada”, a terra habitada por muçulmanos é um dos maiores centro religiosos do mundo. A princípio, sua importância foi ganhando relevância, porque foi em Meca que nasceu e morreu Maomé.

O  líder religioso, político e militar árabe dedicou sua vida as divisões de terra dos mais ricos para os mais pobres. No entanto, o fato mais importante de sua história é a fundação do islamismo, religião abraâmica monoteísta regida pelo Alcorão, ensinamentos sagrados entregues por Deus.

Foi em Meca também que Maomé teve seu sepultamento em 652 deixando aos fiéis o santuário de Ka’Bah.  Antes de partir, deixou um importante legado para o Islã, o santuário de Kah’Bah.

Não foi por acaso que o líder religioso encontrou o local para construção do templo. Indicado por Deus, Ka’Bah, ou Caaba possui uma pedra negra em cubo que representa a ligação dos homens com Deus.

Desde a criação do santuário e com as regras do Alcorão, seguidas pelos muçulmanos, é de obrigação do islã oferecer suas preces cinco vezes aos dias, dirigindo suas orações para o Ka’Bah. Além disso, ao menos uma vez na vida é necessário que se peregrine até Meca.

Turismo em Meca

Meca e sua importância para o islamismo
Milhares de peregrinos durante o Hajj – Fonte: Notícias Uol

Por fim, para receber tantos visitantes por ano, os moradores da cidade realizam algumas prestações de serviço para comportar o movimento. Alimentos, hospedagens e instruções são oferecidas pelos fiéis para que possam cumprir a viagem religiosa obrigatória.

Com a chegada de tantos turistas, o turismo se torna um dos maiores fatores de desenvolvimento econômico de Meca. São cerca de 13 milhões de muçulmanos visitando o local sagrado, por ano. A diversidade, sobretudo, se tornou abundante no islamismo.

Leia também sobre a história do Império Árabe e a origem da religião Islâmica!

Fontes: Escola britannica, Infoescola, Super interessante. Iqaraislam, Cola da WebHistória do Mundo.

Fonte imagens: G1, Notícias Uol.

Fonte imagem de destaque: Folha Gospel