Outros assuntos

Judaísmo – O que é, história, simbolo, origem e curiosidades

Judaísmo é uma das três principais religiões abraâmicas, definida como "religião, filosofia e modo de vida" do povo judeu.

Atualizado em 13/05/2020

O judaísmo é uma religião monoteísta com mais de 3 mil anos de existência. É considerada a primeira religião da humanidade, descendente de Abraão, Davi, Isaac, Jacob, como também de Sara, Rebeca, Raquel e Léa. Os judeus acreditam que foram escolhidos por Deus para selar uma aliança e receber, em troca, a terra prometida.

Sendo assim, essa religião acredita que Deus é onipresente, onisciente e onipotente. Ou seja, está presente em todo o universo e rege os seres humanos. Os ensinamentos são passados de geração a geração através do livro sagrado chamado Torá. Essas doutrinas sofreram alterações e adaptações de acordo com o tempo histórico e o contexto vivido.

História do Judaísmo e do povo judeu

Judaísmo - Origem

Acima de tudo, quando vamos falar de judaísmo, não basta falar somente de religião e sim de um processo civilizatório. A princípio, os judeus tinham um modo de vida estruturado com regras, códigos de leis e um sistema ético. É bom lembrar que pela antiguidade esta religião se desenvolveu junto ao processo civilizatório hebreu.

Portanto, a origem se deu a 2ooo anos a.C na mesopotâmia após a destruição do templo de Jerusalém. Por causa disso, o povo teve que migrar para terras desconhecidas. Considerado fundador do judaísmo, Abraão também estava no meio das pessoas que sofreram pelo deslocamento para as terras da Síria.

Foi durante essa transição que ele recebeu um sinal de Deus e partiu rumo a Terra Prometida. Aqui, vale ressaltar, houve a ruptura das crenças politeísta trazendo para o centro da fé um único Deus.

O primeiro registro arqueológico foi feito a aproximadamente 1500 anos a.C. Nesse tempo já haviam provas da existência da religião e isso a tornou a mais antiga.

Isaac, filho de Abraão, teve um filho chamado Jacó. Na história, ele lutou contra um anjo de Deus e assim, após o enfreamento, teve seu nome mudado de Jacó para Israel. Na bíblia, no livro de gênese, conta que Jacó teve 12 filhos e partir daí deu-se origem as 12 tribos de Israel.

Símbolos, práticas e costumes dos judeus

Judaísmo - Origem

Rituais judaicos

Antes de mais nada, os ritos religiosos são executados nas sinagogas. Para estarem aptos aos rituais os homens colocam na cabeça uma pequena touca chamada kippa. Dentre todos os ritos, destaca-se 3 deles: a circuncisão, o rito de passagem a maior idade, o casamento e o luto.

No inicio da vida a cerimônia ocorre para estabelecer a aliança entre a criança e Deus e toda a sua descendência. O segundo rito é feito aos 13 anos de idade para registrar a passagem da vida para a maior idade. Nesse momento, o menino recebe funções e responsabilidades para com a sua comunidade.

Posteriormente, o casamento judeu prega atos de amor e entendimento entre o casal e o dia da cerimônia é passada em jejum e orações. Isto ocorre para que ambos iniciem suas vidas completamente puros das transgressões passadas. Antes da noite de núpcias, a noiva e o noivo devem mergulhar nas águas do micvê para realizar a limpeza espiritual.

Por fim, o luto vem com 3 importantes fases que basicamente são: primeiro, momento do enterro, onde a pessoas esta inconformada desesperada. A segunda dura 3 dias de choro e lamentação. A terceira traz a abertura para que os familiares comece a falar sobre o ocorrido, contar como se sentem, porém tudo isso em casa.

Ainda no quarto estágio o enlutado é incentivado a sair de casa para o shivá e voltar aos poucos ao convívio social.

Por fim, leia também sobre o Antissemitismo – O que é, origem, história e holocausto

Fontes: Escola educação, Toda matéria, Educamais Brasil, Brasil escola.

Fonte imagens: Freepik, Revista Galileu, Gestão educacionalChabad, Conhecimentos da Humanidade, Toda Matéria, Wikilivros, Brasil Escola

Imagem de destaque: Escola educação