Física & Química

Leis de Ohm, o que são? Definição, principais características e fórmulas

As Leis de Ohm são princípios importantes nos estudos sobre eletricidade.Foram desenvolvidas pelo físico George Ohm, no século 19.

Atualizado em 05/05/2020

Na física, existem diferentes leis que são utilizadas em cálculos diversos. Para os cálculos referentes à resistência elétrica, por exemplo, são utilizadas as Leis de Ohm, importantes na eletricidade. Mas, você sabe como são definidas essas leis?

Bem, o físico alemão George Simon Ohm, ainda no século 19, desenvolveu estudos que representam a resistência elétrica dos condutores. A partir destes estudos, foram desenvolvidas duas leis que, inclusive, levaram o nome do físico.

As Leis de Ohm, neste caso, foram dividias em duas categorias. Assim, além de determinarem a resistência elétrica dos condutores, também são utilizadas para calcular a relação dos semicondutores e dos isolantes.

Mas, como estas leis são aplicadas? Vamos descobrir!

Leis de Ohm

A partir das leis estabelecidas por George Ohm, é possível calcular informações referentes à tensão, à corrente e à resistência elétrica. Estas grandezas físicas fazem parte dos circuitos elétricos e são calculadas devido ao módulo constante que apresentam.

Com isso, o físico alemão definiu duas leis para calcular as grandezas físicas aplicáveis no caso de resistências ôhmicas.

1ª lei de Ohm

A 1ª lei de Ohm se refere ao cálculo que diferencia o potencial mostrado em pontos de um resistor. Neste caso, a diferença é proporcional ao valor da corrente elétrica. Para que a lei possa ser aplicada, a razão entre o potencial elétrico e o valor da corrente elétrica necessita ser constante.

Leis de Ohm, o que são? Definição principais características e fórmulas
Grupo Escolar

Dessa forma, a constância da corrente elétrica está relacionada aos resistores ôhmicos. Logo, na fórmula geral, os valores são dados em Volts, já que se referem à grandeza escalar. Ou seja, quando a diferença de potencial elétrico é mostrada em dois pontos de um circuito, temos uma resistência elétrica.

A fórmula, neste caso, é dada da seguinte maneira:

U = r.i

i = U/r

Aqui, o U representa a tensão elétrica ou o potencial elétrico, também denominado por (V). Já é a resistência e representa a corrente elétrica. Sendo assim, a diferença que se estabelece entre o potencial elétrico e a corrente elétrica possui um valor de constância.

2ª lei de Ohm

Na 1ª lei de Ohm foi definida a resistência elétrica, classificada como grandeza física. Além disso, é somente aplicada em condutores ôhmicos, pois possuem valor constante.

Agora, na 2ª lei de Ohm, o cálculo está relacionado aos fatores que podem influenciar na resistência elétrica. Ou seja, serão analisados fatores geométricos definidos pelo comprimento ou pela área transversal. Entretanto, a resistividade também é incluída como grandeza física nesta lei.

Leis de Ohm, o que são? Definição principais características e fórmulas
Tribuna do Ceará

Nesse sentido, a resistência elétrica é definida a partir da geometria do condutor e do material que a compõe. Assim, é definida a seguinte fórmula:

R = ρL/A

Aqui, R representa a resistência elétrica (Ω), já ρ se refere à resistividade (Ω.m). Enquanto isso, L é o comprimento (m) e A, é a área transversal (m²).

Resistência elétrica e resistores

A resistência elétrica se refere à forma como o condutor bloqueia a movimentação de corrente elétrica. Ou seja, serve para controlar que a corrente elétrica passe de forma desproporcional causando danos, como choques elétricos, por exemplo. A resistência elétrica é uma grandeza física expressa pelo símbolo Ω (Ohm).

Leis de Ohm, o que são? Definição principais características e fórmulas
O filamento de um chuveiro elétrico é um exemplo de resistor elétrico.

Já os resistores são utilizados para transformar a energia elétrica em outra fonte de energia, no caso, em energia térmica. Isso ocorre por meio de um efeito denominado de joule. Dessa forma, os resistores estão ligados à 1ª Lei de Ohm, onde a intensidade estabelecida pela corrente elétrica deve ser na mesma medida que a diferença de potencial (ddp).

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que são Modelos Atômicos e como as Cadeias Carbônicas são formadas.

Fontes: Educação UOL, Brasil Escola e Toda Matéria 

Imagens: Kuadro, Grupo EscolarEduca mais Brasil,e Tribunal do Ceará

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.