História

Idade dos Metais – Contexto histórico, eventos da época e como terminou

Idade dos metais é caracterizada pelo fim da Idade da Pedra, marcado pelo início da fabricação de ferramentas e armas de metal.

Atualizado em 24/01/2020

Durante a Pré-História, período definido pela ausência da escrita, alguns momentos foram definidos de acordo com as técnicas desenvolvidas pelos dos seres humanos. Assim, um dos períodos é denominado Idade dos Metais, sendo a última fase pré-histórica, indo até 5000 a.C.

Nesse sentido, Idade dos Metais se refere ao fato do desenvolvimento de técnicas advinhas do uso do metal. Assim, os seres humanos utilizavam o material para fabricação de ferramentos e utensílios utilizados no cotidiano. Logo, é o momento na história considerado a fase final do período Neolítico.

Foi uma fase de extrema importância já que marcou o início de grandes mudanças que influenciam os dias atuais, como o desenvolvimento da agricultura. Além disso, foram aprendidas técnicas de fundição utilizadas para aperfeiçoar a caça e o plantio. Por consequência, as primeiras disputas por terras começaram durante esse período, ocasionado na criação de armas de guerra a partir do metal.

História da Idade dos Metais

A Idade dos Metais foi marcada, principalmente, pelo desenvolvimento tecnológico percebido, posteriormente, nas civilizações que surgiram na Antiguidade. Assim, se nos períodos anterior da Pré-História – o Paleolítico (Idade da Pedra Lascada) e o Neolítico (Idade da Pedra Polida) – o desenvolvimento era voltado para construções a partir da pedra e da madeira, na Idade dos Metais as evoluções foram maiores.

Idade dos Metais - Contexto histórico, eventos da época e como terminou
Organização social durante a Idade dos Metais. Fonte: Estudo Prático

Entretanto, o metal não substituiu o uso de pedras e madeira. Ou seja, os seres humanos continuaram a fabricar instrumentos utilizando as técnicas que já haviam sido dominadas. Assim, a transição ocorreu de forma diferente de acordo com locais habitados. Dessa forma, a Idade do Metal foi classificada em três períodos distintos. Sendo eles a Idade do Cobre, a Idade do Bronze e a Idade do Ferro.

Principais Características

Um dos pontos que marcou a Idade dos Metais foi o desenvolvimento da metalurgia. Ou seja, se antes os instrumentos produziam dependiam do uso de pedras e madeira, agora, o metal era utilizado em praticamente todas as produções. Assim, era mais fácil dar forma aos produtos fabricados, diferente do que ocorria com as pedras.

Além disso, é interessante notar que, com a utilização dos metais, os instrumentos produzidos possuíam maior rigidez e durabilidade. Essa característica mudou a forma como as comunidades se organizavam e a forma como produziam na agricultura e etc. É interessante notar que as primeiras cidades e novas formas de relação em sociedade surgem durante a Idade dos Metais.

Idade dos Metais - Contexto histórico, eventos da época e como terminou
Ferramentas de ferro encontradas onde hoje é o Belarus. Fonte: Info Escola

Os metais utilizados durante esse período foram o cobre, o bronze e, por último, o ferro sendo o mais resistentes de todos. Dessa forma, a partir da fundição desses materiais, era possível fabricar utensílios domésticos. Além disso, objetos de arte, armas, além de ferramentas utilizadas na agricultura também eram criados. Por fim, armas utilizadas na caça e na pesca também passaram por melhorias com a utilização do metal.

Gostou de conhecer um pouco sobre a Idade dos Metais? Então, aproveita pra conferir esse outro texto sobre o que são os Hieróglifos.

Fontes: Toda Matéria, Brasil Escola

Fonte imagem destaque: Estudo Prático

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.