História

Idade do Cobre – O que foi, quando aconteceu e consequências

Com o domínio de técnicas de fundição de metais, o ser humano deu início à Idade do Cobre. Foi o primeiro passo para o fim da Pré-História.

Atualizado em 03/02/2020

Primeiramente, o período da Pré-história é dividido em três fases: Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais. No terceiro deles, há mais três divisões, de acordo com o metal dominante da época. São eles: Idade do Cobre, do Bronze e do Ferro. Leia mais sobre a história e características do período Paleolítico.

Além disso, foi na primeira fase da Idade dos Metais, que a espécie humana começou a dominar técnicas de fundição. Com o desenvolvimento da metalurgia, foi possível criar novas ferramentas e transformar a sociedade.

Finalmente, vamos conhecer um pouco mais da transformação que aconteceu nesse período.

O cobre

Idade do Cobre: o que foi, quando aconteceu e como mudou o mundo
Electrochemical Society

Primeiramente, o cobre foi o primeiro dos metais utilizados para fabricação de utensílios domésticos, armas e ferramentas. Mas como isso foi possível? Por causa do domínio do fogo no Paleolítico, os humanos já eram capazes de aquecer alimentos e se proteger do frio. Anos mais tarde, conseguira realizar o primeiro processo de fundição.

Além disso, lendas dizem que um minério de cobre teria caído em uma fornalha, na região da Anatólia. Posteriormente, o calor do fogo derreteu o metal, que acabou endurecendo de uma forma diferente.

Com isso, a produção de ferramentas de todas as utilidades ficou muito mais intensa. Artefatos de madeira e pedra ainda eram utilizados, mas a novidade da fabricação com cobre transformou completamente a vida das sociedades da éBpoca.

A fundição do cobre

Idade do Cobre: o que foi, quando aconteceu e como mudou o mundo
Ancient Origins

Para fundir o cobre, era necessário alcançar altas temperaturas, entre 650 e 700 ºC. Isso era feito em grandes buracos no chão, que eram revestidos com pedra, ou em fornalhas.

Em seguida, o cobre passava por um processo de acabamento feito com a fricção de pedras no metal. Com o aquecimento, o cobre se tornava quase puro, praticamente sem impurezas.

Eventualmente, ao atingir um calor de 1000 ºC, o cobre derretia e era colocado num escorredor, para ser transportado para moldes de ferramentas variadas.

Ferramentas da Idade do Cobre

Idade do Cobre: o que foi, quando aconteceu e como mudou o mundo
Legion of Honor Museum

As novas vasilhas e potes para armazenar comida garantiam mais qualidade aos alimentos, gerando um crescimento populacional natural. Além disso, a produção de metais influenciou todas as esferas da vida cotidiana.

Desde que caçadores e guerreiros passaram a utilizar armas de cobre, tinham mais sucesso na caça de animais e na defesa de suas comunidades. Ao mesmo tempo, novas ferramentas utilizadas na agricultura criaram o desenvolvimento de novas funções e trabalhos.

Sem precisar focar apenas na sobrevivência, as sociedades da Idade do Cobre podiam exercer novas atividades. Nessa época houve o desenvolvimento de atividades como artesanato, comércio, transporte, por exemplo.

Com o tempo, os ferreiros passaram a fundir o cobre com o estanho, gerando o bronze. Anos mais tarde, o metal predominante passou a ser o ferro, muito mais acessível e mais maleável. Descubra mais sobre os avanços tecnológicos da Idade do Ferro.

FontesInfoEscola, Educa Mais Brasil

Imagem de destaque: Sci-News