História

Cubismo – Origem, o que foi e seus principais artistas

O cubismo foi marcado pelo uso de formas geométricas e aconteceu na vanguarda artística europeia. Surgiu no início do século XX na França.

Atualizado em 18/02/2020

Primordialmente, é de conhecimento de todos que o mundo viveu várias épocas artísticas. Sendo assim, houveram diversos movimentos artísticos, como o surrealismo, futurismo e impressionismo. E entre esses momentos, se encontra o cubismo.

Inicialmente, o cubismo foi marcado pelo uso de formas geométricas. Ademais, seu início aconteceu na vanguarda artística europeia. E surgiu no início do século XX na França.

Em geral, esse estilo acabou rompendo com os modelos estéticos daquela época. Até então a valorização da perfeição das formas.

O que é cubismo?

Primeiramente, o cubismo ficou conhecido como o movimento artístico que teve como grande influência Georges Braque e Pablo Picasso. Além disso, as obras desse movimento tratavam as formas da natureza de maneira geométrica. Portanto, a representação do universo visual começou a não ter nenhuma obrigação com suas formas reais.

Apesar disso, é importante ressaltar que não chegavam a ter abstração, porque as imagens até então representadas permaneciam ainda sim figurativas. Sendo então reconhecíveis.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
O cubismo – Fonte: Estudo Prático

Origem do cubismo

Acima de tudo, o marco do surgimento do cubismo ocorreu em 1907.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Les Demoiselles d’Ávignon – Fonte: Frossard

Primeiramente, começou com a tela (As damas d’Avignon), do grande pintor Pablo Picasso. Portanto, ele foi um dos principais pioneiros do movimento junto ao pintor e escultor francês Georges Braque. Além disso, essa obra representava influências visíveis das esculturas africanas. E além disso, representava a marca das pinturas pós-impressionistas do francês Paul Cézanne.

Características Principais

  • preferência pelas linha cortadas, cruzadas;
  • geometrização das formas e volumes;
  • renúncia à perspectiva, composição em duas dimensões;
  • representação do volume colorido sobre superfícies planas;
  • sensação de pintura escultórica;
  • o claro-escuro perde sua função;
  • cores austeras, do branco ao negro passando pelo cinza, por um ocre apagado ou um castanho suave.

Fases do Cubismo

Fase Cezaniana ou Cezannista (1907 a 1909)

Em geral, essa fase é conhecida também como fase pré-analítica. Além disso, tem esse nome por conta da influência dos trabalhos do artista plástico Paul Cézanne.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Fase Cezaniana – Fonte: Memória de Bolso

Inicialmente, foi nesse período que os artistas iniciaram suas experiencias com as simplificações das formas. Diante disso, logo passaram a representar as figuras dispostas em um mesmo plano. Acima de tudo, era como se estivessem abertas na tela, vistas de frente pelo público.

Fase Analítica (1909 a 1911)

Primeiramente, nesse momento, a principal característica era a cor moderada. Logo, havia uma acentuação nos tons de marrom, preto, cinza e ocres. Isso aconteceu porque nesse momento, o mais importante era a exibição do tema fragmentado, que além disso precisava ser disposto em todos os ângulos.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Fase Analítica – Pinterest

Fase do Cubismo Sintético (1911)

Ademais, nesse momento, em específico, o cubismo era caracterizado pelo uso de cores mais fortes. Além disso, um retorno mais acentuado do figurativo. Então como resultado buscou-se tornar as figuras reconhecíveis mais uma vez, porém, sem retornar ao tratamento realista.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Fase Sintética – Fonte: Art Out

Aliás, nessa fase, passa-se a empreender o método de colagem, fixando objetos reais na tela, como pedaços de madeira, vidro e metal.

Principais Pintores

Diante disso, como resultado desse movimento, os maiores representantes da pintura cubista foram:

  • Pablo Picasso (1881-1973)
  • Georges Braque (1882-1963)
  • Juan Gris (1887-1927)
  • Fernand Léger (1881-1955)
  • Diego Rivera (1886-1957)

O cubismo no Brasil

Primordialmente, o cubismo ganhou espaço no Brasil somente depois da Semana de Arte Moderna de 1922. Portanto, não existem no país artistas que apresentaram obras com características exclusivas do Cubismo.

Além disso, vários artistas brasileiros receberam grandes influências, mas apenas mostrando características mescladas do Cubismo com outras expressões artísticas em suas obras.

Ademais, ainda assim houveram artistas mais conhecidos que fizeram essa mescla em seus trabalhos, podemos citar Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Rego Monteiro e Di Cavalcanti.

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Antropofagia – Fonte: Art Ref

Cubismo na literatura

Inicialmente, os escritores cubistas buscavam procedimentos semelhantes aos dos artistas plásticos. Logo, também buscavam reformular a prática literária. Diante disso, levaram para o texto a fragmentação, a colagem e a recriação dos objetos representados por meio de metáforas e analogias.

Além disso, na poesia,  o ponto principal era a  expressão do verso livre, de métrica irregular e até mesmo sem pontuação. Portanto era estruturado de modo geral em recortes, em fragmentos de cenas e frases que formam o todo.

Principais Escultores Cubistas

Em geral, os maiores representantes da escultura cubista foram:

  • Raymond Duchamp-Villon (1873-1918)
  • Constantin Brancusi (1876-1957)

Principais Escritores Cubistas

Portanto, os principais escritores com influência do cubismo foram:

  • Guillaume Apollinaire (1880-1918)
  • Jean Cocteau (1889-1963)
  • Oswald de Andrade (1890-1954)
  • Érico Veríssimo (1905-1975)
  • Raul Bopp (1898-1984)

Principais Obras

Por fim, veja agora a lista com as principais obras do movimento cubista:

1. As senhoritas de Avignon (1907), de Picasso

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Les Demoiselles d’Ávignon de Pablo Picasso – Fonte: Frossard

2. Casas em L’Estaque (1908), de Braque

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Casas em L’Estaque, de Georges Braque retrata uma paisagem de casas em formatos cúbicos – Fonte: Toda Matéria

3. Retrato de Pablo Picasso (1912), Juan Gris

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Retrato de Pablo Picasso é uma tela do artista espanhol Juan Gris – Toda Matéria

4. Ma Jolie (1911-1912), de Pablo Picasso

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Ma Jolie – Fonte: Cultural Genial

5. Mont Sainte-Victoire Seen From Bellevue (1885-87), de Paul Cézanne

Cubismo: entenda sobre sua origem, o que foi e seus principais artistas
Mont Sainte-Victoire Seen From Bellevue (1885-87), de Paul Cézanne. O pintor francês influenciou muito o movimento cubista especialmente nos primeiros tempos do grupo. – Fonte: Cultura Genial

Chegamos ao fim! O que achou da leitura sobre cubismo? Que tal ler também sobre Leonardo da Vinci, quem foi? – Vida, áreas de estudo, obras de artes, inventos

Fontes:InfoEscola, HistóriadasArtes, TodaMatéria

Fonte da imagem destaque: Pinterest