História

Comuna de Paris – História, ações e protagonistas do assalto aos céus

A Comuna de Paris foi a primeira experiência de governo liderada por trabalhadores. Os comunardos almejavam uma uma nova forma de organização da sociedade.

Atualizado em 01/10/2019

A Comuna de Paris foi o sopro de vida de operários que buscavam melhores condições trabalhistas. Logo, a Comuna foi o primeiro governo da história administrado por trabalhadores, em 26 de maio de 1871. Assim, a tentativa de revolução trabalhista feita pelos “comunardos” durou 40 dias e teve seu fim em em 28 de maio de 1871.

Também conhecida como “assalto aos céus”, a Comuna de Paris se baseava em ideais marxistas e de outras vertentes do socialismo.  Logo, a ação dos trabalhadores parisienses pretendia criar uma forma diferente de organização da sociedade.

A Comuna de Paris, então, foi um importante marco na história dos trabalhadores. Assim, foi relembrada em momentos revolucionários como a Revolução Russa em 1917. Logo, a Revolução Alemã em 1918-1919, a Guerra Civil Espanhola em 1936, o Maio de 1968 na França e a Revolução Portuguesa em 1974-1975 também servem como exemplo.

Comuna de Paris - o que foi? Ações e protagonistas do assalto aos céus
Fonte: O Castendo

História da Comuna de Paris

França e Prússia estavam em guerra entre 1870 e 1871. Logo, o líder prussiano Otto von Bismark, com a intenção de unificar a Alemanha, tinha como opositor o imperador francês Napoleão III. Assim, a França tinha como objetivo reconquistar a notoriedade interna e externa no continente europeu.

Porém, França e Prússia protagonizaram a Batalha de Sedan, em setembro de 1870. Logo, a derrota francesa levou a queda do então imperador Napoleão III. Assim, Adolphe Thiers passou a presidir o governo republicano, em janeiro de 1871.

Logo, com a derrota francesa na batalha os trabalhadores e a população da capital foram responsáveis por diversas manifestações. A Guarda Nacional Francesa em busca de ascensão formou, a partir de comitês locais, o Comitê Central da Guarda Nacional. Com isso, a população almejava melhores condições de vida e trabalho.

Comuna de Paris - o que foi? Ações e protagonistas do assalto aos céus
Exército prussiano. Fonte: Wikimedia Promos

Logo, Thiers, que havia assinado um acordo amistoso com o chanceler prussiano Otto von Bismark, transferiu a capital do governo para Versalhes. Assim, a ideia de Thiers era reconquistar a capital que já não estava mais sobre seu controle.

Posteriormente, Thiers tentou tomar armamentos que estavam sobre a proteção da Guarda Nacional. Assim, em 18 de março, o Comitê Central da Guarda Nacional derrotou o exército de Thiers. Logo, a ação teve o apoio de soldados que não estavam satisfeitos com as ações do líder francês.

Ao mesmo tempo, as mulheres dos bairros operários da cidade tiverem um papel fundamental nessa luta. Logo, as mulheres foram responsáveis por mobilizar a Guarda Nacional, alarmando os guardas para a chegada do exército.

A Comuna de Paris

Comuna de Paris - o que foi? Ações e protagonistas do assalto aos céus
Fonte: Colégio Web

Com a Guarda Nacional organizada, a população parisiense começava a estruturar os chamados clubes revolucionários, se baseando na Revolução Francesa de 1789. Dessa forma, os clubes revolucionários ajudaram na criação do Comitê Central Republicano de Defesa Nacional dos Vinte Distritos de Paris e na estruturação da Comuna de Paris.

A formação da Comuna de Paris também teve forte influência da Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT). Logo, a instituição deu apoio para a experiência da Comuna, reunindo trabalhadores de vários países.

A formação concreta da Comuna de Paris ocorreu logo após a luta da Guarda Nacional contra o exército de Thiers. Assim, em 28 de março os operários convocaram eleições para eleger os delegados que constituiriam a Comuna. Logo, 80 delegados foram eleitos. Em resumo, 25 operários e 12 artesões ocuparam os cargos, além de intelectuais e comerciantes.

Comuna de Paris - o que foi? Ações e protagonistas do assalto aos céus
Fonte: Passa Palavra

Assim, os delegados que compunham a Comuna de Paris eram parte da AIT, blanquistas, jacobinos, jornalistas radicais e diversas outras correntes. Logo, com a Comuna de Paris diversas determinações foram impostas com o intuito de igualar os direitos dos trabalhadores e conseguir melhores condições de vida.

A Comuna de Paris teve como ações:

  • Salários iguais para delegados, funcionários e operários;
  • Criação de comissões para que os objetivos estipulados fossem cumpridos;
  • Igualdade civil entre homens e mulheres (por mais que as mulheres ainda não tivesse o direito ao voto);
  • Fim do trabalho noturno;
  • Retirada do exército permanente para a formação de tropas cidadãs;
  • Separação entre Estado e Igreja;
  • Ensino laico, gratuito e politécnico;
  • Possibilidade de eleição de estrangeiros;
  • Limitações ao trabalho feminino e infantil;
  • Criação de pensão para viúvas e crianças;
  • Fim de multas sobre salários;
  • Entrega de fábricas abandonadas à trabalhadores e etc.

O Fim

Comuna de Paris - o que foi? Ações e protagonistas do assalto aos céus
Fonte: Blog do professor Edir

Por mais que a Comuna de Paris tivesse ideais revolucionistas as dificuldades para seguir adiante foram várias. Assim, os membros da Comuna, os chamados comunardos, enfrentaram uma Guerra Civil contra as tropas de Thiers. Logo, apoiado pelos prussianos, o exército começou os ataques em Paris no dia 02 de abril.  Dessa forma, a Comuna de Paris sofreu consecutivas derrotas.

Assim, na semana que ficou conhecida como Semana Sangrenta, a Comuna de Paris foi derrotada. Do dia 22 a 28 de maio de 1871 mais de 20 mil comunardos foram mortos pelo exército francês e prussiano, que continha maior armamento bélico e organização estratégica.

Dessa forma, chegava ao fim a primeira organização histórica de governo comandada por trabalhadores. Assim, a Comuna de Paris que tinha como objetivo uma nova forma de organização da sociedade, também ficou conhecida como “assalto aos céus”.

Gostou de conhecer sobre a Comuna de Paris? Aproveita para conferir mais fatos históricos como: Dia do Fico – O que foi, resumo e peso histórico do 9 de janeiro de 1822

Fontes: Escola Educação, História do Mundo

Fonte das imagens: Demotywatory.PL, O Castendo, Wikimedia Promos, Colégio Web, Passa Palavra, Blog do professor Edir

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.