História

Capitalismo Industrial – o que é, história, conceitos básicos e características

O Capitalismo Industrial é a segunda fase do Capitalismo. Surgiu na Europa no século XVIII, após a Revolução Industrial e impôs a produção em larga escala.

Atualizado em 11/06/2019

O Capitalismo Industrial, também chamado de Industrialismo, foi a segunda etapa do capitalismo. Ele sucedeu o modelo comercial, já que este estava em vigor na Europa desde o século XV.

Surgiu em decorrência da Revolução Industrial no século XVIII, só que se consolidou na 2ª Revolução Industrial. Isso se deu entre a metade século XIX e princípio do XX.

Antes do Capitalismo Industrial, apenas o mercantilismo (compra, venda ou troca de mercadorias) era praticado. Mas a Revolução Industrial mudou esse cenário, posto que a indústria dominou toda a economia.

Contexto Histórico

Capitalismo Industrial – surgimento, características e consequências

Foi no século XV que se desenvolveu o Capitalismo como um sistema econômico. Com o tempo ele foi se modificando, já que sempre buscou se adequar às transformações sociais.

Divide-se em três fases, quais sejam: Comercial, Industrial e Financeiro. Surgido como Capitalismo Comercial ou Mercantil, vigorou do século XV ao XVIII.

Já o Capitalismo Industrial ou Industrialismo, teve sua vigência entre os séculos XVIII e XIX. Por fim, veio o Capitalismo Financeiro ou Monopolista, aparecido a partir do século XX.

A Revolução Industrial e o Industrialismo

Após nascer a Revolução Industrial (século XVIII), apareceu o chamado Capitalismo Industrial, também denominado Industrialismo. Essa fase é considerada, por conseguinte, o estágio segundo do Capitalismo.

Capitalismo Industrial – surgimento, características e consequências

Entre os séculos XV e XVIII, vigorou na Europa o Mercantilismo, que eram práticas comerciais constantes. Naquele tempo, se trocava, vendia ou comprava mercadorias, e isso impulsionava um esboço de Capitalismo.

Esse modelo comercial foi sucedido pelo Capitalismo Industrial, que impôs uma forte produção em massa de produtos. E a industrialização se tornou o propulsor primeiro da economia. O Industrialismo é a 2ª Fase do Capitalismo.

Qual são as Características do Capitalismo Industrial?

O Capitalismo Industrial tem como principais características, a saber, a industrialização e o desenvolvimento dos transportes. Surgiu o trabalho assalariado, o liberalismo e a livre concorrência. Dessa forma, a divisão social do trabalho foi revista, posto que apareceu o proletariado.

As transações comerciais se internacionalizaram e se tornaram intensas. Dois extremos também nasceram: a Burguesia Industrial, além dos sindicatos.

Por conta do aumento das indústrias, que passaram a requerer mais mão de obra, as cidades cresceram. Foi preciso igualmente investir em pesquisas, já que era necessário focar no desenvolvimento tecnológico.

Antes da Revolução Industrial, tudo aquilo que se produzia era feito com as mãos, ou seja, manufaturado. Após, os produtos se tornaram industrializados, mais bem feitos e produzidos em grande escala. Com mais mercadorias no mercado, obviamente, os preços despencaram, posto que mais gente pôde ter acesso ao consumo.

Leia também sobre o Dia do Trabalho, por que é feriado em 1º de Maio?

Fonte: Educação, Significados, Wikipédia, Toda Matéria, Info Escola, Sua Pequisa, Guia dos Estudante, Politize.

Fonte das imagens: Grupo Escolar, Estudo Prático, Slide Player, Wikipédia.