Geografia

Balança comercial, o que é? E como ela mede a riqueza de uma nação?

É através da balança comercial que se descobre se um país tem deficit e superavit, ou seja, se comprou mais que vendeu ou vice-versa.

Atualizado em 07/06/2019

A balança comercial é o registro das importações e exportações de uma nação. Na contabilidade nacional, ele compõe a balança de pagamentos, isto é, a soma do comércio entre países.

São utilizados como critérios os valores negociados, mas não a quantidade de bens que entram e saem. Haverá um superávit quando se exporta mais que importa, por conseguinte, se ocorrer o contrário, o país tem um déficit.

A balança comercial apareceu numa época em que se acreditava ser um país rico, conforme seu estoque de metais preciosos. Com a mudança de pensamento, o Estado passou a intervir na economia e incentivar a produção visando exportar.

Contexto Histórico

No passado havia o conceito de que um país era rico, conforme a quantidade de metais preciosos que estocava. Mas com o surgimento do Mercantilismo, em sua forma do Colbertismo, começou-se a esboçar uma Balança Comercial.

Houve uma alteração na concepção de riqueza focada apenas na quantidade de metais preciosos no cofre do rei. É que tanto o ouro quanto a prata, os mais representativos de riqueza, já estavam escassos na natureza.

Saiba que é balança comercial e como ela mede a riqueza de uma nação
Jean-Baptiste Colbert

O Colbertismo destacou que a medição do potencial econômico de uma nação tinha que mudar. Ele necessitava de foco no fato de ser o valor dos produtos vendidos maior que o valor dos comprados. Essa foi a política econômica implantada por Jean-Baptiste Colbert, ministro de Rei Luís XIV, entre os anos de 1661 a 1683.

Com isso, o Estado se tornou atuante no mercado, incentivando a alta produção, subsidiando seus trabalhadores. Quanto mais produzissem, mais seria possível exportar, conquanto mais rico se tornaria a nação.

O lado ruim do Colbertismo é que desencadeou diversas guerras, além da radicalização de estruturas econômicas. Apareceram certos conselhos fiscais para comandar as decisões econômicas, só que também impediram boas inovações.

A balança comercial

A balança comercial analisa a relação de bens e serviços, que fazem parte da balança corrente, nas práticas comerciais de um país. Em um dado período, ela descobre se houve mais importação ou exportação. Com esses dados podemos descobrir se houve deficit e superavit.

Saiba que é balança comercial e como ela mede a riqueza de uma nação

Esse indicador de análise econômica é comumente usado para comparar os países, posto que mede suas transações comerciais. Dá-se a importação quando um país adquire mercadorias ou serviços de outro. Podemos citar como exemplo o Brasil, já que compra aparelhos eletrônicos do Japão e da China.

Já a exportação é quando ocorre a venda de mercadoria e serviço de uma nação para outra. Ainda no exemplo do Brasil, o país é grande exportador de produtos da agropecuária para a Europa.

Qual a diferença entre deficit e superavit

Os países ricos são aqueles que investiram no Setor Secundário da Economia, ou seja, indústrias. Por isso podem exportar bens com elevado valor agregado, a exemplo de carros e produtos tecnológicos e eletrônicos. Podemos citar aqui os Estados Unidos, Japão e China.

Saiba que é balança comercial e como ela mede a riqueza de uma nação

Já os países em desenvolvimento ainda exploram principalmente o Setor Primário da Economia, como agricultura e extrativismo. O grande exemplo na América Latina é a Venezuela, cuja economia depende 96% da extração de petróleo.

A balança comercial de um país tem está intimamente ligada ao Produto Interno Bruto (PIB). Conforme cresce a produção e exportação de uma nação, o seu PIB acompanha o crescimento. Já se as exportações diminuírem, o Produto Interno Bruto também cai.

Dessa forma, o deficit se refere ao saldo negativo da balança comercial, posto que as importações superaram as exportações. A nação compra mais do que vende em uma determinada data. Essa é a realidade dos países mais pobres, que não investiram o suficiente no Setor Secundário da Economia.

Já o superavit diz respeito ao saldo positivo da balança comercial. Aqui, as exportações de uma nação superaram as importações. Isso quer dizer que, num dato período, a riqueza que entrou foi maior que as importações. Característica típica dos países altamente industrializados.

Se você curtiu este artigo, leia também sobre o Fordismo – o que é, origem, contexto histórico, características, decadência.

Fonte: Significados, Ministério da Economia, Wikipédia, Info Escola, Brasil Escola, Toro Radar, Ipea, Mundo Educação.

Fonte das imagens: FEE, Wikipédia, Info EscolaSuno.