História

Zumbi dos Palmares – Quem foi e qual sua importância histórica

Zumbi dos Palmares foi um importante guerreiro e defensor da libertação dos escravos. A data de sua morte foi instituída como "Dia da Consciência Negra".

Atualizado em 03/09/2019

Um dos principais personagens na luta pela libertação dos povos africanos no Brasil, foi Zumbi dos Palmares. Nascido no Quilombo dos Palmares, localizado no atual estado do Alagoas.

Durante os períodos colonial e imperial, o Brasil viveu um sistema de mão de obra escravocrata. Para fugir dos Senhores de Engenho e dos Capitães do Mato, os escravos se refugiavam nos Quilombos. Esses eram pequenas comunidades onde os negros podiam viver e praticar livremente sua cultura.

Zumbi dos Palmares - quem foi e qual sua importância histórica

Zumbi, ou Zambi, ganhou esse nome como referência a entidades espirituais. Suas habilidades e notoriedade geraram mitos em torno dele, pois alguns acreditavam que era imortal.

Ele foi um importante líder do Quilombo dos Palmares e guerreiro Jaga, povo de tradições militares. Zumbi dos Palmares foi, principalmente, um grande defensor da libertação dos escravos.

A história de Zumbi dos Palmares

Por volta dos 7 anos, Zumbi foi capturado e levado para ser criado pelo Padre Antônio Melo. Assim, aprendeu português e latim, além da religião católica. Recebeu, então, o nome de Francisco. Mas, aos 15 anos de idade, ele fugiu de volta para o quilombo onde nascera.

As tropas portuguesas, infelizes com a fuga de diversos escravos, promoveram ataque a essas pequenas comunidades onde eles viviam. Numa dessas investidas, em 1675, Zumbi mostrou suas habilidades como guerreiro ao defender o Quilombo dos Palmares.

Três anos mais tarde, o governador da Província de Pernambuco chega à Palmares para fazer um acordo com o líder Ganga Zumba, tio de Zumbi. O guerreiro foi contra, pois queria que os escravos das fazendas pudessem ser livres como os quilombolas.

Zumbi dos Palmares - quem foi e qual sua importância histórica

Logo em seguida, ele desafia seu tio e em 1680 assume o posto de líder do Quilombo. Durante seu “governo”, estima-se que a população de Palmares cresceu a um número de 30 mil pessoas. Portanto, Palmares se tornou forte o suficiente para vencer vários ataques portugueses.

A captura de Zumbi dos Palmares

Dessa forma, Zumbi dos Palmares ganhou notoriedade, não só entre os escravos, mas também chamou a atenção dos colonos. Porque era grande sua influência no movimento de libertação dos povos negros. Por conta disso, passou a ser perseguido.

Foram contratados, então, dois bandeirantes para liderarem uma nova investida, em 1694. Após semanas de luta, as tropas portuguesas conseguiram destruir Cerca do Macaco, capital de Palmares, e ferir seu líder.

Zumbi dos Palmares - quem foi e qual sua importância histórica

No entanto, Zumbi dos Palmares consegue fugir antes de ser capturado. Posteriormente, ele foi traído por um antigo companheiro, Antônio Soares. Zumbi é, então, degolado e tem sua cabeça exposta em praça pública. Sua morte se deu no dia 20 de novembro de 1695, data escolhida como o “Dia da Consciência Negra”.

Se você gostou desse conteúdo, aproveita para dar uma visitada em outras matérias do site como: Sabia que o Ceará aboliu a escravidão 4 anos antes da Lei Áurea?

Fontes de Imagem: Super Interessante, Notibras,

Fontes: Só História, Guia do Estudante, Toda Matéria