Biologia

Teoria da evolução – Linhas teóricas e Charles Darwin

A Teoria da evolução mais aceita é o Darwinismo, que propõe a evolução das espécies por meio de modificações feitas ao longo do tempo.

Atualizado em 31/05/2020
Por Vitor Hugo!

A Teoria da Evolução é um estudo feito na área da biologia, que teve inicio com Charles Darwin. O naturalista, geólogo e biólogo britânico veio, no entanto, com sua teoria, para contradizer as ideias Criacionistas. Em suas pesquisas descobriu que as espécies passaram por um processo de evolução.

Apesar de ser muito citado, os primeiros estudos não começaram com Darwin, mas seu interesse pela evolução é um legado de família. Seu avô, Erasmus, foi um dos precursores das pesquisas, porque já havia algumas suspeitas de que os seres vivos passavam por uma espécie de adaptação.

Linhas teóricas da teoria da evolução

Foram muitos os teóricos que buscaram explicar, de alguma forma, a criação do universo. A princípio, essas teorias vinham de religiosos que acreditavam que todo o universo é fruto da criação de Deus. Esses estudos fazem parte do movimento chamado Criacionista.

Para eles, a força divina criou o mundo e não havia, sobretudo, uma mutação das espécies. Para aderir a essa ideia da teoria da evolução, as pessoas precisam acreditar em um Deus e não questioná-lo, ou seja, as ideias eram pautadas em dogmas.

A ciência, portanto, veio para contradizer as ideias da religião em relação a evolução da espécie. Com isso, surgiram as Teorias do Evolucionismo. Os cientistas dessa linha de pensamento descobriram que, há sim, a mutação das espécies e esse processo é dado pela “seleção natural”.

Lamarckismo

Jean-Baptiste Lamarck (1744-1829), naturalista francês, conseguiu esboçar a Teoria do Uso e Desuso de forma coesa pela primeira vez em 1809. Para ele as espécies, ao longo do tempo, se adaptavam ao seu meio e sofria “adaptações” a partir do uso e do desuso da sua estrutura.

As girafas são seus melhores exemplo. O teórico dizia que o animal selvagem, no início de sua vida, tinham pescoços pequenos, mas, com o tempo, ao precisar comer as folhagens mas altas nas copas das árvores, sofreram a mutação.

Esse exemplo também se adere aos seres humanos que moravam, sobretudo, nas cavernas. No princípio, os homens caçavam animais para comer e não tinham todo o conhecimento de hoje para preparar os alimentos. Consequentemente, era necessário ter presas bem fortes para comer e os primatas continham essas estrutura.

Com o passar do tempo descobrimos o fogo, aprimoramos a culinária e descobrimos outras formas de preparar o alimento, deixando de ser tão útil as presas. Agora, nossa arcada dentária mudou, porque não temos mais as necessidade iniciais da espécie.

O Charles Darwin

Teoria da evolução segundo Charles Darwin
Charles Darwin – Fonte: Terra

Charles Robert Darwin nasceu no dia 12 de fevereiro de 1809, o ano em que Lamarck lançava suas primeiras ideias sobre o Evolucionismo. Ao passar dos anos, por influência do seu avô, Darwin se interessou pelas pesquisas feitas sobre a teoria da evolução. Com isso, se debruçou nas pesquisas sobre evolução da espécie.

Seu primeiro livro lançado é A origem das espécies que até hoje faz parte dos estudo básicos nas universidades e nas escolas de ensino básico do mundo. Antes, deu ponta o pé inicial aos estudos no curso de medicina quando ainda tinha 16 anos de idade.

Não demorou muito para abandonar o curso e seguir adiante com o amor pela natureza e seus mistérios envolvidos. Após largar o curso, o pai tentou o enviar para outra faculdade afim de que se formasse em Artes e se tornasse membro da igreja, mas a botânica foi a sua verdadeira paixão.

O Darwinismo

Teoria da evolução segundo Charles Darwin
Fonte: Trabalhos para escola

A princípio, o Darwinismo é a junção de vários estudos relacionados a evolução da espécie. O mundo passava por várias descobertas de outros mundos possíveis na terra. Povos, plantas e animais foram surgindo a partir dos estudos e ganhando os olhares naturalista da época.

Um dos interessados pelo assunto foi, sobretudo, Darwin, que já havia notado algumas reações da natureza na evolução da espécie. Por motivos religiosos segurou suas publicações até encontrar terreno seguro e confirmações para os seus pensamentos.

A origem das espécies por meio da seleção natural foi, portanto, sua primeira publicação em 1859. Nestes estudo, o pesquisador afirmava que os seres vivos evoluem de acordo com as necessidades alterando suas chances de sobrevivência e reprodução.

Seleção Natural

A seleção natural, por fim, é uma análise das espécies e como elas sobreviveram durante todo esse tempo na terra. As condições ambientais estão diretamente relacionadas a esse processo. Para Darwin a teoria da evolução diz respeito a uma seleção natural ocorrida pela natureza.

Por exemplo, o animal que não conseguisse se adaptar as mudanças do meio ambiente, não conseguiam sobreviver, dando lugar a espécie mais forte. O mundo seria de quem conseguisse fazer essa adaptação e sobrevivesse a ela.

Leia também sobre as 6 provas da evolução que existem no seu corpo.

Fontes: BBC, Brasil escola, Toda matéria.

Fontes imagens: Toda matéria, Trabalhos para escola, Terra. Brasil Escola, Biologia NetEduca Mais Brasil, So Biologia.

Fonte imagem de destaque: Toda matéria

Próxima página »