Ciências

6 provas da evolução que existem no seu corpo

Atualizado em 13/02/2017
Por João Pedro

Se você quer provas da Teoria da Evolução pela seleção natural procure no seu corpo!

Nosso corpo é um verdadeiro museu da historial natural, se você olhar com atenção para algumas partes do seu corpo verá que elas estão lá não porque você precisa delas, mas sim porque nossos ancestrais um dia precisaram, essas são provas da evolução pela seleção natural!

1º – O músculo vestigial no antebraço de algumas pessoas

Com o braço em uma mesa, leve seu polegar em direção ao mindinho, se você ver um tendão subindo no meio do seu pulso, você tem um músculo vestigial no seu antebraço. Esse músculo está ausente em 10-15% das pessoas e é presente em animais que usam os membros dianteiros para se locomover, como os macacos.

2º – Os músculos exteriores da nossa orelha

Os três músculos ao redor da nossa orelha eram usados para movimenta-las quando ouvíamos sons, assim como os gatos fazem, apesar de não sermos mais capazes de movimenta-las efetivamente, quando ouvimos um ruido esses músculos são ativados na tentativa de direcionar nossas orelha para a fonte do barulho

3º – Arrepios

Quando ficamos com frio pequenos músculos de nossos pelos se contraem, fazendo com que eles fiquem de pé para segurar o calor que o nosso corpo perde naturalmente para o ambiente. Nossos parentes mais distantes, como ursos e lobos, tiveram mais sucesso com esse reflexo.

4º – Rabo

O cóccix é um vestígio de que nossos antepassados tiveram  uma cauda, na verdade todos nós um dia tivemos um rabo, no inicio da gestação o embrião humano se parece muito com embriões de outras espécies de vertebrados, inclusive na presença de um cauda! Mas nos embriões humanos a cauda é programada para morrer algumas semanas depois do seu surgimento, mas em alguns casos raros essa cauda não morre e nascemos com um rabo vestigial.

5º – Reflexo primitivo

Videos antigos da década de 30 mostram que bebes se agarram com um força impressionante a qualquer coisa que colocamos entre seus polegares, são até capazes de sustentar o seu próprio peso!

 

Conteúdo retirado do vídeo publicado pelo canal Vox.
Imagens: mariana1220 e EverJean.

Próxima página »