Física & Química

Polônio, o que é? Origem, características e utilidade

O Polônio é um elemento químico altamente radioativo encontrado na natureza. Suas substâncias são encontradas, sobretudo, na fabricação de bombardeiros.

Atualizado em 16/06/2020

O polônio é um elemento químico da tabela periódica, que pode ser localizado através da sigla “Po”. Esse elemento foi pouco notado até a invenção da bomba atômica. Ele é, portanto, o gatilho necessário para que haja explosão.

Um fato interessante sobre o polônio é que o mesmo foi descoberto por um casal polonês. Marie Sklodowska Curie e PierreCurie notaram a presença radioativa do elemento no urânio. Sendo assim, houve a identificação do mais novo material de curta meia-vida para a história da ciência.

O que é o polônio?

Polônio - o que é, para que serve o elemento
Química y Sociedad

Apesar de ser encontrado no meio do urânio, o polônio é um elemento muito mais radioativo. Seu número atômico corresponde a 84 e ele é capaz de dissolver-se em ácidos diluídos. Ele também é conhecido por ser altamente tóxico, portanto, difícil de encontrar.

Para localizá-lo na tabela periódica de Mendeleev, basta buscar a família 16 de calcogênios. Sua massa atômica é, sobretudo,5 igual 209 u. Estão também nesse segmento os elementos: Oxigênio, Enxofre, Selênio, Telúrio e Livermório.

Sua aparência é similar ao chumbo, isto é, possui brilho metálico acinzentado e, portanto, muito raro. Outra maneira de referenciar o polônio é pelo nome “rádio F”. Sua meia-vida equivale ao tempo de 138 dias.

Descoberta do polônio

Polônio - o que é, para que serve o elemento
Horizon

Sua descoberta, a princípio, foi feita em 1898 pelos casal de cientistas  Marie Sklodowska Curie (1867-1934) e PierreCurie (1859-1906). Após realizar alguns estudos sobre o urânio, o casal identificou a presença de mais um elemento radioativo no mineral.

As suposições foram enviadas à Academia de Ciências de Paris, em julho, e assim nomearam o elemento como Polônio. A nomenclatura foi um modo de protesto em relação ao seu país, a Polônia. O elemento descoberto é um dos 3 primeiros da categoria radioativa registrado na história.

Polônio - o que é, para que serve o elemento
Maxi Educa

A curiosidade do casal no aprofundamento dos elementos da classe radioativa veio após as pesquisas do cientista Antoine Becquerel. O estudioso se responsabilizou pela descoberta dos raios de urano.

Características do elemento

Como dito acima, o elemento polônio (Po) é radioativo, com brilho metálico acinzentado. Sua composição é facilmente diluída em ácidos. É também considerado um isótopo extremamente eletropositivo.

Sua forma é inconstante, ou seja, uma pequena liberação da sua energia é capaz de causar grandes impactos. O ponto de fusão equivale a 527 K (254 °C), sendo que ao ser submetido a uma temperatura no valor de 326 K, metade de sua composição é evaporada.

Polônio - o que é, para que serve o elemento
Noticieros

O polônio pode ser encontrado na natureza e, sobretudo, em produtos químicos como, por exemplo, no cigarro. É por isso, sobretudo, que faz muito mal a saúde e pode vir a causar câncer. Apesar de prejudicial, há uma quantidade do isótopo dentro do nosso corpo que não é perigoso.

O polônio na industria

Polônio - o que é, para que serve o elemento
EBC

Este elemento é importante para sustentar o funcionamento de locais como: satélites artificiais, equipamentos da industria de papel, filmes plásticos e fibras sintéticas e das fábricas de tecido.

A eletricidade estáticas desses aparelhos de dissipam de acordo com as partículas alfas emitidas pelo polônio. Entretanto, outro modo de utilização não muito benéfica é a na construção das bombas atômicas.

Considerado, sobretudo, um péssimo venenos para o corpo, o isótopo radioativo foi usado para a frabricação da bomba nuclear. Essa substância foi usada na bomba nuclear lançada sobre o Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

As pessoas contaminadas com o polônio desenvolveu sintomas como: vômito, diarreia e queda de cabelo. Sua incidência no corpo é fatal, pois os sinais se elevam até a morte do indivíduo exposto a radioatividade do polônio.

Por fim, para mais informações sobre elementos radiativos leia Radioatividade – o que é, conceitos, tipos, uso e lixo radioativo

Fontes: O Globo, Qnesc, Tabela Periódica, Tabela Periódica 2, Uol, Alunos Online, Tec Mundo, Info Escola, QuimLab

Fontes de imagens:  Química y Sociedad, Noticeiros, EBC, Horizon, Maxi Educa,