Matemática

Pi, o que é? – Conceito, história e cálculo

Estudado desde a Antiguidade, o número irracional pi é o resultado infinito da divisão do perímetro pelo diâmetro de um círculo

Atualizado em 17/10/2019

Já ouviu falar em “Pi” ou em “Pi (π)”, dentro da matemática?

Se sim ou se não, é preciso entender, antes de mais nada, que os números matemáticos possuem diferentes classificações. Entre elas, a de racionais e irracionais.

Os primeiros, por exemplo, podem ser expressos sob a forma de fração. Enquanto isso, os irracionais têm quantidade ilimitada de algarismos.

Quer um exemplo de número irracional? O número Pi (π), estudado desde a Antiguidade e que resulta em trilhões de casas decimais. Mas, afinal, qual o conceito do número Pi?

Número infinito

Número Pi - conceito, história e cálculo
Fonte: Guia do Estudante

Como já mencionamos, este é algarismo irracional, cujo valor é 3,14159265358979323846 e assim por diante. Ou seja, se trata de um número infinito! Por isso, é considerando como o número mais importante e intrigante da matemática.

Primeiramente, o Pi é calculado e obtido pela divisão entre perímetro e diâmetro de um círculo (π = perímetro / diâmetro). Assim, para chegar à medida do perímetro de um círculo, basta medirmos toda a sua volta com a fita métrica.

Já o diâmetro, é obtido pela medida de uma ponta a outra. Porém, é importante destacar a impossibilidade de medir exatamente a circunferência ou a área de um círculo, afinal não temos o real valor de Pi. Até mesmo porque, por ser um número irracional, Pi tem uma sequência aparentemente aleatória como dígitos.

A história do número Pi

O Pi (π) é estudado desde Antiguidade, atiçando a curiosidade devido seu resultado em trilhões de casas decimais. Os babilônios e egípcios estão entre os primeiros povos que encontraram valores próximos ao seu cálculo.

Ou seja, ambos já tinham conhecimento de que a razão entre perímetro e diâmetro era superior a 3. O envolvimento dos egípcios, porém, foi um pouco mais além!

Número Pi - conceito, história e cálculo
Foto: El País

Egiptólogos apontam que a Grande Pirâmide de Gizé é, supostamente, bem próxima ao raio de um círculo tem com a sua circunferência. Entretanto, o Pi só passou a fazer parte dos símbolos matemáticos no século XVIII, quando foi proposto pelo matemático galês William Jones.

Os visores das calculadoras limitam as casas decimais por questões de espaço. Como o Pi é infinito, é representado com reticências, mas pode ser expresso de forma a facilitar os cálculos matemáticos, como 3,1416 ou 3,14. Foi somente com os computadores que tantas casas puderam ser descobertas.

Para que serve este número?

Normalmente, o número é usado em cálculos geométricos, como a área lateral de um cilindro.  Sua fórmula é Al = 2 π * r * h, onde:

Al: área lateral

π: Pi

r: raio

h: altura

Curiosidades sobre o número Pi

Número Pi - conceito, história e cálculo
Fonte: CCM

Você sabia que,

  • O Pi é representado pela 16ª letra grega minúscula π, a primeira da palavra περίμετρος, cujo significado é “perímetro”. O símbolo é usado na matemática há, pelo menos, 250 anos!
  • O número também é considerado como a Constante de Arquimedes, já que o matemático foi o primeiro a chegar aos cálculos e resultados da razão entre perímetro/diâmetro.
  • A saga Star Trek tem um episódio chamado “Wolf in the Fold” no qual Spock lança o maligno computador sob a ordem de que ele compute o valor de pi até o último dígito.
  • Darren Aronofsky, em seu filme (Pi: Faith in Chaos), relata o enlouquecimento gradativo do personagem principal ao tentar encontrar respostas sobre pi e, basicamente, o universo. A produção, inclusive, levou o Prêmio Diretor no Festival de Cinema Sundance de 1988.
  • Você acredita que um ser humano já conseguiu memorizar 42.195 casas deste número? O recorde foi estabelecido em 1995 pelo japonês Hiroyuki Goto. Ficou surpreso? Então, sente-se porque Akira Haraguchi, conterrâneo de Goto, 100.000 dígitos. Os prodígios podem ser explicado por teorias que apontam o japonês como idioma adequado para memorização das sequências de números.
  • Alguns teóricos afirmam que os 144 primeiros dígitos somam 666, a famigerada marca da Besta.
  • Em 2002, mais um cientista japonês encontrou 1,24 trilhões de dígitos do número usando um computador Hitachi SR 8000. Atualmente, mais de oito quatrilhões de casas decimais após a vírgula já foram calculados.

Gostou do artigo? Pois, você pode aprender muito mais sobre Matemática com Logaritmo – o que é, função, tipos, regras, como calcularTrigonometria, o que foi, origem e conceitos básicos e, por fim, Losangos – O que são, classificação, características, área e perímetro.

Fontes: Toda Matéria e Só Matemática

Fonte imagem destacada: El País