Física & Química

O que é química? Origem, história, definição, utilidades e suas áreas

Química é a ciência que estuda a composição, estrutura, propriedades da matéria, as mudanças sofridas por ela durante as reações químicas e a sua relação com a energia.

Atualizado em 06/05/2020
Por Vitor Hugo!

Química é uma ciência da natureza responsável por estudar a matéria, suas propriedades, constituição, transformação e toda a energia que a envolve durante o processo das reações. Seu objeto de estudo é a matéria, ou seja, tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e possui uma massa. Seus estudos influenciam diretamente na sociedade, pois toda propriedade compreendida pode ser usada ao nosso favor.

Antes de mais nada, tudo está ao alcance da Química. Tudo pode ser estudado, as leis regidas sobre os objetos estudados e as descobertas, enfim, mapeadas e lançadas a favor da evolução. Os diversos comportamentos dos átomos, moléculas, íons e compostos iônicos estão, contudo, diante das mãos dos profissionais qualificados para mergulharem nesse mundo de infinito conhecimento.

História

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas
Fonte: Pijama surf

Antes de tudo, você acredita em Alquimia? Antes de responder essa pergunta, vale traçar uma pequena linha do tempo datando marcos importante para a evolução da Química. Cerca de 3 milhões de anos a.C, no período Paleolítico, começamos com a descoberta do fogo. Neste momento a humanidade se deparou com sua primeira descoberta.

No ano 4000 a.C já havíamos contato com o petróleo no Oriente médio. Mas, a mais importante constatação da nossa história está a 8.000 a.C nas regiões chinesas, egípcias, fenícios, gregos e vários outros povos no período Neolítico. Nesse tempo, vários instrumentos feitos de metal foram manuseados e produzidos pelos moradores da época.

Vidros, tecidos e bebidas alcoólicas e também foram encontrados além de muitos outros objetos de utensílio. Com todas essas constatações, percebe-se que a humanidade já caminhava pela ciência.

Tudo teve início na Alquimia no ano de 300 a.C. A gana pela busca do elixir da vida nos proporcionou curiosidades capazes de mover os seres humanos.  A observação e os experimentos com substâncias se tornaram práticas dos alquimistas e impulsionaram os estudos científicos.

Os alquimistas eram pessoas que buscavam teorias sobre a matéria. Esses pesquisadores dominavam a área da metalúrgica e da astronomia. Os estudos eram direcionados para descobrir curas de doenças e na transformação do metal em ouro. Mas, somente com o francês Lavoisier, no século XVIII e a Lei da conservação das massas que a Química foi finalmente reconhecida.

Utilidades da química

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas
Fonte: Catho

Definitivamente, a Química pode transformar o mundo em um lugar melhor. Não notamos, mas os processos químicos estão por todas as partes e a todo momento. Os alimentos que comemos, o ar que respiramos, no andar, no falar, em tudo que esteja relacionado a vida, ou não. E são desses fenômenos que facilmente produzimos e transformamos a vida em algo mais simples de se viver.

Quer parar para pensar a princípio na importância dessa ciência para as nossas vidas, é só se concentrar um pouco no seu próprio corpo. O sistema digestivo, por exemplo, é uma prova de que as reações químicas estão presentes em nós. Entretanto, muito além dos corpos, a química salvou vidas, como a descoberta da penicilina, primeira produção de vacina em larga escala.

Outra descoberta importantíssima de pouco conhecimento é o processo Haber, método de produção em massa de fertilizantes que tiraram da fome milhares de pessoas. Esse grande salto na agricultura permitiu que após o êxodo rural fosse possível, isto é, concreto cultivar quantidades suficientes para alimentar a população em crescimento.

A pílula de anticoncepcional, apesar do choque cultural envolvido, trouxe grandes avanços. As relações puderam ser tratadas como escolha e a reprodução finalmente planejada, ou simplesmente visto como prazer. Ter, ou não um filho tornou-se uma revolução.

São poucas as conquistas listadas. Muitos anos de pesquisas feitas por pessoas capazes de levar adiante ideias e evoluir o mundo antigo ao mundo moderno marcam a história da humanidade.

Níveis fundamentais do conhecimento químico

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas
Fonte: Revista Galileu

Pode-se dividir a Química em três níveis. Macroscópica, Microscópica e Simbólico. A primeira trate-se de transformações que podem ser observadas e são fáceis de ver. Já a microscópica necessita de auxílio tecnológico, pois não é vista a olho nu, como os átomos. O Simbólico refere-se a parte estruturais como equações, moléculas fenômenos entre outras áreas de estudo.

Principais áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas
Fonte: Freepik

A história nos permitiu, portanto, ampliar o conhecimento a cerca da ciência. Contudo, diversas as áreas de possíveis estudos na Química foram criadas. Para quem quiser escolher um campo para investir e dedicar anos de pesquisa os campos existentes são: Química Geral, Química Inorgânica, Físico-Química, Química Inorgânica e Química Ambiental.

O profissional químico, aliás, pode atuar na educação, dando aulas, em Gestão de Alimentos, realizando vistorias organizando medidas de conservação ambiental, ou talvez na Gestão da Qualidade desenvolvendo ferramentas para gerir a qualidade da química. Outras áreas disponíveis é a produção de novos materiais direcionados a setores da engenharia. Ou investir em pesquisas, trabalhando nas universidades colaborando para grandes descobertas. A Química Industrial e Tecnológica também é uma área de atuação em alta nos dias de hoje.

Por fim, leia também nossa matéria sobre a Luz – O que é, conceito, características, fontes e natureza

Fonte: Toda matéria, Brasil escola, Guia do Estudante, Aleatoriedades Científicas ou não, Globo Educação, Conselho Regional de Química,  Observatório Juventude,

Imagem de destaque: Professor George química

Próxima página »