Língua Portuguesa

Mal ou mau? – Significado, diferenças, classe gramatical e uso adequado

"Mal" é um advérbio de modo ou substantivo, e seu antônimo é "bem". Enquanto isso, "mau" é o oposto de "bom" e conta com outras diferenças.

Atualizado em 21/10/2019

Algumas palavras da língua portuguesa soam muito parecidas, mas possuem sentidos diferentes. Um grande exemplo são os termos “mal” e “mau”. Na hora de escrever, é preciso raciocinar qual é o uso correto. Para isso, é preciso compreender o que cada uma dessas palavras significa. Da mesma forma, é necessário conhecer as respectivas classes gramaticais.

O primeiro pode ser usado como advérbio de modo. Dessa maneira, ele ganha o sentido de “incorretamente”, “pouco”, “de modo errado”. Tendo isso em vista, conclui-se que seu oposto é o termo “bem”.

Exemplos:

  • Eu canto e danço mal.
  • Eles mal se olharam.
  • Ninguém gosta de crianças mal-educadas.
Mal - o que significa, classe gramatical, diferente de mau
Fonte: Olá, pais!

Bem como, pode ser usado como substantivo. Nesse caso, tem o significado de “nocivo”, “prejudicial”. Além disso, também pode ser sinônimo de “doença” ou “epidemia”. Sendo assim, ele assume a possibilidade de ser acompanhado por um artigo, adjetivo, pronome. Além do que, ainda possui sua forma plural: males.

Exemplos:

  • Existem males que vêm para bens.
  • Malévola é a fada do mal.
  • A depressão é o mal do século.
Mal - o que significa, classe gramatical, diferente de mau
Fonte: Portal Giro.

Em contrapartida, a palavra “mau” está na casa dos adjetivos. Ou seja, ele caracteriza um substantivo como sendo algo ruim. Por consequência, seu antônimo é “bom”. Ademais, ele permite a forma feminina “má”.

Exemplo: Aquela menina é um mau exemplo para as outras.

Mal - o que significa, classe gramatical, diferente de mau
Fonte: Blog Katia Gobbi.

Como diferenciar “mal” e “mau”

Ainda assim, pode haver confusão no momento da escrita. Portanto, a forma mais simples de diferenciar essas duas palavras é usando a semântica ao trocá-las por seus antônimos. Desse modo, fica mais fácil compreender o uso. Ou seja, se na frase você pode usar o termo “bem”, então o correto é “mal”. Mas se “bom” se encaixa melhor, logo “mau” é a forma certa.

Exemplos:

  • As coisas vão bem. -> As coisas vão mal.
  • Ele é um bom indivíduo. -> Ele é um mau indivíduo.

Conseguiu entender melhor essa diferença? Então aproveita para conferir outros conteúdos da Língua Portuguesa como Pôr do sol ou pôr-do-sol? Qual a maneira certa de escrever?Intensão ou intenção – Qual a maneira certa de usar?

Fontes: Guia do Estudante e Só Português.

Imagem de destaque: Nova Escola.