História

Guerra Civil Espanhola – O que foi, quando ocorreu e consequências

A Guerra Civil Espanhola colocou Republicanos da Frente Popular de esquerda em confronto com forças de direita lideradas por Francisco Franco.

Atualizado em 12/02/2020

Primeiramente, entre 1936 e 1936, aconteceu a Guerra Civil Espanhola. O conflito armado colocou grupos políticos e militares em confronto na Espanha na época da Segunda República.

Republicanos da Frente Popular reuniam os setores democráticos e de esquerda, incluindo comunistas e anarquistas. Do outro lado da batalha da Guerra Civil Espanhola, em contraste, forças de direita eram lideradas pelo general Francisco Franco.

Acima de tudo, na Guerra Civil Espanhol, pela primeira vez as potências totalitárias – por exemplo a Alemanha Nazista e a União Soviética -, mostraram inovações militares. Isso porque cada lado deu apoio a seus aliados.

Causas da Guerra Civil Espanhola

Guerra Civil Espanhola - o que foi, quando ocorreu e como afetou o país
History Collection

inicialmente, no início do século XX, a Espanha passava por várias crises. Nesse contexto, a monarquia parlamentarista não conseguia resolver os problemas políticos, econômicos e, também, sociais do país. Desta forma, o governo escolheu uma estratégia de repressão de movimentos de esquerda.

Além disso, no dia 13 de setembro de 1923, o general Miguel Primo de Rivera deu um golpe de Estado e instaurou uma ditadura nacionalista na Espanha. Apesar disso, as organizações republicanas fizeram pressão e o rei Afonso foi obrigado a demitir o ditador, em 29 de janeiro de 1930. Um ano mais tarde, o rei ordenou a convocação de novas eleições.

Por fim, Niceto Alcála-Zamora foi o primeiro presidente eleito e governou até 1936. Então, no dia 14 de abril, a Espanha foi proclamada Segunda República, e o rei teve que deixar o cargo e o país.

Início da Guerra

Guerra Civil Espanhola - o que foi, quando ocorreu e como afetou o país
History Collection

Certamente, dentro da República, a tensão entre as facções políticas era frequente. Por um lado, monarquistas restauradores da Falange Española e da Confederación Española de Derechas Autónomas. Do outro, em contraste, estava o movimento da Frente Popular, buscando a emancipação política.

Primeiramente, no início do segundo governo, falangistas e populares entraram em conflito. Os primeiros eram apoiados pela Itália fascista e pela Alemanha Nazista. Já as forças populares, tinham apoio da União Soviética e das Brigadas Internacionais. Foi assim que surgiu o Movimento Nacional, contra a gestão do primeiro ministro Largo Caballero e a guerra teve início. Além disso, esse movimento era liderado pelo general Francisco Franco.

Além do combate travado entre militares, também houve a chamada guerra irregular da Guerra Civil Espanhola. A tática de guerrilha era guiada por camponeses, intelectuais e operários. Além disso, comunistas e anarquistas também aproveitaram o clima de guerra para destruir símbolos que referenciavam monarquia e catolicismo.

Consequências da Guerra

Guerra Civil Espanhola - o que foi, quando ocorreu e como afetou o país
History Collection

A Guerra Civil Espanhol durou três anos, deixou incontáveis desaparecidos e matou um milhão de pessoas. A vitória de Franco provocou a saída de milhares de republicados do país. Por outro lado, os que ficaram, foram enviados para prisões e campos de concentração.

O governo de Franco instituiu o nacional-catolicismo no país, uma espécie de fascismo também chamado de franquismo. As forças do general ocuparam todo o país, garantindo o fim das eleições no Poder Executivo, pena de morte para crimes contra o Estado e predomínio do catolicismo, dentre outros.

Franco também afastou dirigentes que queriam imitar o modelo de fascismo italiano, a fim de manter sua liderança. Isso porque concentrava os poderes em si e isolava a Espanha dos outros países. Por causa da Segunda Guerra, Franco foi obrigado a realizar reformas no país para receber ajuda.

A ditadura de Franco durou até sua morte, em 1975. A partir daí, a monarquia parlamentarista foi restaurada e uma nova Constituição foi promulgada, três anos depois.

A Guernica

Guerra Civil Espanhola - o que foi, quando ocorreu e como afetou o país
Simplificando

Uma das maiores tragédias da guerra aconteceu no povoado de Guernica, em 26 de abril de 1937. A fim de auxiliar o general Francisco Franco, Adolf Hitler ordenou o lançamento de bombas por aviões. A região, então, foi totalmente destruída.

Por causa da organização da Exposição Universal, realizada em paris, o governo espanhol havia encomendado uma obra com tema político para o pintor Pablo Picasso. Assim, inspirado pelo bombardeio da cidade de Guernica, o autor realizou uma de suas obras mais famosas.

Além de retratar os horrores da Guerra Civil Espanhol, o quadro ainda se transformou em um símbolo de paz.

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria, InfoEscola

Imagem de destaque: Aventuras na História