História

Caldeus, quem são? Origem da civilização, história e cultura

Os caldeus são parte de um conjunto de civilizações da Mesopotâmia, que se tornou o Império da Babilônia graças ao rei Nabucodonosor.

Atualizado em 12/06/2020

Os caldeus são povos do Oriente Médio, que ocuparam a Mesopotâmia, por volta de 1000 a.C, junto com os arameus. A região foi habitada pela população local, às margens do Rio Eufrates. Hoje, nesse mesmo local está situado nos territórios do Iraque, da Síria e da Turquia.

Essa civilização da Antiguidade também é considerada, sobretudo, semita, que significa povos originados de Noé. A língua criada e falada por eles é o arameu e acádio que, com a queda Império Sírio, passam a falar o aramaico.

História dos caldeus

Caldeus - origem, história e sua cultura
Um toque para a evolução

O povo caldeu é um dos descendentes de Noé, habitantes das terras Mesopotâmicas. A civilização ficou mais conhecida após o reinado de Nabucodonosor. Portanto, este monarca é o responsável por comandar ataques contra as terras dos povos assírios.

Haviam várias outras civilizações entre o Rio Tigre e o Eufrates. Algumas delas foram os sumérios, assírios, acádios, amonitas, hititas.

Esse período é marcado pela ocorrência das guerras expansionistas. Isso porque as margens dos rios eram muito cobiçadas, porque o terreno ficava ao redor da chamada “Crescente Fértil”. Nome dado à terras banhadas pelas águas destes rios, que eram sinônimo de fertilidade às plantações.

Caldeus - origem, história e sua cultura
Incrível História

Diante das disputas, um dos grandes líderes da cidade de Caldeia se tornou vitorioso diante das guerras travadas. Contudo, um dos primeiros ataques ao território assírio foi a aproximadamente 612 a.C. A vitória só se tornou possível graças as alianças feitas com os povos Medos.

Após a ocupação dos territórios invadidos os caldeus formaram o grande “Império Neobabilônico“. A partir daqui, assumiu o rei Nabucodonosor que, após a morte de seu pai, Nabopolassar; assumiu a responsabilidade de continuar com a expansão do territorial.

Nabucodonosor

Caldeus - origem, história e sua cultura
Estilo Adoração

A princípio, Nabucodonosor, ou Nabukudurri-usur, em sua língua original; participou de várias guerras Isso, aliás, garantiu seu nome nas regiões mesopotâmicas durantes os 43 anos de governo.

Após guerrear e vencer os egípcios, o rei partiu em direção da Palestina e, por fim, acabou cercando a cidade de Jerusalém. Em suma, sua estratégia foi tão bem sucedida que, como consequência, o rei Joaquim foi capturado e preso em cativeiro.

Não havia piedade em seu reinado, a destruição de Jerusalém e as execuções a sangue frio são algumas das atrocidades cometidas por Nabucodonosor. Sua ambição por guerra era tanta que ele se dispunha a atacar até outras nações.

Características

Caldeus - origem, história e sua cultura
Escamandro

Assim como descrito sobre o rei, os povos também eram um reflexo de seu governo, portanto a principal característica dessa civilização é a violência. Além do rei, haviam ainda os nobres e sacerdotes e comerciantes abaixo da sua patente.

Mais embaixo, ainda estavam os escravos, ou seja, as verdadeiras máquinas que giravam a economia. A fonte de renda da população era baseada, em resumo, na agriculta e na criação de gados.

Como todas as outras civilizações das margens do rios Tigre e Eufrates, os caldeus eram politeístas. Suas crenças eram dirigidas à natureza e aos animais. Inclusive, na religião, Ishtar se destaca porque recebeu uma homenagem logo na entrada da cidade da Caldeia. Ela é considerada a Deusa do Amor.

Construções

Caldeus - origem, história e sua cultura
Professor Erik Celso

A arquitetura e o urbanismo se destacam dentro da cultura caldeia, porque Nabucodonosor fez questão de ordenar a construção de um centro cultural. Além disso, a cidade também recebeu a devida atenção com ruas, jardins, templos, palácios, entre outras obras muito bem elaboradas.

Caldeus - origem, história e sua cultura
Aventuras na História

Portanto, a Torre de Babel se destaca por sua história, taxada em conceitos religiosos. A intenção da construção era alcançar os céus ao ponto de estabelecer contatos com os deuses. Por fim, com o tempo, a obra desmoronou e não há indícios verdadeiros de a que ponto chegou sua altura.

Caldeus - origem, história e sua cultura
Aventuras na História

Ainda nas grandes obras, outras bastante conhecidas são os Jardins Suspensos da Babilônia. O mistérios dos jardins estão associados à inteligência, às artes, à literatura e, principalmente, à astronomia.

Por fim, os espaços arborizados e florido foram construídos exclusivamente para harmonizar a capital babilônica e eram bastante frequentados pelo rei Nabucodonosor e sua família.

Para saber mais sobre a Babilônia leia Nabucodonosor – A história do rei mais poderoso do Império Babilônico

Fontes: Aventuras na História, InfoEscola, Estilo Adoração, Conhecimentos da Humanidade, História com o Zelota, Toda Matéria, Info Escola 2,

Fontes de imagens: Aventuras na História, Professor Erik Celso, Aventuras na História 2, Um toque para a evolução, Estilo Adoração, Incrível História, Escamandro