História

Hedonismo, o que é? Origem e conceitos da filosofia da busca pelo prazer

O Hedonismo, que prega a busca incessante pelo prazer, surgiu como uma doutrina filosófica na Grécia Antiga e chegou até os nossos dias.

Atualizado em 10/03/2020

O Hedonismo é uma doutrina filosófica e moral que eleva o prazer ao nível de supremo bem da vida do ser humano.

Elaborado na Grécia Antiga, resultou dos experimentos de grandes filósofos, porém se modificou no transcorrer do tempo. Ele também entrou em choque com diversas religiões que o taxaram de amoral e pecaminoso.

O Hedonismo chegou à atualidade como a busca de prazer através do consumismo, das atividades físicas e outras variantes.

O seu surgimento na Grécia Antiga

A expressão Hedonismo quer dizer a busca do prazer como meta a ser alcançada. É formada pela junção da palavra “hedon”, que quer dizer prazer, mais o sufixo “ismo”, de doutrina. Então seu significado é a doutrina da busca do prazer.

Você conhece o Hedonismo, a filosofia da busca ilimitada pelo prazer?

O destaque para a sua concepção se deve a Aristipo de Cirene (435 a.C. – 356 a.C.), denominado de Pai do Hedonismo. Mas também merece ser mencionada a contribuição da filosofia de Epicuro de Samos (341 a.C.-271 a.C.).

Na doutrina de Epicuro, portanto, o prazer deve ser apreciado moderadamente, sem qualquer forma de exageros. Já Aristipo pregava o gozo intenso no prazer físico. Os dois concordavam que somente com o fim da dor se chegava à plena realização.

Divergências à parte, dos ensaios desses grandes filósofos surgiu a fundamentação do Hedonismo, que é a busca incessante do prazer.

O Hedonismo na atualidade

Certamente, que sem conhecer as bases dessa filosofia, a sociedade atual a aplica dentro da concepção de Aristipo. É a busca intensa, individual e imediata do prazer, que é obtido, por exemplo, através da aquisição dos bens de consumo de última linha.

Também há aplicação do Hedonismo nos relacionamentos efêmeros e que visam apenas a satisfação sexual do momento. Ou então no luxo exagerado para se impor socialmente e assim se saciar na admiração alheia.

Fato é que a sociedade de hoje é bem individualista, seletiva, imediatista e sem tabus na busca de se fartar dos desejos. Isso é a plena aplicação do Hedonismo, posto que livre das fronteiras que sugeriu Epicuro.

Você conhece o Hedonismo, a filosofia da busca ilimitada pelo prazer?

Os atritos com as religiões

Obviamente que uma doutrina que prega a busca do prazer teria choques com as religiões, posto que elas ensinam o contrário. O hedonismo, portanto, sofreu assim forte oposição e críticas de vários grupos religiosos.

A Igreja Católica, aliás, há séculos, o condenou por ir de encontro aos seus dogmas e valores religiosos. Também o Judaísmo, o Islamismo e o Hinduísmo não aprovam tal filosofia, não importa em que corrente, se opondo aos seus preceitos.

Se você curtiu ler sobre o Hedonismo, conheça um assunto interessante sobre a Democracia Ateniense e como o poder foi tirado das mãos da minoria.

Fonte: Wikipédia, Significados, Info Escola, Toda Matéria, Estudo Prático, Infopédia, Conceito, Significados, Meus Dicionários.

Fonte das imagens: La Cuadra Universitária, Wikipédia, Uptowhat.